Apelo às Trevas (Dennis Lehane)

Atenção, esta resenha trata dos acontecimentos do segundo livro da série dos detetives Kenzie & Gennaro e pode haver spoilers (evitados ao máximo) sobre fatos do livro anterior. Para saber o que eu achei do primeiro livro, confira os links no final desta resenha.

 apelo às trevas

Na segunda aventura do casal de detetives Patrick Kenzie e Angela Gennaro, Lehane deixa o cenário político e os conflitos sociais da primeira aventura para trás e resolve investir no lado pessoal de seus protagonistas, o que de certa forma também contribui para que os personagens coadjuvantes também ganhem mais espaço. Se dessa vez o jornalista Richie apenas faz aparições pontuais, Lehane mais do que nunca usa e abusa do estranho Bubba que nos cativa de um jeito mórbido e incongruente e dos policiais Devin e Oscar que sempre garantem ótimos diálogos. Mais do que nunca fica claro, que apesar do aparente formato “caso da vez”, seus romances são mais que isso, e não só pela intensa relação entre Patrick e Angie que cada vez fica mais intensa, como também pela importância do histórico dos personagens no desvendar dos crimes. Se em Um Drink Antes da Guerra eles acabaram na linha de fogo por escolha própria, aqui eles já eram alvo (principalmente Patrick) por ações há muito esquecidas.

 “O que importa, escreveu ele, é o sofrimento.

Essas palavras – escritas numa folha de papel branco formato padrão – me perseguem. Essas palavras tão simples, às vezes parecem ter sido gravadas na pedra.”

Assim como no primeiro livro, os detetives são contratados para um serviço que no fim acaba tomando rumos inesperados e que só representa uma ínfima parte dos desdobramentos que ele terá. Diandra Warren, uma famosa psiquiatra de Boston contrata Patrick e Angie para descobrirem porque ela e o filho estão sendo intimidados pela máfia irlandesa. Aparentemente, a história envolvendo a máfia não era nada demais e só serviu para colocar Patrick na mira dos mafiosos. Mas, quando conhecidos são assassinados de forma cruel, Patrick começa a achar que há mais nessa história do que apenas uma intimidação e com a ajuda de Richie, ele descobre que mortes com os mesmos requintes de crueldade ocorreram na cidade há mais de vinte anos. Ao começarem mexer no passado, relações inimagináveis entre os personagens começam a surgir e o assassino parece estar mais próximo da vida de Patrick e Angie do que se supunha.

Em Apelo às Trevas, Lehane consegue imprimir uma tensão e um terror ainda maior do que no primeiro livro da série. Porque agora, a violência escancara as portas das vidas de Patrick e Angie, uma violência com a qual cresceram e estiveram sujeitos todos esses anos. A carga psicológica é muito maior aqui e reflete-se nas ações dos protagonistas, que mais do que nunca percebem como a violência está dirigindo e conspurcando suas vidas, mas que ao mesmo tempo não conseguem se afastar dela completamente. Uma ótima série para os fãs dos romances policiais.

Conheça a série:

  1. Um Drink Antes da Guerra [Skoob][Goodreads][Resenha]
  2. Apelo às Trevas [Skoob ][Goodreads]
  3. Sagrado [Skoob][Goodreads]
  4. Gone, Baby, Gone [Skoob][Goodreads]
  5. Dança da Chuva [Skoob][Goodreads]
  6. Estrada Escura [Skoob][Goodreads]

Compre aqui:

Cultura Submarino Saraiva Travessa Fnac Fnac Fnac
Anúncios

1 comentário

Arquivado em Resenhas da Núbia

Uma resposta para “Apelo às Trevas (Dennis Lehane)

  1. Pingback: Sagrado (Dennis Lehane) | Blablabla Aleatório

Gostou do post, então comenta!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s