J-drama: Hana Yori Dango

Quando comentei aqui no Blablabla sobre o dorama coreano Boys Before Flowers recebi muitos comentários falando sobre a sua contraparte japonesa, o j-drama Hana Yori Dango, que tem o mesmo nome do mangá escrito pela autora japonesa Yoko Kamio. Obra pela qual ela ganhou o Shogakukan Manga Award em 1996. O mangá fez um grande sucesso no Japão, por tratar da vida escolar e da violência estudantil de forma realista, a autora conta que na época  recebia muitas cartas de fãs que viam na personagem Tsukushi um modelo para ajudá-los a lidar com a violência escolar. A série foi publicada em japonês, mandarim, cantonês, tailandês, coreano, francês e inglês (eu não iria achar ruim se fosse publicado em português). Uma curiosidade: o mocinho não era para ser o Doumyouji e sim o Hanazawa Rui, mas o Doumyouji ficou tão popular entre os fãs da série que a Yoko mudou o papel de herói para ele.

Mas, agora voltando ao dorama. Já tinha gostando muito de Boys Before Flowers e confesso que no início não estava animada em assistir à versão japonesa. Puro preconceito eu sei, mas decidi dar uma chance assim como as meninas com quem converso sobre doramas no twitter: a Alayana, a Karlinha e a Soraya. A Alayana inclusive já fez um post no blog dela comentando sobre a experiência (Leia aqui). As diferenças entre HYD e BBF já começam na estrutura do drama. Boys Before Flowers foi apresentada em 25 capítulos, Hana Yori Dango teve duas temporadas e mais um filme. Então, vamos por partes ok?

Hana Yori Dango (1° Temporada)

