O que Einstein disse a seu cozinheiro 1 – Robert L. Wolke

Se esta é a sua primeira visita ao Blablabla Aleatório, então você provavelmente não sabe que eu sou (quase que praticamente) formada em Química e, felizmente, amo o que faço. Assim, não é de surpreender que eu goste de gastar parte do meu tempo livre lendo livros relacionados à esta grande ciência que eu tanto amo. Em 2009, comecei uma busca incessante por livros que abordassem a intrigante Química do dia-a-dia, explicando os porquês das coisas serem como são, e eventualmente, esta busca me trouxe (graças à minha sogra e meu namorado) a este livro: O que Einstein disse a seu cozinheiro 1.

Bom, Einstein provavelmente não precisa de uma introdução, então vou pular direto ao livro que, infelizmente, não é uma narrativa de conversas entre Einstein e seu cozinheiro, como o título pode nos levar a acreditar, mas uma longa série de perguntas e respostas organizadas em capítulos, cada um abordando um “tema” culinário.

Você pode estar se perguntando de onde as perguntas vieram, e eu respondo: o autor, Robert L. Wolke escreve para uma coluna no Washington Post, e recebe uma tonelada de perguntas, das quais as mais freqüentes foram selecionadas, respondidas, organizadas e publicadas. São perguntas que todos nós já fizemos, desde a mais boba como “Peixe tem de cheirar mal?” a algumas um pouco mais complexas, como “O arroto contribui para o aquecimento global?”.

O melhor do livro, além das respostas com embasamento científico, é o humor do autor. Em vários momentos ele foi bem informal e fez piadas sobre o assunto, fazendo parecer que ele estava participando de uma conversa entre amigos. Isso faz com que o livro proporcione além de muitos novos conhecimentos, uma tarde ou duas de excelente diversão.

Como eu comentei antes, o livro é dividido em capítulos, que juntam perguntas mais ou menos semelhantes, ou que tratam dos mesmos assuntos. Ou seja, há um capítulo sobre açúcar, outro sobre gordura, um de peixes e carnes… Tudo bem separadinho. O sumário, logo no começo do livro, contém uma espécie de resumo das perguntas, então fica bastante fácil encontrar a resposta desejada em pouco tempo. Além disso, o livro possui um índice remissivo e um glossário, para refrescarmos o vocabulário mais específico que o autor às vezes utiliza.

“E o livro é fácil de ler? Você é formada, eu não sei nada de Química, não vou me embananar?”. Absolutamente não. Os conceitos que o autor passa são super simples e estão explicadas na linguagem mais fácil possível. Ele realmente se desdobrou para transformar a química da culinária algo digerível (perdoe o trocadilho). Eu diria, inclusive, que o livro foi escrito para leigos, e apenas às vezes, entre parênteses, é que o autor usa um linguajar mais específico e reconhecido por quem estudou a área. Pode ler tranquilamente!

E, deliciosamente, entre umas perguntas e outras, há várias receitas, nas quais algum dos conceitos recém explicados é colocado à prova. Todas as receitas foram testadas pela esposa do autor, uma professora e autora de culinária. São mais de trinta receitas, que eu estou doida para testar.

Enfim, se você gosta de cozinhar e sempre quis saber porque mandam colocar batata na sopa salgada, ou a origem da queimadura de freezer, este livro foi feito para você. Sacie sua curiosidade, e, com as receitas, seu apetite! Bom apetite Boa leitura.

Compre aqui:

Cultura Submarino Saraiva Travessa Fnac
Anúncios

14 Comentários

Arquivado em Lendo aleatoriamente, Resenhas da Feanari

14 Respostas para “O que Einstein disse a seu cozinheiro 1 – Robert L. Wolke

  1. Fábio

    Belo post 🙂
    E temos que conversar com nutricionistas e perguntar o porquê de eles falarem que o açúcar demerara ou mascavo é mais saudável, o contrário do que diz esse livro.

    Curtir

  2. Nubia Esther

    Adorei, eu adoro esse tipo de literatura e não apenas a relacionada à biologia. Fiquei com muita vontade de ler esse livro! >.<

    Curtir

    • Eu tbm adoro ler livros de ciência no dia a dia xD Fico desesperada de vontade de ler. Se vc quiser, eu te empresto (descobri que eh barato mandar livro pelo correio XD)

      Curtir

  3. Pingback: Estas últimas semanas… | Blablabla Aleatório

  4. Pingback: E já se foram dois meses… | Blablabla Aleatório

  5. mayraclara

    Olá,

    Achei seu blog por acaso e adorei. Esse post, em especial, é muito bacana. Sou apaixonada pelas ciências, especialmente, as exatas e fiquei com água na boca pra ler esse livro.
    Tenho um blog sobre ciências, boa parte do conteúdo é sobre matemática, mas falo sobre física, química etc também. Se interessar: http://mayraclara.wordpress.com

    Um abraço!

    Curtir

  6. Pingback: O que Einstein disse a seu cozinheiro 2 – Robert L. Wolke | Blablabla Aleatório

  7. carlos henrique figueiredo

    gostei tanto do titulo,que fiquei interessadissimo,mas não consigo sair pra comprar,tem possibilidade de mandar via correio?

    Curtir

  8. Pingback: O Cozinheiro Cientista (Diego Golombek e Pablo Schwarzbaum) | Blablabla Aleatório

  9. anna luisa

    Ola, boa tarde. Existe algum livro que relacione alquimia com gastronomia ou culinária? Minha mae quer provar q que cozinhar eh tbm uma terapia. Me ajude a ajudar ela? Obrigada! annaluly@sportspan.com.br

    Curtir

    • Oi Anna, infelizmente, não conheço nenhum livro que relacione os dois temas. Especialmente porque o objetivo da alquimia era obter a pedra filosofal, que transformaria qualquer objeto em ouro e lhe daria a poção da imortalidade. A alquimia acabou por gerar a química, pois eles usavam e abusavam dos compostos conhecidos da época para tentar encontrar a pedra…
      Mas com certeza você encontrará outros tipos de livro (mais voltados pra psicologia, ou terapêuticos) falando dos poderes positivos da culinária. Concordo plenamente que cozinhar é terapia.

      Se você encontrar algum bom, por favor indique!

      Abraços!

      Curtir

Gostou do post, então comenta!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s