K-dorama: Sungkyunkwan Scandal

Esse drama eu descobri por acaso, sempre que termino um drama ou então quando vou começar a ver um, eu costumo visitar a página do DramaWiki  para saber mais detalhes sobre a trama ou sobre algum ator que eu tenha gostado. Assistindo Triple  gostei muito do ator Song Joong Ki e usei o site para saber quais outros dramas ele tinha feito, foi assim que descobri Sungkyunkwan e quando li que era uma história em que uma garota se passava por homem não resisti (quem acompanha as minhas postagens sobre doramas sabe que eu adoro histórias com essa temática).

  • Título: 성균관 스캔들 / Sungkyunkwan Scandal
  • Também conhecido como: Seonggyoonkwan Seukaendeul
  • Gênero: época, romance, comédia
  • Episódios: 20
  • Período em que foi ao ar: 30/Agosto/2010 à 02/Novembro/2010
  • Rede de televisão: KBS

Durante a dinastia Joseon, em uma época em que era proibido às mulheres se expressarem na sociedade, Kim Yoon Hee (interpretada pela Park Min Young) uma garota que desde pequena caminha entre o mundo das letras com naturalidade e que transcreve textos como ninguém, desde que o pai morreu e o irmão mais novo ficou doente luta para sustentar sua família se vestindo de homem (assumindo a identidade do irmão, Kim Yoon Shik) e trabalhando em uma livraria. Acontece que as dívidas da família estão muito altas e o credor (o ministro da guerra) exige o pagamento rápido ou então que a mãe lhe venda a filha. Para conseguir o dinheiro rapidamente e se livrar disso, Youn Hee decide vender “colas” durante exame admissional da universidade Sungkyunkwan (era muito normal na época a contratação de substitutos e a venda de respostas, apesar de ilegal).

A menina vai vender as respostas durante a prova, mas acaba confundindo os alunos e oferecendo o “serviço” para Lee Sun Joon (interpretado por Micky Yoochun), filho do ministro de esquerda, um rapaz todo certinho que quase acaba entregando-a para os fiscais do exame. Ao fim do exame, o rapaz vai atrás dela e lhe sugere que faça a prova de admissão não como um substituto, mas como Yoon Shik. No dia da prova, ela vai para substituir alguém, mas Sun Joon acaba fazendo com que ela faça a prova como Yoon Shik. Sabe quando o destino conspira a seu favor (ou contra dependendo do ponto de vista)? Pois é, foi assim que Yeon Hee acabou indo parar em Sungkyunkwan. Os pontos positivos são que como aluna da universidade ela conseguirá os remédios que seu irmão precisa e ainda receberá uma ajuda financeira, por outro lado, se descobrirem que ela na verdade é uma mulher…

Em Sungkyunkwan conhecemos outros dois personagens bem interessantes…

Moon Jae Shin (interpretado pelo Yoo Ah In), além de aluno da universidade é também um revolucionário que luta contra o domínio do povo de Joseon. É o meu personagem favorito, desde a primeira cena no drama até a última, sabe o carinha que sempre se encanta pela mocinha, mas, nunca a leva no final? Pois é, sempre acabo torcendo para a carta fora do baralho, fora do baralho da Yoon Hee porque no meu ele seria a única carta… hahaha.

E temos também o caricato Goo Yong Ha (interpretado pelo Song Joong Ki) um personagem um tanto dúbio no começo (ficamos na dúvida se ele faz parte do núcleo do vilão de Sungkyunkwan ou não), mas que depois de assumir sua posição cativa e ganha complexidade ao longo da trama.

O drama não é só sobre a entrada de uma moça em Sungkyunkwan quebrando as convenções de uma época, mas também está repleto de dramas políticos, disputas pelo poder (com a sociedade dividida entre as facções noron, soron e namin), alguns segredos envolvendo a dinastia Joseon e a busca por um documento que pode mudar a história de um império. Além disso, o drama traz uma temática muito bonita: a busca e o direito de poder buscar o conhecimento.

“Me dói ver o aumento de conhecimento da minha filha. Como um professor, o talento da criança é louvável. Contudo, a uma filha que é incapaz de progredir nessa sociedade, é correto ensiná-la tal ambição? O pai desamparado que é incapaz de dar a sua talentosa criança essa chance, segurando minha respiração enquanto escuto a minha filha ler, eu mais uma vez choro silenciosamente em meu coração”.

Pontos positivos:

  1. A trilha sonora instrumental.
  2. Tem a declaração de amor mais fofa que eu já vi (reparem na cena da biblioteca).
  3. O quarteto tem um excelente entrosamento.
  4. Apesar de histórico e da seriedade típica da época, a comédia também teve vez.

