Destrua-me (Tahereh Mafi)

Atenção, esta resenha trata dos acontecimentos ocorridos entre o primeiro e o segundo livro da trilogia Estilhaça-me e pode haver spoilers sobre fatos do livro anterior. Para saber o que eu achei do primeiro livro, confira os links no final desta resenha.

Destrua-me

Destrua-me é um conto que serve de ponte para os acontecimentos narrados no primeiro (Estilhaça-me) e no segundo livro da trilogia (Liberta-me). Para obter o e-book disponibilizado gratuitamente pela Editora Novo Conceito, basta preencher um pequeno cadastro AQUI.

“E foi então que percebi: essa sensação estranha e inexplicável de que talvez ela fosse a única pessoa do mundo pela qual eu poderia realmente me importar.”

Se em Estilhaça-me Mafi já dava mostras de que Warner poderia se tornar um rival de Adam pelo amor de Juliette, em Destrua-me ela vem desconstruir tudo o que tínhamos como certo sobre o líder do Setor 45. Aos nos convidar a partilhar o ponto de vista de Warner, Mafi nos põe a par de sua fixação por Juliette, a desilusão ao perceber que seus sentimentos não são correspondidos, o despeito por ter sido preterido e sua relação deturpada com o pai, comandante supremo do Restabelecimento. É assim que aos poucos, Warner nos mostra outras facetas além da de líder cruel e sanguinário. As fãs do Adam podem até tentar permanecer resolutas em sua torcida, mas duvido que não ficarão tentadas a dar uma chance a Warner. Porque se Adam tem a vantagem de ter uma história que remete a sua infância com Juliette, Warner ganha pontos ao se tornar um personagem mais complexo do que o primeiro e com um adendo, uma ligação com a protagonista que suplanta todas as memórias escolares de Adam e Juliette. Uma história que vem para derrubar nossos preconceitos erigidos no livro anterior e nos deixa abertos para todas as possibilidades em Liberta-me.

Algumas partes da publicação original ficaram de fora da versão em e-book da Novo Conceito, são arquivos e documentos do Restabelecimento sobre os personagens principais (Adam, Warner, Juliette e Kenji) além de uma espécie de diário de Warner fornecendo o seu lado da história de alguns acontecimentos do primeiro livro. A editora justificou a falta desse material na tradução brasileira alegando ter sido por problemas de direitos autorais. O fato é que a falta desse material não atrapalha a leitura, mas ele traz informações bastante interessantes.

Conheça a Trilogia Estilhaça-me (Shatter Me)

  1. Estilhaça-me (#1) [Goodreads][Skoob][Resenha]
  2. [Conto] Destrua-me (#1.5) [Goodreads][Skoob]
  3. Liberta-me (#2) [Goodreads][Skoob]
  4. [Conto] Sem título (#2.5)
  5. Sem título (#3)
Anúncios

5 Comentários

Arquivado em Editora Novo Conceito, Editoras Parceiras, Resenhas da Núbia

5 Respostas para “Destrua-me (Tahereh Mafi)

  1. Pingback: Liberta-me (Tahereh Mafi) | Blablabla Aleatório

  2. Amei esse conto! me apaixonei por Warner! Acredito que muitos deram uma chance a ele depois dessa historia, assim como eu! 🙂

    Curtir

  3. Pingback: Um Autor de Quinta #90 | Blablabla Aleatório

  4. Pingback: Fragmenta-me (Tahereh Mafi) | Blablabla Aleatório

  5. Pingback: Incendeia-me (Tahereh Mafi) | Blablabla Aleatório

Gostou do post, então comenta!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s