K-dorama: Heartstrings

Acabei de assistir mais um drama relacionado à música, mas, se em Bethoven Virus a bola da vez era a música clássica e os dramas mais adultos, Heartstrings traz o pop, os musicais e os dramas juvenis. Temos o típico dorama de romance, um pouco água com açúcar, com direito à reviravoltas e uma trilha sonora absurdamente chiclete. Aquelas que assistiram You’re Beautiful e mesmo suspirando pelo Hwang Tae Kyung (personagem do Jang Geun Suk), acharam que o Kang Shin Woo (Jung Yong Hwa) merecia ter tido mais chance com a personagem da Park Shin Hye, finalmente vão poder conferir a química do casal.

  • Título: 넌 내게 반했어 / Neon Naege Banhaesseo
  • Também conhecido como: You’ve Fallen For Me
  • Gênero: romance, música
  • Episódios: 15 + especial
  • Período em que foi ao ar: 29/Junho/2011 à 18/Agosto/2011
  • Rede de televisão: MBC
  • Chefe de Produção: Choi Hong Mi
  • Produção: Lee Jin Suk e Kim Yang
  • Diretor: Pyo Min Soo
  • Roteirista: Lee Myung Sook

Como casal principal desta trama temos a Lee Kyu Won (interpretada pela Park Shin Hye) que é neta de um especialista em música coreana tradicional (também conhecida como Gugak) muito conhecido e que por exemplo e influência de seu avô estuda instrumentos coreanos tradicionais na universidade, em especial o gayageum e tem um grupo Gugak com suas amigas, o Windflower. Por viver sob a influência do avô a garota é bem desinformada no que diz respeito às modernidades musicais e vive e respira para a música tradicional. Lee Shin (interpretado pelo Jung Yong Hwa) por outro lado estuda música contemporânea e é líder da banda The Stupid. Quando li esse plot pela primeira vez logo pensei que os dois iriam se apaixonar, mas que o avô da Kyu Won seria contra esse namoro já que ele é contra qualquer modernização da música coreana tradicional. Os primeiros capítulos deixaram tão evidente esse ponto, com a antipatia inicial entre os personagens, o super controle do avô e a disputa musical Kyu Won versus Lee Shin, que achei que tinha acertado minhas predições. Mas, havia mais personagens para entrar nessa história…

Como o Kim Suk Hyun (interpretado por Song Chang Ui), um diretor bem sucedido na Broadway e que está de volta à Coreia para dirigir o musical em comemoração ao centenário da Faculdade de Artes e a professora de dança Jung Yoon Soo (interpretada pela So Yi Hyun). Ambos tiveram um relacionamento problemático no passado, mas precisarão trabalhar juntos nessa produção. Para piorar a situação, Lee Shin nutre uma paixão pela Yoon Soo e Suk Hyun parece nutrir certo interesse pela Kyu Won desde que a viu cantar. Ponto para a roteirista que soube rechear um pouquinho mais essa história, só lamento que ela tenha perdido tanto tempo nesse recheio…

O musical em comemoração ao centenário coloca a faculdade de artes em polvorosa, com muitos alunos disputando os papéis, outro com problemas para enfrentar o palco (o personagem Ki Young, que foi muito mal aproveitado) e ganhando uma nova chance e os The Stupid e as Windflower na parte musical. Porém, Suk Hyun decide que Kyu Won deve fazer os testes para o papel da protagonista e dá-se início assim a uma grande disputa entre a Kyu Won e a Han Hee Joo (Woo Ri) pelo papel, disputa que vai muito além dos palcos, já que Hee Joo é filha de alguém muito importante e sua mãe vive manipulando o chefe do departamento de artes para que sua filha seja favorecida. A disputa pelo papel e as incertezas sobre a apresentação ou não do musical caso a Hee Joo não seja a protagonista perdura por quase todo o drama, tornando a trama muito cansativa. Não posso negar que essa etapa da trama é muito importante, já que é a responsável pelos atritos entre Kyu Won e seu avô e também pelo desabrochar do romance entre os dois protagonistas, mas confesso que chegou uma hora que não aguentava mais ver tantas armações para detonar com a Kyu Won e o diretor e os constantes cancelamentos da apresentação.

Essa lenga lenga durou, pasmem, 13 episódios! Se a história estivesse acabando tudo bem, foi cansativo, mas seria a proposta do drama, mas não, algumas reviravoltas bem grandes estavam guardadas para os últimos episódios. Um produtor ficou interessado em gravar um disco com as Windflower e os The Stupid com a Kyu Won como vocalista e a garota precisa decidir se vai querer continuar com a música tradicional ou tentar outros caminhos. Em meio a essa escolha, um problema de saúde coloca em risco o relacionamento dela com o Shin, tudo isso em um capítulo e meio! O drama inicialmente contava com 16 episódios, mas devido à baixa audiência teve seu número reduzido à 15 e essa redução afetou na conclusão da história, deixaram para resolver muita coisa no último episódio, que acabou ficando corrido e com uma conclusão muito apressada depois de tanta pendenga.

Se o que você quer é assistir um drama divertido e romântico com personagens engraçados gostará de Heartstrings, só não vá esperando algo muito elaborado, mas, apesar da pouca profundidade da história os personagens são fofos e as músicas chicletes… ah, é impossível não se pegar cantando (ou melhor, embromando).

