Sr. Daniels (Brittainy C. Cherry)

sr-daniels

“Ela sorriu quando citei Shakespeare, mas ainda havia tristeza na curva de seus lábios. Ela sofria de algum tipo de dor, e eu vi que aquilo a consumia – da mesma forma que minha tristeza estava acabando comigo. E nada nem ninguém poderia impedir que isso acontecesse.

Uma parte de mim não queria que aquilo acabasse. Uma parte de mim achava que eu merecia o sofrimento. Mas juro que não conseguia acreditar que aquela menina merecesse estar tão triste. No fundo eu esperava que algum dia alguém pudesse fazê-la sorrir sem aquelas curvas de tristezas nos lábios. ” (Página 49)

Ashlyn acaba de perder a irmã gêmea para a leucemia. Além da imensa perda com a qual precisa lidar, ela também tem que aprender a conviver com o pai, já que sua mãe determinou que ela deveria partir para Edgewood no Wisconsin para morar com ele. O detalhe é que o relacionamento com o pai é praticamente inexistente e se restringia à telefonemas de aniversário e cartões de natal. E então, Ashlyn parte de trem para Edgewood levando consigo uma caixa repleta de cartas deixadas pela irmã.

O primeiro encontro de Ashlyn com Daniel foi no trem indo para Wisconsin. É na estação de trem que eles têm seu primeiro contato e Daniel lhe convida para ir vê-lo tocar com sua banda no bar do Joe. E aí, basta um encontro, a descoberta de uma admiração mútua por Shakespeare e a partilha da dor provocada por perdas irreparáveis, para que atração seja imediata. O que Ashlyn não esperava, era encontrar Daniel na escola onde ela irá cursar o último ano do ensino médio e onde seu pai é vice-diretor, muito menos no papel de Sr. Daniels, seu professor de inglês! E sem conseguirem resistir um ao outro, eles embarcam em um relacionamento secreto. É preciso cuidado para ninguém descobrir e sangue frio para passar por algumas situações. E como se não bastasse isso, Daniel também precisa lidar com situações problemáticas do seu passado.

Ao ler a sinopse de Sr. Daniels pela primeira vez, meu primeiro pensamento foi: ‘espero que a Ashlyn não seja menor de idade’. Afinal, trabalhar o relacionamento de um professor e uma aluna do ensino médio, ainda que o seu início tenha sido fora do ambiente escolar e desconhecendo as dinâmicas a que estavam destinados, é um tema bem delicado. E que se não for bem trabalhado, pode ser bem perigoso. Mas, a Brittainy foi feliz na escolha dos seus protagonistas e na forma como a problemática foi trabalhada. Ashlyn apesar de ainda estar no ensino médio já tem 19 anos (e a justificativa para isso é bastante plausível), Daniel é um professor bem jovem, recém-formado. E Brittainy conduziu o relacionamento dos dois sem ignorar as implicações éticas e mais ainda, colocando-as em pauta, o que foi uma escolha bastante acertada.

A narrativa é dividida entre Ashlyn e Daniel. Mas as participações dele são mais esporádicas. É Ashlyn, sua dor, toda sua nova dinâmica familiar e mais toda a problemática envolvendo o relacionamento amoroso, o foco da história. E não foi uma escolha ruim. Um bom espaço foi dedicado ao romance, mas também sobrou espaço para explorar o relacionamento de Ashlyn com os pais, com a nova família do pai e a ambientação à nova escola. E com Daniel, há o foco em sua banda e em seu relacionamento problemático com o irmão.

O lance com Shakespeare também foi bem legal, mas confesso que em alguns momentos beirou a pieguice e acabou ganhando um tom cômico que claramente não era intencional. Mas, no geral, a história criada por Brittainy é bem interessante, com bons personagens e uma trama envolvente. A forma como ela trabalhou o relacionamento das irmãs é tocante, não tem como não se emocionar com as cartas deixadas por Gabby, o meio que ela encontrou para tentar deixar sua irmã bem após sua partida. Enfim, a história de amor de Ashlyn e Daniel convence por causa de todo o background que os envolve e que foi bem construído. Sr. Daniels é um livro para chorar, rir e suspirar. E um livro que extrai tantos sentimentos do leitor vale a pena ser lido. Leitura obrigatória para os que acham que romance nunca é demais.

Compre aqui:

Cultura Submarino Saraiva Travessa Fnac Fnac
Anúncios

2 Comentários

Arquivado em Editoras Parceiras, Grupo Editorial Record, Resenhas da Núbia

2 Respostas para “Sr. Daniels (Brittainy C. Cherry)

Gostou do post, então comenta!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s