  • Título: 花より男子/ Hana Yori Dango
  • Gênero: Romance
  • Episodes: 9 episódios
  • Período em que foi ao ar: 21/Outubro/2005 à 16/Dezembro/2005
Em Hana Yori Dango, Makino Tsukushi (interpretada por Inoue Mao) já é aluna da Escola Eitoku Gakuen há dois anos (seus pais economizam em tudo o que podem para poder mantê-la como estudante lá) e vive revoltada com o esnobismo apresentado por seus alunos e pelo clima de terror implementado pelo reino F4, que mandam e desmandam na escola simplesmente porque seus pais injetam uma grande quantidade de dinheiro na escola. Quem são os F4?
  • Domyoji Tsukasa (interpretado por Matsumoto Jun, em BBF Gu Jun Pyo): o líder do F4. Ele é herdeiro de uma grande corporação que tem negócios no mundo inteiro.
  • Hanazawa Rui (interpretado por Oguri Shun, em BBF Yoon Ji Hoo): herdeiro de um grande empresário.
  • Nishikado Sojiro (interpretado por Matsuda Shota, em BBF Soo Yi Jung): herdeiro da principal escola da cerimônia do chá do Japão.
  • Mimasaka Akira (interpretado por Abe Tsuyoshi, em BBF Song Yoo Bin): herdeiro de um importante mafioso japonês.
Tsukushi tentava se passar por invísivel na escola, principalmente para evitar problemas, sua revolta e aflição ela sempre extravasava por gritos nas escadarias de incêndio da escola (cenas que o Rui frequentemente presenciava). Até que um dia conhece Sakurako (a amiga-da-onça de BBF consegue ser mais onça que tudo dessa vez) e devido a um incidente ela acaba enfrentando o Domyoji. Não preciso nem comentar que a vida dela vira um inferno a partir daí né? Seu embate com Domyoji, a relação conturbada que começa a surgir entre os dois, os sentimentos de Makino por Hanazawa Rui e todo o sofrimento impingido pela víbora da mãe do Domyoji.
Fatos interessantes sobre essa temporada:
* A chefe da Tsukushi (que trabalha em uma loja de dangos – doces), a Okami-san, é hilária. As histórias sobre os seus amores permeiam a trama de forma divertida. Ri muito com ela.
* A amiga-da-onça nessa versão é uma aprendiz de vilã bem melhor do que a de Boys Before Flowers.
* A parte em que eles ficam presos e tem sua “primeira noite” funcionou melhor na versão coreana. Apesar, da cena de HYD ter feito sentido e funcionado com o gancho feito nos últimos capítulos da segunda temporada.
* A mãe do Tsukasa é uma Vilã com letra maiúscula. Credo!
* Gostei do concurso em que a Makino participa, no contexto em que ele foi abordado funcionou direitinho. Mas as provas criadas pela irmã do Jun Pyo em BBF também se encaixaram muito bem à proposta da versão coreana.
A conclusão da temporada fechou a história de forma redondinha, deixando o gancho para a próxima temporada.
Hana Yori Dango (2° Temporada)
  • Episodes: 11 episódios
  • Período em que foi ao ar: 05/Janeiro/2007 à 16/Março/2007
No final da primeira temporada Domyoji foi para New York estudar administração. Já se passou um ano, um ano em que ele e Makino não mantiveram contato. A garota decide então ir para New York se encontrar com ele, mas não esperava que ele tivesse mudado tanto. O relacionamento dos dois parece chegar ao fim e para piorar a situação a mãe de Domyoji prepara uma grande festa de aniversário para ele em Tóquio e anuncia o seu casamento com Shigeru (a herdeira de um grupo no qual ela está de olho para uma futura cooperação). Será que os dois conseguirão ficar juntos apesar de tudo? Será que Hanazawa Rui, que começa a nutrir sentimentos por Makino, terá alguma chance?
Fatos interessantes sobre essa temporada:
* Adorei as referências à cultura pop, como Beatles e Star Wars.
* O personagem Mimasaka tem mais espaço em HYD e um papel interessante: o de conciliador, o que garante a união do grupo.
* O irmão da heroína na versão coreana é mais engraçado, mas tenho que confessar que gostei muito da história do primeiro amor de Susumu em HYD.
* Muito engraçada a família do Mimasaka, que nem mesmo é citada em BBF.
* Senti falta de um aprofundamento entre o relacionamento do Nishikado e da Yuuki, mas isso talvez tenha sido decorrido das mudanças feitas em BBF. Se foi isso mesmo, tenho que dizer que gostei das mudanças que fizeram com o casal na versão coreana.
* Ponto positivo para a confiança e a postura do Hanazawa Rui, que não tira o time de campo tão fácil assim.
* O Domyoji tem uma veia cômica impagável e seus erros de japonês são hilários.
* Prestem atenção no senhor que a Makino salva do suicídio. Eu amei essa parte e os acontecimentos decorrentes dessa ação!
O final da segunda temporada de Hana Yori Dango é mais dramático que o de BBF, esse realmente me fez passar raiva, chorar e me deixou na maior agonia para ver o desenrolar dos acontecimentos.
Hana Yori Dango – O Final
No filme, lançado em 2008, Domyoji já é presidente da Domyoji Holdings  e Makino está prestes a se formar em direito. O casamento dos dois é anunciado e finalmente parece que a velha aceitou a relação entre os dois. Com a data do casamento próxima, Makino é presenteada por ela com uma tiara, mas, a mesma é roubada. Domyoji e Makino passam então por uma série de acontecimentos para tentar reaver a jóia. De início tinha achado a trama do filme bobinha, não sei, achei que tinham feito ele só para aproveitar o sucesso da série (já aviso que não li o mangá, então não sei se os fatos abordados nele são fatos presentes no mangá). Quando o objetivo da história do filme é revelado, então todos os fatos passam a fazer sentido e só posso dizer que foi uma bela forma de encerrar a história dos F4 e da Makino e do Domyoji.
Hana Yori Dango – Versões
Falando um pouco mais sobre as versões da história. Além da versão animê, a história conta com quatro versões de doramas: a japonesa e a coreana (as quais já vi), a chinesa e a taiwanesa. Nesse vídeo você podem ver uma montagem que fizeram com elas:
Não sei se verei as outras versões disponíveis. Mas, comentando sobre Boys Before Flowers e Hana Yori Dango (afinal, é impossível não comparar), as duas versões funcionaram muito bem e as mudanças feitas em BBF longe de estragar a história original, funcionaram muito bem no contexto que quiseram criar. Adorei a atriz que fez a Makino e sim, tenho que admitir que sua atuação superou à da atriz coreana, mas no que diz respeito ao papel de herói ambos estão empatados. O Jun Pyo (além de ter sido interpretado pelo Lee Min Ho ❤) me convenceu pela sua veia dramática, já o Domyoji me conquistou com os seus erros hilários no japonês mesmo que eu tenha achado a sua forma de falar gritando um tanto quanto exagerada. Ambas as versões tiveram pontos positivos no que diz respeito aos outros personagens, gostei muito do papel do Mimasaka e de conhecer sua família um tanto quanto estranha, a Sakurako (a amiga-da-onça) e suas loucuras, a Okami-san e seus devaneios românticos em HYD. E também gostei muito de poder conhecer mais a fundo a história familiar do Ji Hoo e do Soo Yi Jung, do papel maior que deram para a amiga da Jan Di e da forma como a Jan Di e a noiva do Jun Pyo se conhecem em Macau. Enfim, gostei de ambas as versões justamente por suas diferenças. No fim não foi apenas mais do mesmo.

