Todas as Estrelas do Céu (Enderson Rafael)

Esta resenha foi publicada inicialmente no meu perfil do Skoob (há um tempinho já), mas decidi compartilhá-la aqui no blog também. ;D

Todas as Estrelas do Céu foi escrito pelo Enderson Rafael há mais de 10 anos e depois de esforços bem sucedidos empreendidos pelo autor o livro foi publicado por uma editora e tem feito muito sucesso. Para quem não conhece a história, o Enderson fez várias cópias do seu manuscrito e saiu distribuindo-as por todo o Brasil assim ele pretendia que o seu livro se tornasse conhecido e quem sabe assim chamar a atenção das editoras e alçar vôos mais altos. Eu ganhei a minha cópia em uma promoção no finado orkut, então tive a chance de conhecer a história da Carol e do Lê antes de todo o sucesso que o livro está fazendo hoje, sucesso merecido é claro.

A história criada pelo Enderson cativa aos pouquinhos e literalmente nos pega desprevenidos. Adorei conhecer a Carol e o Lê e sua história de amor impossível. Quer dizer, impossível não a história é bem possível todas as impossibilidades são plantadas pelo preconceito arraigado, preconceito com alma de erva daninha, daquelas que quando se acha que conseguiu se livrar dela lá está novamente. É assim que enxergo o papel dos “pais” dos garotos. “Pais” pois para os desavisados de plantão o livro conta a história de amor entre dois irmãos Leandro (filho adotivo) e Carol. Sempre se tratando como irmãos e confidentes, os dois não percebem os sussurros provocados pelo sentimento latente e acabam sendo despertados pelos rugidos de um amor sublime, total e forte. Com força o suficiente para carregar os personagens em suas aventuras em prol desse amor, desde o inicio destinado a ser suplantado e calado por aqueles que os cercam. Será que o amor dos dois conseguiu ser ouvido, ou será que foi silenciado? Não contarei o final para não estragar a surpresa.

Mas já vou avisando que é um romance adolescente, então, não espere uma leitura muito profunda e com tramas complexas. A história é simples, e é justamente sua simplicidade que cativa e torna a história leve e divertida de se ler. Ler sobre os receios da Carol e o Lê a descoberta do amor pela “irmã” nos faz voltar aos bons tempos da adolescência, quando as miríades de emoções afloram com força total e nos deixam em meio a um vendaval de sentimentos. É sempre bom ler um livro que nos remeta a uma boa fase de nossa vida, ainda que seja a vida de outros e os lugares e histórias sejam diferentes. Se você gosta de um bom romance adolescente irá gostar de Todas as Estrelas do Céu.

Ah, e já ia me esquecendo de mencionar o bônus que contribui e muito para enriquecer a história: as descrições geográficas! Lendo o livro visitei Teresópolis, Búzios e Floripa. Reconheci muitos dos lugares lindos que visitei nesta última. Uma agradável leitura para uma tarde.

Compre aqui:

Cultura Saraiva Travessa
Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Resenhas da Núbia

Gostou do post, então comenta!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s