A Dança dos Dragões (George R. R. Martin)

*Atenção, este livro é o quinto da série As Crônicas de Gelo e Fogo e esta resenha pode conter spoilers dos livros anteriores. Quer saber o que nós achamos dos livros anteriores? No final da resenha disponibilizo os links.

dançadosdragões

Com a leitura de A Dança dos Dragões, tomamos conhecimento dos acontecimentos ocorridos em paralelo aos narrados em O Festim dos Corvos e temos vislumbres do que aconteceu depois e do que provavelmente virá a partir daí. Se O Festim dos Corvos focou-se em Porto Real, nas disputas por poder dos Greyjoy, nas batalhas empreendidas pelos Lannister e em alguns jovens lobos sedentos por vingança. Agora temos mais detalhes dos acontecimentos na Muralha e além dela, das previsões do Senhor da Luz, dos planos de Stannis, do paradeiro de Tyrion e de como ele pode ter influenciado uma decisão que poderá provocar ainda mais derramamento de sangue em Westeros e da indecisão de Daenerys e das armações sendo tramadas nas Terras Livres.

Desta vez o time de cronistas é composto por personagens mais centrais, muitos dos quais são favoritos do público. Além deles e seguindo o que já aconteceu no livro anterior, Martin fornece vislumbres de alguns fatos pelo ponto de vista de personagens menores, que não tiveram espaço antes, para ajudar contar parte dessa história. E a partir do momento que ambas as histórias se cruzam, mais cronistas são adicionados tornando esse time ainda maior.

Quando estava lendo O Festim dos Corvos, principalmente nas partes enfadonhas, me pegava querendo saber mais sobre os vislumbres que Martin nos fornecia dos outros recantos de Westeros. Mas, enganei-me achando que a grama do vizinho era mais verde, afinal, o início de A Dança dos Dragões, salvo um acontecimento ou outro, é extremamente enfadonho. Assim, a leitura que eu esperava que fosse ser mais rápida do que a do livro antecessor, também foi bastante demorada, pelo menos na primeira metade já que depois a história fica mais ágil e a leitura flui.

Essa desilusão, se deve principalmente ao fato de Martin não fazer jus às suas promessas. Eu fiquei esperando mais informações sobre a parte sobrenatural (em especial a trama envolvendo a Senhora Coração de Pedra) que foram vislumbradas no final de O Festim dos Corvos e elas não vieram. Martin faz as duas narrativas se encontrarem, mas não vai muito além do já mostrado no quarto livro para os personagens de Porto Real e relega ao esquecimento outros personagens, os quais pela leitura do quarto livro, prometeram um papel bem efetivo na história. Talvez seja por isso que não tenha gostado tanto de A Dança dos Dragões como imaginei que fosse gostar. A história ainda é mais dinâmica que a do seu antecessor, mas no fim, o livro acaba prometendo mais do que mostra.

Como de praxe, mais uma vez Martin não deixa de usar sua escrita para ceifar vidas. As perdas importantes podem não ser tantas, mas são o bastante para deixar o jogo dos tronos cada vez mais acirrado e o destino de Westeros cada vez mais imprevisível. E, acho que podemos classificar o quinto livro como um conjunto de promessas. Ele muda alguns destinos, indica algumas direções, mas é totalmente dependente do sexto livro. Nada, definitivamente nada é conclusivo nele. Nem para o bem, nem para o mal, nem para os ganhos e muito menos pelas perdas. Afinal, não é como se um personagem perdesse a cabeça, ou outros acabassem banhados de vermelho. As mudanças aqui são mais sutis, as perdas mais pontuais e o anseio pelo sexto livro e por respostas para inúmeras dúvidas e outras tantas hipóteses só aumenta. Que Martin se liberte um pouco de sua tendência a prolixidade, vença o monstro da procrastinação e nos dê logo o sexto livro.

 

Conheça a série As Crônicas de Gelo e Fogo:

  1. A Guerra dos Tronos [Resenhas – MariNúbia]
  2. A Fúria dos Reis [Resenhas – MariNúbia]
  3. A Tormenta de Espadas [Resenhas – MariNúbia]
  4. Festim dos Corvos [Resenhas – Mari, Núbia]
  5. A Dança dos Dragões

 

Compre aqui:

Cultura Submarino Saraiva Travessa Fnac Fnac Fnac
Anúncios

2 Comentários

Arquivado em Lendo aleatoriamente, Resenhas da Núbia

2 Respostas para “A Dança dos Dragões (George R. R. Martin)

  1. disse tudo, tomara que ele vença o monstro da procrastinação!!!!

    Curtir

    • Nubia Esther

      Tomara né Thayz! Ainda mais agora que a série praticamente já alcançou todos os livros publicados e começará a empreender suas próprias mudanças (tem personagem que não morreu nos livros que morrerá nas telas D= ). Para quem acompanha a história pelos livros e pela adaptação vai ser uma agonia ter que lidar com essas mudanças.

      Curtir

Gostou do post, então comenta!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s