Blitzing Emily – Julie Brannagh

Emily é uma cantora de ópera (ou diva, como são chamadas). É dia dos namorados e Emily está ajudando sua irmã, com algumas entregas. Amy é dona de uma floricultura, e o dia dos namorados é um dos dias mais importantes do ano – especialmente considerando que ela acabou de abrir a loja. Emily estaciona seu carro na frente da sede dos Sharks, time de futebol americano de Seattle, e tenta retirar todos os presentes que a namorada de um dos jogadores encomendou para ele. Mas as bexigas, o ursinho de pelúcia e todo aquele chocolate não querem facilitar a vida de Emily, e quando ela está quase na porta da sede, um grito a desestabiliza e ela cai no chão, desacordada.

Quando Emily acorda, Brandon está olhando para ela, com receio de ela ter morrido. Ele insiste em dirigi-la até o hospital, e, uma vez lá, insiste que ficará com ela para garantir que não sofrerá nenhuma das consequências da concussão. Quando o médico hesita em dar alta a Emily, afirmando que ela precisa ter alguém que fique com ela em casa, Brandon cancela seus planos de dia dos namorados e vai com ela. No dia seguinte, um mal entendido com a enfermeira do hospital faz a mídia acreditar que os dois estão noivos. Brandon estava com alguns problemas de publicidade, e ter uma noiva o ajudaria com isso. E Emily foi solicitada por três produções de ópera – algo que ela jamais conseguiu em toda a sua carreira. Os dois percebem que o noivado pode beneficiar a ambos, e optam por não esclarecer o engano.

Eles precisam conseguir convencer a mídia de que realmente estão noivos, e para isso, começam a passar cada vez mais tempo um com o outro. Quanto tempo demora para que eles percebam que, na verdade, não estão vivendo uma farsa?

Ele não havia passado tempo com ninguém em quem ele estivesse mais interessado. Se ele fosse realmente honesto consigo mesmo, ele não acreditava que ele algum dia conheceria outra pessoa em quem estaria mais interessado. (traduzido por mim)

O livro de Julie Brannagh chegou a mim através de um e-mail de publicidade da Harper Collins. Fiquei curiosa, pois havia acabado de ler o sexto livro da série Os Sullivans, Quero ser Seu, em que Ryan e Vicky fingem estar noivos para que ela fuja de um pretendente indesejado. Dois livros com noivados falsos, estrelados por estrelas do esporte, fiquei curiosa para ver se a histórias poderiam mesmo ser diferentes. E me surpreendi positivamente. As personagens de Julie não têm nada a ver com as de Bella Andre, e ela dedicou mais páginas ao que eu gosto mais em romances: como as personagens vão aos poucos se apaixonando. Neste caso, em que eles se conheceram e ficaram noivos em menos de 24 horas, para me convencer, teria que ser algo muito bem escrito, e sem muita pressa, e foi exatamente isso que a autora proporcionou. Teve um momento no livro em que eu achei que ela pulou uma parte (até achei que a versão Kindle pudesse estar sem um capítulo), mas foi porque eu estava tão envolvida na narração, que queria mais um pouco antes que eles fossem para a próxima etapa.

A narrativa é doce, mas sem exageros, e embora a autora siga os clichês deste tipo de livro (a personagem masculina é perfeita, a feminina é insegura…), o primeiro volume da série Love and Football é viciante e gostoso de ler. Em breve, postarei a resenha do segundo livro da série, Rushing Amy. Torço que alguma editora brasileira traga a série para o Brasil.

Compre aqui:

Cultura Fnac
Anúncios

1 comentário

Arquivado em Resenhas da Feanari

Uma resposta para “Blitzing Emily – Julie Brannagh

  1. Pingback: Rushing Amy – Julie Brannagh | Blablabla Aleatório

Gostou do post, então comenta!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s