Links Úteis: 

Mangá Hana Yori Dango/Hana Yori Dango 1° Temporada/Hana Yori Dango 2° Temporada/Hana Yori Dango Especial/Hana Yori Dango – O Filme

Fontes:

http://en.wikipedia.org/wiki/Yoko_Kamio

http://wiki.d-addicts.com/Hana_Yori_Dango

http://en.wikipedia.org/wiki/Hana_Yori_Dango_Final

Anúncios

14 Comentários

Arquivado em Dorama aleatório

14 Respostas para “J-drama: Hana Yori Dango

  1. AHHHHHHHHHH! Amei o post…ficou maravilhoso! Como não gostar dessa história né?! Perfeita! Puro preconceito a gente ter adiado tanto para ver a versão japonesa. Assim como você ,não consigo escolher uma como preferida, claro que BBF sempre estará um pouco a frente no meu S2 mas ñ por ser melhor q HYD mas por ter sido meu 1º dorama! Porém confesso que gostei de MTAS coisas de HYD…na verdade…gostei de tudoo, principalmente os finais..que são perfeitos!

    Eu ficava inconformada com certos finais dos k-dramas q assisti…pois sofri tanto ao longo do dorama com o casal em questão..aí chegava no final e era rapidinho.! Aff..e em HYD não! Os finais são completinhos! Achei que o filme seria mais uma enrolação…afinal como poderia superar o final da 2ª temp q tinha sido LINDO d+! Mas conseguiu! Emocionante!

    Amei a Makino! Demais…! Minha predileta sem dúvida!
    Morri de rir com o Doumyouji…que não é nenhum Lee Min Ho (o Jun Pyo em BBF) mas realmente consegue te conquistar…seja com seus erros de japonês ou como ele ficava tdo agitado perto da Makino.
    Esse casal realmente tinha uma química palpável!!!!
    Qto ao Rui, não é segredo pra ninguém que foi uma das melhores coisas que achei em HYD! Ele foi perfeito no personagem! Mais misterioso, determinado e audacioso! AMEI demais!

    O triângulo de HYD pra mim funcionou melhor que em BBF! Pois a diferença entre o Doumyouji e o Rui era gritante: enquanto um era um moleque, inseguro o outro era tdo seguro de si e mais maduro. O que mais gostei na Makino, foi que a partir do momento que realmente compreendeu que gostava do Doumyouji não volta a trás e deixa claro seus sentimentos!

