Um Autor de Quinta #21

Coluna inspirada no Uma Estante de Quinta da Mi Muller do Bibliophile. Pretendemos toda quinta-feira trazer informações, curiosidades e algumas dicas de leituras e afins sobre algum(a) autor(a).

HP Lovecraft

Howard Phillips Lovecraft (Providence, Rhode Island, 20 de agosto de 1890 – 15 de março de 1937) foi um escritor estadunidense de horror, fantasia e ficção científica, especialmente do subgênero conhecido como weird fiction. Lovecraft era adepto do que ele chamava de terror cósmico, a ideia de que a vida é incompreensível à mente humana e que o universo é essencialmente alienígena.

Desde criança, Lovecraft vivia as voltas com as palavras dedicando-se durante muito tempo a escrever poesias. A partir de 1917 passou a se dedicar a ficção de terror e em 1923 publicou seu primeiro trabalho profissional, Dagon, na revista Weird Tales. Sempre foi adepto das cartas, se correspondendo com vários autores estreantes de horror, ficção e aventura. Seu mais ávido correspondente era Robert E. Howard, criador de Conan, o Bárbaro e que foi fortemente influenciado pelo trabalho de Lovecraft.

Lovecraft morreu aos 46 anos vítima de câncer. Foi enterrado no cemitério Swan Point, em Providence no jazigo da família Phillips. No centenário de seu nascimento, fãs organizaram-se e foi inaugurada uma lápide definitiva no túmulo que exibe a frase “Eu Sou Providence”, extraída de uma de suas cartas.

Livros

A obra de Lovecraft é marcada pelo subconsciente e pelo simbolismo, muito disso deve-se ao fato do autor inspirar-se em seus constantes pesadelos. Suas constantes referências a horrores antigos e monstros e divindades ancestrais acabaram por gerar algo semelhante a uma mitologia conhecida como Cthulhu Mythos.

Alguns críticos agrupam a obra lovecraftiniana em três categorias:

  1. Histórias macabras (1905-1920)
  2. Ciclo de histórias do sonho (1920-1927)
  3. Cthulhu Mythos/Lovecraft Mythos (1925-1935)

Lovecraft tem uma obra bastante prolixa, em sua maioria composta de contos e ensaios. Seus textos estão disponíveis online no The H.P. Lovecraft Archive (em inglês). 

No Brasil, a Editora Hedra tem publicado alguns títulos do autor:

O Chamado de Cthulhu e outros contos 

Sinopse: O Chamado de Cthulhu reúne desde as primeiras produções de Lovecraft, como “Dagon”, até obras escritas logo antes de sua morte, como “O assombro das trevas”. Traz ainda o grande clássico “O chamado de Cthulhu” e o inédito “A música de Erich Zann”, considerado pelo autor um de seus melhores escritos.

A Sombra de Innsmouth

Sinopse: A sombra de Innsmouth (1931) foi a única obra de H.P. Lovecraft publicada como livro durante a vida do autor. É o perturbador relato de um jovem que, durante uma viagem pela Nova Inglaterra, vê-se obrigado a passar uma noite em Innsmouth – o vilarejo portuário em ruínas que não consta em nenhum mapa e esconde um mistério tão profundo quanto as águas que o banham.

Um Sussurro nas Trevas

Sinopse: Narra os acontecimentos ocorridos após as grandes enchentes de Vermont em 1927. Ao ouvir histórias sobre cadáveres de animais desconhecidos boiando nas águas, o acadêmico Albert N. Wilmarth tenta vincular os relatos às crenças populares da região. O assunto ganha os jornais e a seguir entra em cena Henry Wentworth Akeley, o folclorista de Vermont que acredita na existência de cultos secretos e criaturas inumanas nas colinas do estado – e logo percebe estar diante de coisas muito mais poderosas do que seria capaz de imaginar. Um sussurro nas trevas é um dos grandes expoentes do “horror cósmico” de Lovecraft.

Nas Montanhas da Loucura

Sinopse: Narrada pelo sobrevivente de uma malfadada expedição a pontos ainda inexplorados no Polo Sul, a história se apresenta sob a forma de um alerta quanto aos perigos de desbravar os recônditos isolados da Terra, que sob a brancura do manto glacial ocultam os mais negros horrores ancestrais.

A Sombra Vinda do Tempo

Sinopse: Após sofrer de amnésia por cinco anos, o professor Nathaniel Wingate Peaslee recobra a memória e começa a pesquisar os estranhos sonhos que passam a visitá-lo após a recuperação e a personalidade secundária manifestada durante a amnésia. As investigações levam-no até a Austrália Ocidental, onde imagina ter contato com a Grande Raça de Yith e se depara com um simples pedaço de papel que encerra a derradeira verdade sobre as viagens através do tempo.

Lovecraft no Blablabla:

Resenha de A Cor que Caiu do Espaço 

Vale a pena mencionar:

O trabalho de Lovecraft influenciou e ainda influencia a cultura pop de modo geral, seja na música, nos jogos baseados em sua mitologia, ou na indústria cinematográfica. Quatorze filmes foram baseados na obra lovecraftiniana, do quais, o mais recente é Dagon (baseado na obra homônima e também em A Sombra de Innsmouth) lançado em 2001.

No cenário musical, muitas bandas de rock e metal fizeram homenagem a Lovecraft, citando alguns:

  •  Iron Maiden: a capa do álbum Live After Death faz uma clara referência à obra Necronomicon.
  • Metallica: as músicas The Call of Ktulu, The Thing That Should Not Be e All Nightmare Long.
  • Black Sabbath: Behind the Wall of Sleep.
  • Dream Theater: The Dark Eternal Night.
  • Em 2010, a gravadora Voidhanger Records lançou uma coletânea chamada Tribute to H.P. Lovecraft – Gate 1: Yogsothery – Chaosmogonic Rituals of Fear com letras e composições abordando a temática dos mitos de Cthulhu, o ocultismo, e literatura e o horror.

Links interessantes:

Site sobre o autor: http://www.hplovecraft.com/

Site do autor no imdb: http://www.imdb.com/name/nm0522454/

Para saber um pouco mais sobre os mitos de Cthulhu: http://www.sitelovecraft.com/mitosdecthulhu.html

Fontes:

http://pt.wikipedia.org/wiki/H._P._Lovecraft

http://en.wikipedia.org/wiki/H._P._Lovecraft

http://www.sitelovecraft.com/index.html

Compre aqui:

Cultura Saraiva
Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Um Autor de Quinta

Gostou do post, então comenta!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s