Arquivo da tag: bookaholic

TAG 50%

Apesar do meu ritmo de leitura estar beeeeem mais lento este, continuo achando válido responder a esta TAG e manter um registro das minhas experiências literárias do primeiro semestre.

A TAG 50% foi criada pela Chami do canal Read Like Wild Fire (IsthatChami) e traduzida pelo Victor Almeida do canal Geek Freak, mas conta com alguns adicionais.

ALGUNS NÚMEROS:

Livros Lidos: 14

Livros novos na estante: 52, isso porque tinha feito uma promessa comigo mesma de tentar comprar menos livros este ano, no primeiro trimestre funcionou, depois desandou de vez.

Livros passados adiante: 27

Gêneros literários lidos: clássicos, divulgação científica, fantasia, histórias em quadrinhos, não ficção, realismo fantástico, romance histórico, romance contemporâneo e YA (young adult).

Países lidos: li livros de oito países diferentes: Afeganistão, Brasil, Canadá, Dominica, Espanha, Estados Unidos, Itália e Reino Unido.

Autores lidos: Dentre os 14 livros, foram 14 autores (não repeti nenhum este ano ainda!): seis homens e oito mulheres.

Autores NOVOS lidos: este ano já conheci 12 autores novos, quatro homens e oito mulheres.

Releituras? Nenhuma. Continuar lendo

Anúncios

1 comentário

Arquivado em Lendo aleatoriamente, Resenhas da Núbia, TAGs

TAG 100% ou Retrospectiva Literária

Dando prosseguimento ao que comecei a fazer no ano passado, vamos deixar registrado minha Retrospectiva Literária em formato de TAG (a TAG 100%, confira as respostas do ano passado aqui), aproveitando para fazer algumas comparações entre as minhas leituras de 2017 e 2018.

Ela foi inspirada na TAG 50% que foi criada pela Chami do canal Read Like Wild Fire (IsthatChami) e traduzida pelo Victor Almeida do canal Geek Freak, mas conta com alguns adicionais. Vamos descobrir como foi o meu ano literário?

1 – ALGUNS NÚMEROS:

Livros Lidos: 40 (é, infelizmente li menos do que em 2017, vamos tentar aumentar esse número em 2019).

Livros novos na estante: 101 (consegui diminuir, mas não tanto).

Livros passados adiante: 46 (passei menos livros adiante, ainda assim consegui deixar muitos circularem e o plano é seguir assim, sempre procurando abrir espaço na estante enquanto seleciono aqueles que irei querer manter comigo por muito tempo).

Gêneros literários lidos: aventura, biografia,  contos,  divulgação científica, fantasia, ficção científica, não-ficção, poesia, realismo fantástico, romance histórico, romance contemporâneo, romance policial e romance YA. Apesar de ter lido poucos livros em comparação aos anos anteriores, consegui manter a diversidade.

Países lidos: assim como em 2017, li livros de 13 países diferentes em 2018, apesar de não ter aumentado esse número como eu queria, consegui ler novos países para o Projeto de Leitura Volta ao Mundo em 198 Livros. Os que li foram: Austrália, Bielorrússia, Brasil, Canadá, Colômbia, Estados Unidos, Japão, Nova Zelândia, Reino Unido, Romênia, Sudão, Suíça e Zimbábue.

Autores lidos: consegui deixar minhas leituras bem mais igualitárias entre livros escritos por homens e mulheres. Em 2018 foram 18 livros escritos por homens e 22 por mulheres.

Autores NOVOS lidos: este ano foram 30 autores novos, 13 homens e 17 mulheres.

Releituras? Sim. Para fechar o ano de 2018 li Harry Potter e a Câmara Secreta na edição ilustrada pelo Jim Kay. Continuar lendo

1 comentário

Arquivado em Lendo aleatoriamente, Resenhas da Núbia, TAGs

TAG Livros & blá blá blá

Enquanto as leituras da vez seguem não finalizadas (e por falar em leituras, que leitura maravilhosa está sendo a do livro da Maya Angelou – Eu sei por que o pássaro canta na gaiola), vamos de tag literária que esse blog também não pode ser deixado às moscas. Essa eu vi no blog Momentum Saga, mas ela surgiu no canal da Tatiana Feltrin.

