Darkmouth – Os Caçadores de Lendas (Shane Hegarty)

“A família de Finn era formada por Caçadores de Lendas há tanto tempo quanto havia história a respeito deles. E, enquanto as Lendas continuassem existindo, enquanto continuassem a atacar Darkmouth, sua família seria necessária. Enquanto ele fosse o filho único do único Caçador de Lendas, Finn seria necessário. E, como seu pai seria promovido para o Conselho dos Doze, Finn seria necessário para proteger Darkmouth sozinho.” (Página 32)

Finn tem apenas 12 anos, mas já carrega nos ombros um grande legado. No passado havia vários lugares conhecidos como Vilas Flageladas, onde a barreira entre o mundo dos humanos e o Mundo Infestado, habitado pelas Lendas, era muito tênue. Ao longo dos séculos, inúmeros Caçadores de Lendas ficaram responsáveis por capturar as Lendas que vez ou outra ousaram aparecer nesses lugares. Com o passar do tempo, a situação foi se acalmando e o trabalho dos caçadores não foi mais necessário em muitos lugares. Exceto em Darkmouth, na Irlanda. Ali, ao longo dos séculos a família de Finn ficou incumbida de mantê-los longe e a tarefa nunca terminou. Agora, Finn está destinado a se tornar o último Caçador de Lendas e tomar para si a tarefa de defender Darkmouth depois que o pai se aposentar. O problema é que Finn não leva muito jeito para a tarefa (e nem tem muita vontade de ficar encarregado por ela). O fato do pai constantemente ter de socorrê-lo durante os embates com as Lendas e limpar sua barra quando ele provoca algum incidente na cidade, não contribui para ele ansiar mais por seu legado. Ter pouco apoio dos moradores de Darkmouth, que se ressentem por ali ser o único lugar onde Lendas ainda aparecem e culpam a família de Finn, e sofrer bullying diariamente na escola, é a cereja do bolo.

Um protagonista que sonha com outra profissão e com um idealismo que pode abalar os fundamentos dos Caçadores de Lendas é o que Shane Hegarty nos entrega neste que é o primeiro livro de uma série que já contra com quatro publicados. Para dar vida aos seus monstros, ou melhor dizendo, à suas Lendas, Shane usa com propriedade seres mitológicos e do legendarium popular. Além disso, todo o histórico dos Caçadores de Lendas, das Vilas Flageladas e da antiga disputa entre os seres do mundo infestado e do mundo humano é contextualizado à história que aprendemos na escola (gregos, egípcios e suas pirâmides,…) e nos livros de contos e fábulas. Shane coloca assim, seu mundo fictício ainda mais próximo do real, conquistando a atenção do leitor. Aliás, se for muito difícil imaginar alguma das Lendas que apareceram em Darkmouth, as ilustrações de James de la Rue garantem uma imersão ainda mais completa na história. Quer saber mais sobre os Caçadores de Lendas? Sem problemas. A narrativa, entremeada por excertos do Guia Conciso do Mundo dos Caçadores de Lendas fornecem informações para deixar os leitores ainda mais curiosos. Até mesmo o Brasil e seus caçadores são citados!

 

A narrativa é em primeira pessoa, primordialmente feita por Finn, mas com participações ocasionais de outros personagens, até mesmo de Lendas. E, ainda que alguns desdobramentos da trama sejam facilmente adivinhados, a narrativa leve e cativante de Shane mantém nossa atenção aos acontecimentos. Principalmente nos capítulos derradeiros, quando a narrativa é frenética. Minha única queixa é pelo final. Foi sacanagem o autor terminar a história com um baita de um cliffhanger. Este primeiro volume não tem uma conclusão que aquiete a sofreguidão dos leitores até que a publicação do próximo volume. Com muito mais perguntas que respostas, ele nos deixa é inquietos. Só espero que a Novo Conceito não demore a publicar o segundo volume por aqui. Este é daqueles livros infanto-juvenis que tem aventura na medida certa para o público a que é destinado, e para os mais grandinhos, que curtem uma leitura leve e divertida, também.

Leia uma amostra aqui:

Conheça a série Darkmouth:

Compre aqui:

Cultura Amazon Submarino Saraiva Travessa Fnac Fnac
Anúncios

2 Comentários

Arquivado em Editora Novo Conceito, Editoras Parceiras, Resenhas da Núbia

2 Respostas para “Darkmouth – Os Caçadores de Lendas (Shane Hegarty)

  1. Pingback: Resumo do Mês | Blablabla Aleatório

  2. Pingback: TAG 100% ou Retrospectiva Literária | Blablabla Aleatório

Gostou do post, então comenta!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s