O Começo de Tudo (Robyn Schneider)

o-comeco-de-tudo

“Às vezes acho que uma tragédia vive à espreita de todo mundo; por isso, as pessoas que vão comprar leite na esquina ou que cutucam o nariz enquanto aguardam o sinal abrir estão a apenas alguns minutos de um desastre. Na vida de todos, não importa quão comum seja, existe um momento que se tornará extraordinário – um único embate após o qual tudo o que realmente é importante vai acontecer.” página 5.

Ezra Faulkner era considerado um dos garotos de ouro da escola. Capitão do time de tênis, forte candidato a ser rei do baile, presidente de classe e namorado de uma das “abelhas-rainha” da escola. Quando ele já estava acostumado com sua vida e com o que se esperava dele, um rapaz de 17 anos, popular e que tirava boas novas, mas que parecia fadado a ser eternamente comum, ele teve que enfrentar sua tragédia pessoal. A noite que mudou sua vida era para ser uma simples festa de aniversário, mas que acabou se tornando a noite que Ezra flagrou a namorada o traindo, e logo depois teve seu carro atingido por um motorista que furou o sinal vermelho. Seu carro, bem como seu joelho ficaram irrecuperavelmente destruídos. Ele era Ezra Faulkner, um dos garotos de ouro da escola, mas essa pessoa não existia mais. Ele era o garoto que vivia com uma raquete na mão desde pequeno, e que agora nunca mais seguraria uma nas quadras novamente…

Isso tudo aconteceu pouco antes das férias de verão. E agora, Ezra também terá que enfrentar as mudanças provocadas pelo acidente em seu retorno à escola. Finalmente começamos a acompanhar “o realmente importante” acontecer. E a mudança já começa com o restabelecimento da antiga amizade de Ezra e Toby, seu amigo de infância que após sua própria tragédia caiu no esquecimento, até mesmo de Ezra. Já é o primeiro choque de realidade empreendido por Schneider, afinal a “ajuda” veio de onde menos se esperava, daquele que fora deixado para trás. Eis a primeira lição de Ezra, seu primeiro acontecimento importante. Outro acontecimento importante é que agora o sistema de castas da escola sofreu reviravoltas e Ezra (e somente por causa de Toby) tem uma nova mesa para se sentar, junto aos losers (na verdade junto ao grupo de debate), que de perdedores nada tem (nada como um referencial para estabelecer novas perspectivas).  Mas talvez uma das maiores mudanças, pelo menos para o desenrolar da história, seja Cassidy Thorpe. A aluna nova, bonita, mas que não se veste pelos padrões das beldades da escola. É com Cassidy que o fator romance é inserido na história e Schneider mostrou-se uma perita em narrar relacionamentos. O desenvolvimento da relação entre Ezra e Cassidy, desde as discussões iniciais ocorre de maneira bastante natural. É Cassidy que traz a confrontação para a vida de Ezra, que joga areia em seus planos de acomodação e que o questiona sobre suas escolhas futuras. Além disso, a garota também traz consigo um segredo, que sempre a mantém distante de Ezra, e que se entrelaça de forma genial com a vida do garoto. A reviravolta perfeita ainda que trágica no relacionamento dos dois.

O Começo de Tudo traz a tragédia de Ezra como ponto de partida, mas como bem dito por ele, é o que vem depois que importa. E o que veio depois, suas escolhas, suas mudanças de atitude, a redescoberta de antigas amizades e o estabelecimento de novas, e o amor juvenil, são narrados com sensibilidade por Schneider. Foi impossível não devorar o livro. Schneider criou um romance jovem que não subestima o jovem. Suas páginas repletas de política, filosofia, dúvidas existenciais e muitas e muitas citações de Gatsby, filmes, games, músicas e poesias não me deixam mentir. Enfim, O Começo de Tudo é daqueles romances despretensiosos, uma leitura leve, mas que ao mesmo tempo te leva a reflexão sem forçar a barra e sem recorrer a pieguice. Em suas páginas, está apenas a história de um adolescente, que teve seu mundo tirado dos eixos e que de certa forma aprendeu a se reinventar (ou melhor se reencontrar), com todas as angústias, dúvidas, pessimismo e euforia inerentes a idade, e que de certa forma podem ser extrapoladas para todas as outras fases da vida. Leitura mais que recomendada para o que gostam de um bom YA.

Compre aqui:

Cultura Submarino Saraiva Travessa Fnac Fnac Fnac
Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Editora Novo Conceito, Editoras Parceiras, Resenhas da Núbia

Gostou do post, então comenta!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s