Destinado (Carina Rissi)

Atenção, esta resenha trata dos acontecimentos ocorridos no terceiro livro da série Perdida e pode haver spoilers sobre fatos dos primeiros livros. Para saber o que eu achei deles, confira os links no final desta resenha.

Destinado

Ainda lembro que quando terminei a leitura de Perdida, fiquei receosa quando soube que um segundo volume da série estava a caminho. Perdida havia narrado a história de amor de Sofia e Ian de forma tão redondinha que não via como a Carina poderia manter o fôlego da trama principal em uma nova história. Quando Encontrada veio, mudei minha opinião. Carina mostrou que antes dos felizes para sempre, ainda havia muitas histórias para contar. Havia toda a adaptação de Sofia ao século 19 e a adaptação da sociedade da época à Sofia. O livro único virou uma duologia e acabou por se transformar em uma série (serão cinco livros) e, no terceiro volume, cabe a Ian narrar o seu lado da história, e claro, vem muito drama e muito romance por aí.

“Então veio o depois, quando conheci Sofia. Bastou um olhar para que eu perdesse o coração, o fôlego e também o raciocínio. Eu a amei desde o primeiro instante, mesmo que ainda não soubesse disso. E, sendo Sofia como é, entrou em minha vida feito uma carroça desgovernada, atropelando-me, fazendo-me entender coisas que antes eu não compreendia e me sentir tão feliz com isso que às vezes doía. ” (Página 15)

Nós reencontramos o casal algum tempo depois dos eventos narrados em Encontrada. Elisa está completando dezessete anos e um baile está sendo preparado para a comemoração. Marina já está com dez meses. As relações com tia Cassandra, ainda que um pouco estremecidas, estão em vias de reparação. A fábrica de Sofia está indo muito bem obrigada. E a vida é boa e feliz. Mas, pode ser que não esteja destinada a durar. O celular de Sofia está de volta. Ian encontrou o aparelho que um dia fizera Sofia desaparecer no ar. Desta vez, ele está determinado a mantê-la longe do aparelho. Mas, a precaução não sai como o esperado. Elisa é enviada para o século 21 e caba a Sofia e Ian irem em seu resgate.

Uma das coisas que mais gostei na trama, foi reviver alguns momentos passados sob o ponto de vista do Ian. Ainda que estes capítulos precedam momentos muito dramáticos e um tanto quanto desesperadores, foi impossível não me pegar torcendo para que eles aparecessem mais frequentemente. Por outro lado, fiquei com a impressão de que a Carina se alongou demais na trama. A história é boa, os personagens cativantes e a trama bem concatenada, mas não havia necessidade de mais de 450 páginas para contar essa história! Como consequência, algumas partes ficaram bastante repetitivas, o que acabou comprometendo a fluidez da narrativa. Um texto mais enxuto poderia ter tornado essa história muito mais interessante.

Mas, falando de outro ponto positivo, algo que sempre gostei desde Perdida, é o fato da Carina discutir o papel da mulher e o espaço concedido a ela, quer seja no século 19 ou no século 21. Isso pode até ter sido mais proeminente nos dois primeiros livros, mas ela também não deixou de abordar o tema aqui.

Enfim, a mudança de ares foi bem-vinda, resgatou personagens cativantes lá do primeiro livro, deu uma boa sacudida na vida do casal com direito a muito drama, e, ainda que os motivos não tenham sido de todo surpreendentes, a razão para a bagunça temporal ter ocorrido foi bem encaixada à trama. Carina terminou (por enquanto) mais uma aventura de Sofia e Ian de forma bem redondinha e as pontas soltas são propositais. Afinal, vem mais um livro da série aí e será sob o ponto de vista Elisa, por isso seu futuro ficou tão incerto na trama. Para quem não acreditava que uma continuação poderia dar certo, mesmo com os percalços, já estou me comprometendo a acompanhar a série até o fim.

Conheça a série Perdida:

Compre aqui:

Cultura Submarino Saraiva Travessa Fnac
Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Lendo aleatoriamente, Resenhas da Núbia

Gostou do post, então comenta!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s