    Uma das coisas que + gostei foi que no final da 2ª temp, o Doumyouji mesmo sem recuperar a memória da Makino acaba dando o fora na menina irritante (mto mais irritante q a de BBF). Fiquei aflita demais gentee…sériooo! Mto tenso! Mas recompensador no fim!

    E quanto a trilha sonora? Perfeita neh?! Lindaaaaaaaa! Seja as músicas intrumentais ou do Arashi são maravilhosas!

    Aiin…chega de neh?! Se vc ainda não viu HYD! Corra e veja! Tenho certeza que não vá se arrepender!

    Núbiaa…parabéns pelo post! Concordo com tudo que disse, como sempre vc consegue sintetizar td de forma objetiva e com mtos bons argumentos! Tem ótimo discernimento crítico!

    Curtir

  2. Então vamos por partes:

    1) Seu post ficou maravilhoso, o seu e o da Alayana, não sei se irei conseguir escrever um post sobre Hanna melhor que vocês ( sério!)
    2) Concordo em tudo o que você falou, absolutamente tudo.

    Agora vamos as minhas ressalvas ok?

    Realmente, depois que vi Boys Before Flowers, muitas pessoas pediram para que eu visse Hanna Yori Dango, na época eu nem sabia direito a diferença entre japonêses, coreanos, chineses, taiwâneses, mas já sabia que Boys Before Flowes, era e sempre seria especial para mim. A questão foi que eu baixei a versçao taiwânesa, pensando que era a japonêsa e quando eu vi o primeiro capítulo, praticamente tive vontade de jogar meu notebook na parede, pq eu tinha “odiado” tudo desde o começo, os personagens, as falas tudo absolutamente ( tô sendo bem sincera) kkkk

    A questão é que eu percebi que a versão taiwânesa não funciona para mim
    ( foi mal aí para quem já viu ou está querendo ver. Sorry!)

    O grande problema foi que depois começei a ver outros e outros doramas coreanos e assim foi até que a Alayana junto com a Priscila fizeram minha cabeça e resolvi dá uma chance. Além disso a @mecutuca do twitter também já tinha me dito que eu iria viciar em Hanna Yori Dango e a @SerenityHime também no twitter tinha me dito, por sinal ela me mandou uma fotinha de saturno ( o colar que o domyouji dá para a Makino lembra)? E na época eu disse que era feio e bláblá, ( mowww pré-conceito).

    Hoje depois de ter visto as duas temporadas o especial e o filme de Hanna Yori Dango ( mordi minha língua) pq fiquei apaixonada por cada personagem. Admito que logo no primeiro capítulo não consegui deixar de fazer comparações com BBF, sem contar que eu fiz comparações quanto a trilha sonora logo de entrada do dorama pq eu achei extremamente parecida com a de Harry Potter, por sinal a Makino fala em HP no dorama ( bom, gosto não?)

    Sobre os personagens masculinos: Na boa para mim o personagem masculino mais “bonitinho e sexy” de Hanna Yori Dango é o Nishikado Sojiro . Ele é muito “sexy” com aquele corte de cabelo e aquela motinha dele aiaiaiaiai.

    Não achei nenhum outro mais bonito que ele em Hanna Yori Dango, claro que no decorrer do dorama vc começa a achar o Domyouji bonito, pq ele é engraçado com toda aquela gritaria dele e erros de japonês ( ele erra mesmokkkk) burrinho que só! kkkkk

    Mas, sério, no filme achei ele mais macho, mais gatinho até sabia? ( acho que é pq o cabelo dele estava grande tanto no final como na segunda temporada).

    Bom, quanto a Makino, simmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmm eu amooooooooooooooooo a Makino, ela é gerreira, fofinha, mas também é tão indecisa quanto a Jan di, sobre seus sentimentos em relação ao Jun Pyo ou ao Domyouji. Sabe?

    Uma diferença que percebi e até gostei é que na versão coreana eles “apelam” mesmo para a violência em relação a Jan di vc percebeu? praticamente em todos os primeiros capítulos a menina apanha mesmoooooooo e fica muitooooooooooooo machucada, já em Hanna Yori Dango ela não sofre assim não a Makino ( tô mentindo)?

