Surpreendente! (Maurício Gomyde)

Capa - Surpreendente! - Maurício Gomyde

Duas coisas me fizeram querer ler Surpreendente! do Maurício Gomyde: cinema e a promessa de uma viagem amalucada (road trip?) em direção ao centro-oeste do Brasil, para ser mais específica, tendo como destino a cidadezinha histórica de Pirenópolis, no interior de Goiás. Eu não sei vocês, mas eu gosto muito de ler ficção que envolva temas que me interessam e lugares que conheço. Era a promessa de Gomyde, não consegui resistir.

Surpreendente! é o sexto romance do autor, o primeiro publicado pela Intrínseca, e a Mari já teve a oportunidade de ler e resenhar outra obra sua aqui no blog. Confira aqui.

Surpreendente! traz a história de Pedro Diniz, um jovem cineasta de 25 anos com um sonho: produzir o filme perfeito e ganhar o prêmio Cacau de Ouro, a maior premiação do cinema brasileiro. Enquanto isso, ele comanda o último cineclube da cidade de São Paulo, mediando debates sobre a sétima arte, ainda que o parco público presente – e na maior parte das vezes a falta dele – não colabore, e enquanto a dona do Café Cultural ainda permita que ele o faça. Trabalha em uma videolocadora na periferia da cidade, onde vive a semear o gosto pelos filmes fazendo promoções mirabolantes que na maioria das vezes envolve ele pagando do próprio bolso para que um freguês mais indeciso leve um clássico para casa. Além de ajudar eventualmente no restaurante do pai. Pedro também tem um passado trágico: aos 12 anos começou a apresentar problemas de visão, mas a perda gradual cessou milagrosamente quando ele tinha 19.

“Pouco mais de 70% da parte central do mundo era o que lhe restava…

(…)

E quando o diagnóstico final foi confirmou a interrupção da degeneração, a comemoração veio com a inscrição no vestibular para cinema. “De 70% vou fazer um inteiro! ”, gritou, ao ler seu nome na lista de aprovados. A lógica era desafiada mais uma vez: a atividade que dependia essencialmente da visão se transformava na forma de mostrar a si mesmo, que a vida voltava a fazer todo o sentido. ” (Página 23)

Pedro é adepto do que ele chama de Cinema Felicidade e tenta sempre enxergar o lado bom e colorido das coisas. Mas, suas convicções sofrem um sério abalo e ele passa a duvidar do seu lema de vida. Atormentado por uma informação, que só ele sabe, e algumas perguntas; e incentivado por seu melhor amigo Fit a não desistir dos seus sonhos, Pedro parte em companhia dos amigos em direção à Pirenópolis, disposto a fazer o filme da sua vida. E, para quem perdeu a vontade de semear mudanças, Pedro já inicia essa viagem sendo um semeador de esperança, de justiça. O que rende ao longo da trama alguns momentos de travar a garganta.

No fim das contas a parte envolvendo a road trip nem foi tão longa quanto eu imaginava que seria, mas, toda a parte que vem antes: as apresentações dos personagens, o relacionamento do Pedro com seu pai, o enfoque no casamento combalido dos pais do protagonista, a amizade de Pedro com Fit, seu emprego na videolocadora, seu cineclube no Café Cultural e sua amizade com Mayla, e seu encontro com Cristal; renderam histórias tão envolventes quanto a própria viagem em si. Tudo isso regado à inúmeras referências à filmes e músicas, o que contribuiu para deixar a leitura mais interessante.

Com o avançar da narrativa, o final fica previsível, não há muitas surpresas sobre os percalços que o protagonista terá que enfrentar e sobre as revelações de alguns segredos. Mas, a beleza de Surpreendente! está na grande viagem da vida, na jornada até o fim derradeiro. E aqui, Gomyde não decepciona. E se Pedro tinha a convicção de que a grande viagem da vida merecia uma trilha sonora cheia de clichês escolhidos a dedo, bem, a vida também pode lhe reservar clichês, clichês escolhidos a dedo e capazes de emocionar. E é assim, com um travar de garganta, lágrimas nos olhos e um sorriso no rosto, que Gomyde nos convida a terminar sua história. Com surpreendentes clichês escolhidos a dedo.

Leia um trecho aqui.

Hotsite: http://www.intrinseca.com.br/surpreendente/

Compre aqui:

Cultura Submarino Saraiva Travessa Fnac
Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Editora Intrínseca, Editoras Parceiras, Resenhas da Núbia

Gostou do post, então comenta!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s