Pontos fracos:

  1. No início do drama, mesmo após Yoon Hee pagar a dívida de sua família com o ministro da guerra e ter se livrado do casamento com ele, o ministro diz que não pretende deixá-la livre tão facilmente. Fiquei esperando algum desdobramento desse fato (mesmo após sua entrada em Sungkyunkwan), mas, a escritora parece simplesmente ter se esquecido de que havia colocado essa cena no drama.
  2. Enquanto as músicas instrumentais caíram como uma luva, o mesmo não se pode dizer das cantadas. Parece que o k-pop pegou emprestado o carro do Dr. Emmet Brown e acabou sofrendo um desvio em sua rota. As músicas são lindas, mas, simplesmente não combinam com o período retratado.

Curiosidade: A Universidade Sungkyunkwan  é considerada como sendo a primeira universidade da Coreia do Sul e ainda existe nos dias atuais.

Elenco de Sungkyunkwan Scandal

Ah! Gostei muito da conclusão do drama, um pouco inesperado (ou não) e muito divertido.

 Projeto do Yöfansub & Ohayo Dramas Fansub

Equipe

Tradução: Willkun 
Revisão:
 Hyulk, Willkun, Tiemi e Danny

Temporização: GOE, SS

Style: Hyulk
Encode:
 Hyulk

Para conferir: http://www.asianlovers.com.br/2010/09/sungkyunkwan-scandal.html

Fonte:  http://wiki.d-addicts.com/Sungkyunkwan_Scandal



Anúncios

8 Comentários

Arquivado em Dorama aleatório

8 Respostas para “K-dorama: Sungkyunkwan Scandal

  1. Soraya Veiga

    Amiga fico besta com sua capacidade de descrever um drama de forma tão perfeita! esse drama é realmente maravilhoso! Concordo com tudo que vc disse! hehehe e também gostei mais do Moon Jae Shin. Achei o personagem dele mais interessante! Aquela declaração de amor realmente foi a mais linda que ja vi! Enfim, mais um belo dorama pra nossa lista! hehehe Bjks!

    Curtir

  2. Mei Li

    Então, S&S é um dos meus dramas favoritos. Minha paixão pelo drama foi tanto na época, que descobri um blog em ingês onde a menina postava a cada semana a tradução de cada capítulo do romance original (coreano, óbvio). Eu ficava louca, acordava e já ia correndo para ler o blog no dia que sabia que ela iria postar. Concordo amiga com tudo que você disse dos pontos positivos e quanto aos negativos referentes a história, foi problema da adaptação, pois no livro foi tudo perfeito e mais um pouco… S&S eu super recomendo para todos! ^_^

    Curtir

    • Nubia Esther

      Que legal Fer, deve ter sido bem interessante acompanhar ao drama assim, na ansiedade pelos próximos capítulos, mesmo eu que assisti em menos de uma semana já ficava com o coração na mão em alguns capítulos, fico imaginando você tendo que esperar uma semana para poder saber o que ia acontecer…. hehe

      Já virou um dos meus favoritos também! =)

      Curtir

  3. @prittamorim

    Esse dorama estava na minha listinha. Esses dias a Fê até me falou para começar a vê-lo, mas tenho adiado esse acontecimento, mas desde que comecei a ler seus comentários no twitter e os da Soraya, já fiquei mega curiosa para começar logo esse dorama.

    Depois de ler seu post estou ainda mais.

    Quero muito assistir. Acho que vou subir na minha lista de prioridades e começar tão logo seja possível. kkkkk

    Amei o post, ficou muito bem escrito, parabéns!!

    Não dá para fazer mega-comentários porque ainda não vi esse dorama. No entanto, estou vendo que essa será uma ótima indicação. Quando eu começar a assistir contarei o que estou achando.

    Beijinhos!!
    ;**

    Curtir

  4. AMiigaaaaaaaaa! amei o post! Vc sempre consegue com que eu fique com mais ansiedade ainda pra ver os doramas! E ainda mais com seus comentários pelo twitter a medida q ia vendo S&S..fiquei mais ansiosa aindaa!

    Acho que S&S será meu próximo k-drama!!

    Como você, adoro essa temática, em que a mulher se passa por homem! KKKKKKKKK E sendo de época deve ser mais tenso mastbm mais interessanteee!

    Ain..quero ver logoo! Queria q o dia tivesse umas 50 horas, mais precisamente a noite, qdo posso ver doramas! kkkkkkkkkkkk

    Parabéns pelo post querida!

    Bjuss

    @AlayanaFlavia
    (http://divaneandoo.blogspot.com/)

    Curtir

  5. Pingback: Este mês (Agosto de 2011) | Blablabla Aleatório

  6. Pingback: K-dorama: Hello! Miss | Blablabla Aleatório

  7. Pingback: K-dorama: The Moon that Embraces the Sun | Blablabla Aleatório

Gostou do post, então comenta!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s