Jogos Vorazes (Suzanne Collins)

Após a destruição dos Estados Unidos, na sociedade distópica Panem, o poder é exercido com mãos de ferro pela Capital. Panem atualmente é composta por 12 distritos mais a Capital, mas teve um tempo que um 13° distrito existia. Só que isso foi antes da última rebelião dos moradores dos distritos, a rebelião que falhou e garantiu um legado para todos os distritos: os Jogos Vorazes. Uma competição anual, transmitida ao vivo, na qual um garoto e uma garota (os chamados tributos, entre 12 e 18 anos) de cada distrito são selecionados, jogados em uma arena e obrigados a lutar até a morte, apenas um jogador pode sobreviver.

Katniss Everdeen tem 16 anos e é moradora do distrito 12, o distrito mais pobre de toda Panem. A garota cuida da mãe e da irmã desde a morte do pai e garante o sustento da família tendo uma atividade totalmente ilegal junto com o amigo Gale, ela caça na floresta circundante, floresta esta separada do distrito por uma cerca que deveria estar sempre eletrificada. Desde o início já notamos em Katniss uma chama de revolução contra o sistema de governo e a política de Panem, mas ela mantém suas opiniões em segredo para salvaguardar sua família. Apesar de todas as dificuldades, a vida era relativamente tranquila para a família de Katniss, até Prim (sua irmã menor) ser selecionada como tributo do distrito 12. Katniss então se oferece para ir em seu lugar e para piorar descobre que junto com ela irá Peeta Mellark, um garoto com quem Katniss tem uma dívida, já que ele ajudou sua família no passado.

Com um mentor que não parece bem das ideias, as chances de Katniss e Peeta já começam baixas e a luta pela sobrevivência já começa antes mesmo de serem lançados na arena. Aqui não há chance para a solidariedade, é matar ou morrer e as mortes são esfregadas na cara do leitor, chocante em alguns momentos, emocionante em outros. E, apesar dele não ser o foco do livro (e ainda bem que não é!) até um romance pode servir de arma para vencer o totalitarismo da Capital…

“Só fico desejando que haja alguma maneira de… de mostrar à Capital que eles não mandam em mim. Que sou mais do que somente uma peça nos Jogos deles.”

Em meio aos tantos romances que permeiam a literatura juvenil (e que eu gosto de ler também, é bom frisar), Collins dá ênfase no social e na política. Acho que essa é a distopia com a roupagem mais jovem que já li e é muito bom ver essa vertente literária ganhando cada vez mais espaço. O livro traz críticas a uma sociedade corrompida, ao governo déspota e ao controle opressivo. Assuntos que podem parecer tão áridos aos leitores mais jovens, mas que Collins soube trabalhar muito bem, com um texto ágil e personagens interessantes. Seja Katniss e sua índole revolucionária, às vezes tão difícil de aplacar; Peeta e sua sensibilidade ou Rue e a força escondida sob a aparente fragilidade e isso só para citar alguns. Arrependo-me de não ter começado a ler a trilogia antes e confesso que todo o burburinho e modinha sobre os livros também contribuíram para eu protelar a leitura. Se você também tem receios por conta disso, pare de perder tempo e dê uma chance aos habitantes de Panem.

Conheça a trilogia Jogos Vorazes:

  1. Jogos Vorazes [Skoob]
  2. Em Chamas [Skoob]
  3. A Esperança [Skoob]

Compre aqui:

Cultura Submarino Saraiva Travessa Fnac
Anúncios

5 Comentários

Arquivado em Lendo aleatoriamente, Resenhas da Núbia

5 Respostas para “Jogos Vorazes (Suzanne Collins)

  1. Pingback: Em Chamas (Suzanne Collins) | Blablabla Aleatório

  2. Pingback: A Esperança (Suzanne Collins) | Blablabla Aleatório

  3. Jacqueline

    Sua resenha foi ótima! O livro é fascinante, o modo como a escritora decorreu a história, a situação daquele mundo criado por ela, é fantástico! Não tem como não nos imaginarmos lá! 😀

    Curtir

    • Nubia Esther

      Obrigada Jacqueline! 😉
      Depois que comecei a ler a trilogia, foi impossível não ler um livro atrás do outro em um intervalo de poucos dias. A Suzanne soube criar um mundo pavoroso, mas ao mesmo tempo cativante e seus personagens são ótimos.
      Obrigada pela visita!

      Curtir

  4. Pingback: Um Autor de Quinta #84 | Blablabla Aleatório

Gostou do post, então comenta!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s