Leia Mulheres: O Dia da Mulher e a Literatura

Apesar do blog existir há 10 anos (!) e minha vida como leitora superar em anos (e muitos) essa marca, foi apenas em 2017 que passei a me preocupar com as escolhas de leituras que fazia. Deixei de pensar apenas nos títulos e pegar obras aleatoriamente na estante para ler e pensar no social e na cadeia de produção e divulgação literária por trás das obras que chegavam até o grande público. Projetos como o #readwomen2014, traduzido para #leiamulheres no Brasil me fez enxergar toda a problemática historicamente enfrentada pelas mulheres que ousaram se aventurar no mundo dos livros, durante muitos anos elas pouco foram incentivadas e foram até mesmo proibidas de perseguirem carreiras literárias. Pouca visibilidade editorial, a grande disparidade de espaço de mercado ocupado por ambos os sexos, a prática repressora de fazerem autoras utilizarem pseudônimos masculinos ou as iniciais para serem publicadas. Uma blindagem perante os olhos do público que só fez aumentar a visão distorcida de que a literatura escrita por homens é melhor.

Tudo isso me levou a repensar meus hábitos como leitora. Eu queria mudar, queria ler mais mulheres, ler mais autoras negras, fugir do eixo Estados Unidos – Europa ao escolher novas leituras. Comecei com as postagens sobre dicas de escritoras aqui no blog (vejam algumas abaixo):

A participar de desafios literários e a colocar sistematicamente mais autoras nas minhas metas literárias, por exemplo, lendo apenas livros escritos por mulheres durante o mês de março. Ao longo do processo, tive que ler algumas barbaridades, de pessoas que não entendiam porque haviam pessoas que buscavam alcançar essa equidade de gênero nos livros que liam. Precisamos contar para essas pessoas que a construção dos personagens tem um grande papel na narrativa, quando falamos de personagens femininas que é com as quais a grande maioria dos leitores (que vejam só, em sua maioria são mulheres) irão buscar identificação, isso se torna ainda mais emblemático. Personagens femininas fortes, criadas a partir da ótica feminina, terão maiores chances de alcançar maior ressonância entre as leitoras da obra e podem ser a diferença entre termos personagens femininas hipersexualizadas ou que sejam meramente muletas para algum personagem masculino e personagens femininas que possam inspirar por suas trajetórias. E é importante nos permitir ler livros que nos permitam ter essa identificação, e no caso de leitores homens, se permitir conhecer histórias narradas sob outras óticas que não a historicamente dominante. E, apesar dos percalços, posso dizer hoje que foi uma decisão acertada ter começado tudo isso. Conheci inúmeras autoras excelentes, pude ler histórias de personagens fenomenais e meu universo de leitura expandiu-se para abarcar múltiplas histórias e inúmeras situações sociais. Hoje já não preciso tirar todo o mês de março para ler apenas mulheres, porque elas são lidas ao longo de todos o ano. Meus balanços literários dos últimos anos mostram que ou eu li quantidades similares de livros escritos por ambos os gêneros e até mesmo cheguei a ler mais mulheres que homens em alguns.

A você que está pensando em embarcar nessa nova jornada de leitura, fique com meu incentivo e a minha torcida. E o que eu posso dizer é:

  • Participe de desafios literários que te incentivem a ler livros escritos por mulheres.
  • Comece aos poucos, por exemplo, tire o mês de março para ler apenas livros escritos por mulheres.

  • Participe de clubes de leitura. No Brasil hoje temos o projeto Leia Mulheres que já conta com vários clubes de leituras espalhados pelo Brasil e que tem contribuído para colocar em destaque o trabalho de várias escritoras.
  • Peça indicações de escritoras e indique as que você leu para que mais pessoas conheçam.

  • Leia os livros que tiver vontade, não é porque ele foi escrito por um homem que você não deve ler. O objetivo nunca foi esse. A ação não é sexista e nem deveria ser, tudo o que se almeja é a equidade de gêneros.

 

Deixe um comentário

Arquivado em Leia Mulheres, Lendo aleatoriamente

Gostou do post, então comenta!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s