K-dorama: Flower Boy Next Door

Flower_Boy_Next_Door

  • Título: Flower Boy Next Door
  • Também conhecido como: My Flower Boy Neighbor, My Cute Guys, The Pretty Boy Next Door, Yiutjib Ggotminam, 이웃집 꽃미남
  • Gênero: romance, melodrama, comédia
  • Episódios: 16
  • Período em que foi ao ar: 07/janeiro/2013 a 26/fevereiro/2013
  • Rede de televisão: tvN
  • Diretor: Jung Jung Hwa
  • Roteiristas: Yoo Hyun Sook (webtoon) e Kim Eun Jung

 

Flower Boy Next Door, assim como Flower Boy Ramyun Shop (já resenhei aqui), Shut up Flower Boy Band e Dating Agency: Cyrano, fazem parte do projeto de series, idealizados pela rede de televisão tvN, chamado Oh! Boy, que tem por foco os “flower boys”. Garotos fofos, generosos, que entendem a alma feminina e que chamam a atenção pela aparência. Não é uma novidade no mundo dos doramas né? Boys Before Flowers, You’re a Beautiful, Heartstrings e outros tantos doramas tem personagens com essas características. E a onda flower boy é bem difundida nos dramas e no k-pop em geral. A grande diferença dos dramas produzidos pela tvN está no foco dado aos flower boys que chega a superar o foco dado a trama das histórias. Em outras palavras, tudo se resume a fanservice. E gente, não é ruim ter garotos lindos sendo exibidos na tela, juntos, sorrindo e espalhando beleza pelo caminho. Mas, inúmeras cenas assim, sem relação alguma com a história, tantas que chegam a beirar a comicidade, não dá. É possível aproveitar a onda dos flower boys e criar histórias de qualidade com garotos lindo e tudo o mais, há inúmeros doramas por aí que comprovam isso.  E que até mesmo tem algumas cenas claramente produzidas para fanservice (não é pecado não gente), só, que bem utilizadas. Definitivamente, as histórias feitas para essa série Oh! Boy não foram feitas para mim. Mas, ainda prefiro esse a Flower Boy Ramyun Shop, justamente pelo mocinho não ser mimado e intragável quando o da outra.

fanservice2

fanservice1

fanservice3

O dorama é baseado na webtoon (não sabe o que é uma webtoon, dê uma conferida aqui e aqui) I Peek At Him Every Day escrita por Yoo Hyun Sook.

Go Dok Mi (Park Shin Hye) vive enclausurada em seu apartamento. Não sai para nada, ou pelo menos evita isso o máximo possível. Faz estoque de água, pede comida delivery e trabalha como editora freelancer. Um trabalho que lhe permite viver em “sua torre”.  Há um tempo atrás, em uma de suas saídas esporádicas, ela viu Hae Tae Joon (Kim Jung San) e se encantou por ele. E, logo depois descobriu que ele era seu vizinho e acreditou se tratar do destino. Desde então, ela vive vigiando seu vizinho (morador do prédio ao lado) pela janela. “Malha com ele, toma café da manhã com ele, limpa a casa com ele…” Só não o segue para fora.

godomikhaetae

godomikespionando

Oh Ji Rak (Kim Ji Hoon) mora no mesmo prédio que Dok Mi. Ele e seu amigo, Yoo Dong Hoon (Go Kyung Pyo), além de dividirem o apartamento também dividem a profissão. Ambos, fazem webtoons, mas a última história deixou de ser publicada porque eles supostamente plagiaram um jogo de Enrique Geum. Ji Rak decide então começar uma nova história, Flower Boy Next Door, que conta a história de uma garota presa em seu apartamento…

flower-boy-next-door-4-12

Enrique Geum (Yoon Shi Yoon) é um superfamoso desenvolvedor de jogo online, que vive na Espanha desde os 9 anos e acabou de retornar à Coreia. Ele é primo de Hae Tae Joon. Enrique sempre sentiu algo mais por sua amiga, mas ela está apaixonada por seu primo. Ele então, decide fazer o papel de cupido, enquanto estiver hospedado com o primo. E, durante essa estadia ele flagra Dok Mi em seu ato de espionagem. Pronto, está armada a confusão. Enrique fica determinado a tirar essa história a limpo, ao mesmo tempo que coloca o mundo de Dok Mi de pernas para o ar.

enrique

Ah, não posso deixar de mencionar outros dois personagens dessa história:

O flower boy japonês Watanabe Ryu (Mizuta Kouki) que acabou de se mudar para o prédio de Dok Mi. Ele foi para a Coreia para aprender mais sobre a culinária coreana. E é claro para integrar o time de flower boys e potencializar o fanservice. Ainda que no caso dele, tenha sido mais timidamente, e ele tenha contribuído para cenas realmente fofas e divertidas e não tão destoantes à trama. Só comprovando que com um pouco mais de interesse dos produtores é possível incluir o fanservice de forma menos superficial.

watanaberyu

amigadaonça

E claro, que todo drama que se preza tem que ter a víbora. Aqui, o cargo cabe a Cha Do Hwi (Park Soo Jin). Ela estudou junto com Dok Mi e era sua amiga até que a boa e velha inveja fez com essa “amiga” passasse a tratar Dok Mi mal e tomar uma atitude que acabou colaborando para o estilo de vida adotado por Dok Mi. E, como fantasma do passado adora continuar assombrando, ela chega determinada e importunar a vida de Dok Mi novamente. A presença da amiga da onça me fez esperar por episódios bombásticos e catalisadores. Que os eventos passados fossem melhor explorados, enquanto Dok Mi saísse de sua concha por pura persistência e incentivo de Enrique. O passado até que não foi esquecido, e um ensaio de embate realmente aconteceu, mas demorou tanto que acabou tornando a primeira parte dessa história bem arrastada e superficial. Só a partir do décimo episódio a trama ganha fôlego e os quatro últimos episódios foram realmente muito bons.

Como comentei no início dessa resenha, Enrique foi um personagem cativante. Ele está sempre tentando ajudar as outras pessoas, tentando tornar o dia delas melhor, trazendo a felicidade para alguém triste e incentivando-os a enfrentar seus medos. Acompanhar o desenrolar do seu relacionamento com a Dok Mi, mesmo com todas as criancices do personagem, foi bem legal e rendeu momentos de muita fofura.

Outra relação que muito me encantou foi a de Ji Rak com Dong Hoon. À primeira vista pode até descambar para a comédia, mas eles têm uma relação de amizade muito bonita e que transparece em alguns momentos bem interessantes da trama.

No fim, apesar de toda a superficialidade envolvendo os flower boys, Flower Boy Next Door trouxe uma história interessante de superação dos medos, de aprender a arriscar e finalmente viver. O fato da história também ter uma carga dramática maior e uma maturidade mais aparente dos personagens, foi algo que me fez gostar muito mais dessa história do que a de Flower Boy Ramyun Shop. Mas, apesar disso, série Oh! Boy para mim, já deu.

Vale a pena mencionar:

  • A OST é muito boa, daquelas que quando você menos espera está a cantarolar junto com as músicas.
  • A editora de Ji Rak e Dong Hoon rendeu cenas hilárias. E seu relacionamento com Dong Hoon foi um adendo bem legal.

editora

  • O segredo envolvendo o passado de Ji Rak, mereci ter sido melhor explorado.

Para conferir:

DramaFever 

Viki

 

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Dorama aleatório

Gostou do post, então comenta!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s