Pontos fortes:

  1. O timing da Cha Bo Woon (Im Se Mi) é de tirar qualquer um do sério, ela interrompendo o Shin (sem perceber) é hilário!
  2. Glee tocando no bar Catharsis (olha eu assumindo o meu lado gleek, aiai).
  3.  A síndrome de Magali do Yeo Joon Hee (Kang Min Hyuk) e a sua “falta de noção”.
  4. O casal Hee Joo e Joon Hee mais inesperado impossível e mesmo assim funcionando.
  5. A irmã do Shin como nova aprendiz do vô, adorei, ainda mais porque ela enfrenta ele na lata, rendendo cenas bem divertidas.

Pontos fracos:

  1. Juro que quero aprender esse milagre da multiplicação, como assim saem para comprar melancias para um batalhão de pessoas (bem umas vinte) e voltam só com uma? Essa melancia era para o enfeite da mesa né, só pode.
  2. Já falei, mas repito, eu teria aproveitado melhor o personagem do Ki Young, ele tinha tudo para render boas histórias, quem sabe até um triângulo amoroso…
  3. Só eu que achei o machucado do Shin um pouco exagerado?

Deixo vocês com a música tema do dorama, essa batida a la bossa nova do início me cativou!

Fonte: http://wiki.d-addicts.com/You’ve_Fallen_for_Me

Para Conferir: Acompanhei através do projeto conjunto dos fansubs Ohayo Dramas e YöFansub. Prestigiem os fansubs!

Anúncios

5 Comentários

Arquivado em Dorama aleatório

5 Respostas para “K-dorama: Heartstrings

  1. Pri (@prittamorim)

    Núbia, amei o post!! Comos sempre você escreve muito bem!!

    Nesse post você de verdade falou tudo o que eu penso do dorama.
    Bem vou fazer um “crtl+c, ctrl+v” do que escrevi no post da Alay, porque diz o que penso a respeito da história:

    As maiores falhas do dorama na minha concepção:
    – Personagens mal explorados. Elenco demais, foco de menos nas histórias deles;
    – O Yong Hwa em You’re Beautiful foi excelente, mas aqui sua atuação deixou um pouco a desejar, algumas vezes senti pouquíssimo sentimento vindo dele, já da Park vi bastante.
    – Histórias mal desenvolvidas ou exploradas;
    – Foco d+ no musical, chegou a ficar cansativo em certos pontos, que eu literalmente avancei alguns segundos algumas cenas.
    – História chatíssima do Shin sofrendo pela professora (esse lenga lenga se arrastou por tempo d+), nouss que vontade que dava de pular alguns episódios.
    – HELLOOO!! A Han Hee Joo, se não tem, está a caminho de uma anorexia ou bulimia, cadê a boa exploração do tema?
    – Muitas coisas poderiam ter sido melhor exploradas e muitas outras nem precisavam acontecer que não fariam falta.
    – História de desenvolvimento final do dorama fraquíssima. Parecia mais uma desculpa para ter um acontecimento tenso, assim você poder encher linguiça para depois fechar a história. Muito mal elaborada, mesmo! Foi a desculpa mais idiota que podiam inventar.

    Para mim os maiores destaques do dorama foram a trilha sonora e o personagem do Kang Min Hyuk. Os dois foram excelentes durante todo o dorama.

    Heartstrings tinha tudo para ser um dorama muito bom, atores maravilhosos, trilha sonora excelente, mas isso se seu roteiro tivesse sido bem explorado.

    Mais um “ctr;+c, ctrl+v”:
    Acho que a roteirista se perdeu um pouco na história que estava construindo. Abria muitas brechas, mas no fim parecia que esquecia de certas coisas e explorava umas poucas e o problema é que ela deixou muita coisa boa de lado. A história subia e quando estava boa, puff, caía, começava a subir de novo, caia outra vez, foi assim durante os 15 episódios.

    É um dorama leve, divertidinho, mas ficou muito aquém do potencial que poderia ter tido!!

    Curtir

  2. Concordo com tudo que vc Nubia e a Pri falaram! Realmente teve mta coisa mal aproveitada em Heartstrings! Acho que por ter tanto personagens, o pessoal da rodução se perdeu um pouco! Nuss..tinha tanta coisa que podia ser melhor!

    Desde o começo achei o Ki Young tão legal…pensei que ele iria ter mais espaço, que ele ia gostar da Kyu Won! Mas q a Han Hee Joo ia atrapalhar eles! KKKKKKKKKKKK Errei totalmente! (quase cai da cadeira qdo ele tira a camisa!!!!!!!!!!!!!) KKKKKKKKKKKKK

    Alias..tbm acho q essa coisa da Han Hee Joo com anorexia/ bolemia….ficou devendo e mto! Merecia uma abordagem melhor!

    O que mais gostei no dorama foi a trilha sonora, a atuação da Park Shin Hye, ver o Yong Hwa mais malvado tbm foi legal! KKKKKKKKKK E claro, o personagem do diretor! Achei ele meio americanizado….realmente parecia q ele tinha acabado de chegar da Broadway! Me irritei mto com a professora de dança! Afff;;demora d+ a deixar claro q nao queria nada com o Lee Shin!

    AHHH…o personagem do Kang Min Hyuk foi demais tbm! Morri de rir com esse garoto sem noção! KKKKKKKKKK

    Enfim..nao é um dos melhores doramas q já vi…mas eu gosteiiii! E já perdi as contas de qtas vezes ouvi a trilha sonora!!!!! KKKKKKKKK

    @AlayanaFlavia
    (http://divaneandoo.blogspot.com/)

    Curtir

  3. Pingback: Este mês (Abril de 2011) | Blablabla Aleatório

  4. Pingback: K-dorama: Secret Garden | Blablabla Aleatório

  5. Pingback: K-dorama: Flower Boy Next Door | Blablabla Aleatório

Gostou do post, então comenta!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s