Louras Zumbis (Brian James)

Deixando um pouco de lado o tema romance sobrenatural James segue por outro caminho e investe na literatura zumbi. Depois dos vampiros, foram os anjos e por mais que alguns digam que agora será a vez das fadas, ainda aposto minhas fichas nos livros que versam sobre esses seres em decomposição. Eles são a onda da vez, seja nos livros ou em séries de televisão. Louras Zumbis não é um livro de zumbi escancarado, eu o classificaria como uma espécie de light zombie, excelente para quem quer se aventurar por esse gênero.

Hannah Sanders é uma garota que vive mudando de cidade, porque o pai que não consegue arrumar emprego, pelo menos não no que ele gostaria, vive às voltas com os credores e sempre que falta dinheiro para pagar o aluguel é hora de colocar as coisas no carro e partir para outra cidade. A cidade da vez é Maplecrest, uma cidade perdida no meio do nada e na qual nem seus moradores agüentam ficar, essa é a impressão de Hannah ao chegar na cidade e se deparar com tantas casas abandonadas e placas de vende-se. De qualquer forma é ali que o seu pai decidiu morar por enquanto e ela vai ter que se adaptar. E a garota já está craque nisso. Em sua nova escola, Maplecrest High, a garota identifica com perfeição quem é quem na hierarquia escolar e não é difícil perceber que as louras de olhos azuis e pele alvíssima são as populares do colégio e que as mesmas têm uma líder: Maggie. Elas também são as animadoras de torcida do time da escola, Esquadrão da Morte. A menina que fazer o possível para evitar ser colocada no grupo dos excluídos e ser popular pelo menos uma vez na vida, mesmo que essa vez seja curta, já que seu pai pode decidir mudar-se a qualquer momento. Mas, Lukas, um menino que Hannah conhece no primeiro dia de aula, pede que ela fique o mais longe possível dessas garotas. Por quê? Segundo o garoto, as mesmas, assim como todo o time de futebol são zumbis disfarçados prontos para se alimentar de quem estiver pelo caminho e ‘fabricar’ novos zumbis. Pirado? Paranóico? Como a garota pode acreditar em alguém que só vive às voltas com HQ’s e vive enxergando conspirações em tudo? A menina não dá bola e começa a fazer de tudo para se tornar uma líder de torcida. Boa parte do livro foca-se na busca de Hannah pela popularidade, seu desejo de se tornar uma animadora de torcida e provar para Lukas que ele está errado, que elas não são zumbis e que não irão transformá-la em uma. Mas, a partir do momento que ela entra para a equipe a história ganha ritmo e começa a ficar interessante, o lado zumbi da história começa a aparecer e te deixa na expectativa.

Confesso que quando comecei a ler o livro me decepcionei, achei que tinha caído em algum golpe e que os zumbis nunca fossem aparecer, toda a parte da adaptação da Hannah apesar de interessante, é um pouco cansativa e atravanca o desenrolar da história. Mas entendo que foi o recurso que James optou para criar todo o arcabouço de sua personagem principal e ao mesmo tempo impingir no leitor um sentimento de identificação e empatia. Funcionou. Passamos a torcer por Hannah, torcemos para que ela seja aceita na equipe mesmo que os avisos do Lukas pareçam ser verdadeiros e que os dois consigam manter a amizade depois disso. A relação da garota com o Lukas também é bem legal, principalmente pelo fato de não desbancar para o romance água com açúcar, deixemos esse tipo de romance para os livros que o exigem. E os capítulos finais valeram à pena tanta espera,  o desfecho da história é surpreendente e cativante. Como eu disse, é um bom livro para se iniciar nesse novo gênero e falo isso como alguém que só teve contato com zumbis através dos filmes antigos. Aliás, esse livro daria um ótimo filme de Sessão da Tarde.

Compre aqui:

Cultura Submarino Saraiva Travessa Fnac
Anúncios

3 Comentários

Arquivado em Lendo aleatoriamente, Resenhas da Núbia

3 Respostas para “Louras Zumbis (Brian James)

  1. Mi Müller

    Adorei a resenha. Confesso que tinha um certo preconceito com esse livro, achava que era mais um no mar de lançamentos que se estão se aproveitando dessa febre sobrenatural-zumbis-seilámaisoque… e bem é mesmo puro preconceito, porque deve ter vários lançamentos legais como dá para ver pela tua resenha. Vou tentar dar uma chance a ele 🙂
    estrelinhas coloridas…

    Curtir

  2. Pingback: Esta semana… « Blablabla Aleatório

  3. Adorei a resenha! Vi o booktrailer deste livro e fiquei louca para lê-lo. Parece ser ótimo, espero ganhar no natal *-*

    Beijos,

    Thanny in Wonderland

    Curtir

Gostou do post, então comenta!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s