Editora Bússola – Sereia de Vidro

 Entendo que se você gosta de livros de mistério com personagens interessantes você deve ler primeiro as aventuras do Inspetor Montalbano em Vigata na Sicilia escritas por Andrea Camillieri; acompanhar os casos do Comissario Kostas Jaritos em Atenas escritos por Petros Markaris, as reflexões do detetive Mario Conde descritas por Leonardo Padura, ou ainda as dúvidas que sempre assolam o Inspetor-chefe Chen em Shangai nas obras de Qiu Xiaolong. Todos eles, livros extraordinários, bem escritos e agradáveis de ler.

Sei também que você pode navegar por lugares mais exóticos, como as ruas do Cairo lendo a Trilogia do Cairo de Naguib Mahfuz, a vida em Shiraz no Iran lendo Simin Daneshvar ou mesmo Alexandria na véspera da grande guerra lendo o mais que extraordinário Quarteto de Alexandria de Lawrence Durrell.

Concordo, que se você gosta de boa literatura, você deveria correr agora mesmo para a livraria e comprar os contos completos de Ernest Hemingway, Flannery O’Connor e Raymond Carver, três dos maiores escritores que o mundo já conheceu; e também a obra completa da nossa Clarice Lispector que começa a ser reconhecida por todo o mundo.

Entendo também que se você quer dar uma oportunidade aos novos autores brasileiros você deve procurar as obras de Tatiana Salem Levy, Daniel Galera e Rafael Montes. Ainda que eles não lhe ajudem a entender como é a vida em São Paulo – pois para isso você terá de ler antes Plinio Marcos, João Antônio, Marcos Rey e especialmente o Eles eram muito cavalos do Luiz Rufatto – seus livros são todos de primeira grandeza.

Mas o problema é que mesmo, lendo tudo isso, você ainda não poderá compreender como a arrogância dos jardins da zona sul convive e contrasta com a selvagem luta pela sobrevivência das ruas do centro. Para isto você terá de ler as historias da Sereia de Vidro e acompanhar a vida de personagens como Ana Pérsia, madame sadomasoquista, dona de um ponto de drogas, ao mesmo tempo mulher bela e fascinante; Carmen, travesti de meia idade que quando se deprime esquece que tem um enorme par de seios e deixa a barba crescer; Coutinho que com menos de vinte anos comanda o crime organizado na região do Centro e da Santa Cecilia; e Madre Cristina, a freira que vive enclausurada mas sabe de tudo lendo as cartas de Tarô.

O livro da Sereia de Vidro que está sendo lançado este mês com a Editora Bússola é apenas a primeira destas histórias. Depois você vai mergulhar nos Os Crimes do Maluco Beleza, segundo livro com os mesmos personagens, onde um exótico assassino decide esquartejar mendigos nas ruas da cidade e onde você conhecerá Veronica, punk, de olhos verdes e cabeça raspada por ser zen budista, que ao mesmo tempo é uma das sicárias do comando; A festa da padroeira onde travestis são assassinados na Bela Vista; Mulheres guerreiras que conta as lutas de poder que mesclam o comando do crime e as escolas de samba, ou ainda A fogueira de São João onde a ruptura de um acordo leva a um conflito geral entre o comando e a Policia Militar. Tudo isso você apenas vai conhecer se começar desde já a ler a primeira história. Entendeu agora por que você tem que ler a Sereia de Vidro? E se você quiser checar, o livro esta disponível nas grandes livrarias do Rio de Janeiro e São Paulo, e também em todo Brasil através da Amazon.com.br e dos principais sites de venda de livros, tanto em versão impressa como digital.

Compre aqui:

Cultura Submarino Saraiva Travessa Fnac
Anúncios