Histórias de Ninar para Garotas Rebeldes 2 (Francesca Cavallo & Elena Favilli)

Elena Favilli e Francesca Cavallo (fonte –  Kickstarter)

Francesca Cavallo e Elena Favilli são co-fundadoras da empresa de mídia Timbuktu Labs com sede nos Estados Unidos. A empresa reúne empreendedores, designers, educadores e engenheiros com experiência internacional na indústria de entretenimento infantil, com o objetivo de produzir conteúdos envolventes e tecnológicos, passando pelos livros, jogos e brinquedos infantis. Histórias de Ninar para Garotas Rebeldes surgiu da vontade de produzir um material de qualidade, que fosse inspirador e empoderador e que mostrasse às garotas todo o potencial de “garota rebelde” que elas trazem consigo. O primeiro volume foi publicado via financiamento coletivo no Kickstarter. O livro que traria 100 histórias (no formato das fábulas e dos contos de fadas) de mulheres extraordinárias do passado e do presente, com ilustrações produzidas por mulheres talentosíssimas do mundo inteiro, bateu recordes de arrecadação. Cem por cento da meta de arrecadação foi atingida em apenas trinta horas e pessoas de mais de setenta países apoiaram o projeto que se tornou um sucesso de vendas em vários países. No Brasil, a V&R Editoras publicou o livro em 2017 e por aqui o sucesso também foi imediato. Agora, cem novas extraordinárias mulheres são celebradas em um segundo volume (que bem poderia se tornar uma série). Cem histórias de mulheres de todos os cantos do mundo, de vários períodos da nossa história e de todas as idades, que lutaram (e lutam) por mais espaço, que perseguiram (e ainda perseguem) seus sonhos mesmo contra todas as possibilidades, que se mostraram exímias nos campos aos quais se dedicaram e que mostraram (e mostram) por A + B que lugar de mulher é aonde ela quiser e que o gênero não deveria ser uma barreira para a escolha de uma profissão.

“Há um ano, no nosso pequeno apartamento em Los Angeles, acendemos uma chama. E ao redor dela nos reunimos para contar uma à outra diferentes tipos de histórias.

(…)

Histórias de ninar para garotas rebeldes 2 é exatamente sobre isso. É sobre as histórias que vocês nos contaram ao redor da fogueira. É sobre a bombeira norte-americana de origem tailandesa, de quem Christine nos falou em Nova York. É sobre o primeiro grupo sul-africano contra caça ilegal composto só por mulheres, de quem Rita nos falou pelo Snapchat. É sobre a piloto irlandesa que construiu seu próprio avião, de quem Aidan nos falou durante uma sessão de autógrafos.

Há quem diga que histórias não podem mudar o mundo. Nós discordamos.” (Prefácio, páginas XI e XII)

Seguindo o exemplo do primeiro volume, temos mulheres que se destacaram nas artes, na literatura, nos esportes, na política, na ciência e no ativismo e empreendedorismo. Dentre os cem nomes, só conhecia pouco mais de um quarto, o que escancara quantas mulheres foram omitidas da história e que mesmo que tenham feito contribuições significativas em seus campos de atuação tiveram uma vida de certa forma anônima. Isso reforça ainda mais a importância de livros como esse. A seleção já começa com um nome de peso (Agatha Christie) e uma bela história de persistência e autodidatismo em uma época em que as mulheres não tinham vez. Mas, também há histórias de desconhecidas que ousaram lutar para ter direito a fazerem atividades consideradas até então exclusivamente masculinas; cientistas que mesmo tendo feito importantes contribuições não receberam o merecido reconhecimento que só veio tardiamente e muitas vezes só após suas mortes; garotinhas que mesmo com pouca idade já encontraram a garra necessária para trilhar seus caminhos em áreas até então “inóspitas” às mulheres; e nossas representantes brasileiras também não foram esquecidas.

Pelo formato da obra, é claro que muita coisa sobre a vida dessas mulheres ficou de fora, mas, os principais pontos não foram esquecidos e as autoras sabiamente incluíram referências à algumas das produções dessas mulheres no texto, ficando a cargo do leitor expandir (ou não) seu horizonte de leituras. No fim, um exercício é proposto. Há um espaço para uma pequena bibliografia e outro para um retrato. Uma boa oportunidade para colocar sonhos, metas e conquistas no papel.

Cem histórias inspiradoras, acompanhadas de belas ilustrações (cinquenta ilustradoras participaram desta edição) que fizeram deste livro uma linda obra. Um ótimo livro para presentear garotas, garotos, mulheres e homens e ajudar a quebrar mais um pouquinho o machismo nosso de cada dia. E quiçá, inspirar as garotas a se tornarem protagonistas de suas próprias histórias. Já quero o primeiro volume!

 

Leia uma amostra aqui:

 

Compre aqui:

Cultura Amazon Fnac
Anúncios

2 Comentários

Arquivado em Editoras Parceiras, Resenhas da Núbia, V&R Editoras

2 Respostas para “Histórias de Ninar para Garotas Rebeldes 2 (Francesca Cavallo & Elena Favilli)

  1. Pingback: Resumo do Mês | Blablabla Aleatório

  2. Pingback: TAG 50% | Blablabla Aleatório

Gostou do post, então comenta!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s