    Bom, para concluir, amei a trilha sonora de Hanna Yori Dango, conheci a banda Arashi por causa do dorama e estou muito feliz por ter visto. Mas, a minha versão preferida é Boys Before Flowers, tipo para sempre.

    P.s.: Aceito do meu futuro namorado um colar ou igual a da Makino ou igual a da Jan Di. ( Se bem que o colar da Jan di acho ele mais bonito e mais delicado). syssgsygsys

    Mas ambos são bonitos.
    Medo, meu comentário ficou imenso, bom mas então é isso! Amei o post Núbia, não vejo a hora de ler os outros!!

    Curtir

  3. Priscilla

    Hana Yori Dango é um dos doramas que eu mais gosto, vi a primeira vez há anos atrás e até hoje não me cansei da história.

    Para mim não tem versão melhor da história do que a japonesa. Acho que talvez por eu ter lido primeiro o mangá e depois visto o dorama na versão japonesa e só alguns anos depois ter visto outras versões da história. Não consigo gostar tanto de outras versões como dessa, para mim é a mais linda e emocionante. *-* Mas também adimito que a versão coreana ficou muito boa e para mim é a segunda melhor.

    Acho todos os personagens de HYD cativantes, a Makino é super fofa, o Doumyouji muito engraçado, o Rui era um amor e o Akira e o Soujiro eram encantadores também. Ainda tem outros personagens que também eram ótimos.

    Enfim… acho que você já me viu várias vezes falando expressando o quanto eu gosto de HYD, lá no twitter. rs

    Os finais de Hana Yori Dango são lindíssimos e para mim o melhor de todos é o do filme, a história foi finalizada com chave de ouro.

    Núbia, seu post ficou excelente, você sintetizou tudo muito bem!!
    Beijos!
    @prittamorim

    Curtir

  4. Pingback: K-dorama: Triple | Blablabla Aleatório

  5. Pingback: Este mês (Junho de 2011) | Blablabla Aleatório

  6. Gostei muito,do seu comentário bem explicado e simples!!
    obrigada!!!Adoro doramas e os filmes já acompamho as series a 3 anos, e não vou parar,sou uma otaku!!

    Curtir

  7. Pingback: J-dorama: Yamato Nadeshiko Sichi Henge | Blablabla Aleatório

  8. Pingback: Hotaru no Haka (Grave of the Fireflies) | Blablabla Aleatório

  9. Lucia Sousa

    Eu simplesmente viciei em HYD! Primeiro assisti o anime, depois passei para a versão japonesa, assisti a coreana, depois a taiwanesa e agora estou assistindo a chinesa. Apesar de modificarem muitas coisas, cada uma delas tem seu encanto. Achei a taiwanesa mais fiel ao mangá, mas eu realmente gostei mais da versão japonesa, até agora. Estou achando a versão chinesa muito interessante!Além de estar lendo o mangá.

    Curtir

  10. Aninha

    Adoro a série, já assiti a versão japonesa, taiwanesa e a chinesa eu comecei a assistir mas não rolou, achei os atores sem quimica e ruims, principalmente comparando as outras. A Taiwanesa é linda, foi a primeira que assisti….tem muitos episodios e enrola bastante, mas é otima.

    Curtir

    • Nubia Esther

      Ah, eu parei na coreana e na japonesa, ainda não vi nenhum drama taiwanês, logo vou fazer um teste e caso goste adicionarei essa versão para ver no futuro. 😉

      Curtir

  11. então euuuuuuuu amo De mais HYD e me desculpe mais não gosto muito do BFF e eu amo de mais o HYD e por isso tenho um preconceito com o BFF e olha que ja assisti as duas versão mais é impossível para mim sou uma inútil. Me desculpem

    Curtir

  12. Raygirl

    Now I hear they have released the Indian version. 🙂

    Curtir

Gostou do post, então comenta!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s