Seguem as perguntas:

  1. Você já leu algum livro que mudou sua maneira de ver o mundo?

Mais do que mudarem minha maneira de ver o mundo, muitos livros me ensinaram a ter mais empatia, a enxergar o mundo com uma visão mais abrangente, além do meu próprio umbigo, que me ensinaram que mesmo em meio a adversidades há muito pelo que se lutar, posso citar aqui: Vozes de Tchernóbil (Svetlana Aleksiévitch), Passarinha (Kathryn Erskine), Na África Selvagem (Mark Seal), Para Poder Viver (Yeonmi Park) e Em busca de um final feliz (Katherine Boo).

  1. Você gostaria que seus diários (ou suas memórias, para quem nunca escreveu um diário) fossem transcritos em um livro e publicados?

De jeito nenhum! Me considero muito mais leitora do que escritora e será assim por um bom tempo. Continuar lendo

Deixe um comentário

Arquivado em Lendo aleatoriamente, TAGs

TAG dos Livros Clássicos

Depois de um tempinho sem responder TAGs literárias por aqui, vamos retomar desta vez falando sobre livros clássicos, histórias que seguem bastante pertinentes, praticamente atemporais e que continuam nos encantando. Vi essa no canal da JotaPluftz (vocês podem ver o vídeo dela clicando aqui), mas ela foi traduzida pela Tatiana Feltrin (clique aqui para ver o vídeo da Tati).

Seguem as perguntas:

  1. Um livro superestimado que você não gosta.

Eu não posso dizer que o livro seja realmente superestimado, mas dentre a minha lista de livros já lidos e dos que comecei a ler, mas não terminei, só restou O Pêndulo de Foucault do Umberto Eco, um livro que infelizmente não me prendeu.

  1. Época sobre a qual você mais gosta de ler.

As histórias que se passam durante os séculos 18 e 19: tramas que abordam ou tem por pano de fundo a Revolução Francesa, a Era Vitoriana, as Guerras Napoleônicas, o período abolicionista…. Também são leituras constantes os livros do período entreguerras e da Segunda Guerra Mundial. Continuar lendo

1 comentário

Arquivado em Lendo aleatoriamente, TAGs

TAG 50%

Até o ano passado, estava pouco adepta das metas e dos desafios literários. Este ano, as metas continuam flexíveis, mas acabei me envolvendo em alguns desafios literários (que já me renderam ótimas leituras). E, já que a primeira metade do ano já foi, achei legal responder a TAG 50% para manter um registro das minhas experiências literárias do primeiro semestre e quiçá estabelecer mais algumas metas para o resto do ano.

A TAG 50% foi criada pela Chami do canal Read Like Wild Fire (IsthatChami) e traduzida pelo Victor Almeida do canal Geek Freak, mas conta com alguns adicionais.

ALGUNS NÚMEROS:

Livros Lidos: 24

Livros novos na estante: 44

Livros passados adiante: 32

Gêneros literários lidos: aventura, biografia, clássicos, contos, crônicas, fantasia, ficção científica, histórias em quadrinhos, não ficção, realismo fantástico, romance histórico, romance contemporâneo, romance policial e YA (young adult).

Países lidos: li livros de 11 países diferentes, quase a quantidade total de países lidos no ano passado. Aos poucos estou conseguindo colocar mais diversidade e representatividade nas minhas leituras. Os que li foram: Austrália, Brasil, Canadá, Colômbia, Estados Unidos, Japão, Nova Zelândia, Reino Unido, Romênia, Sudão e Zimbábue.

Autores lidos: Dentre os 24 livros, foram 24 autores (não repeti nenhum este ano ainda!): nove homens e 15 mulheres.

Autores NOVOS lidos: este ano já conheci 18 autores novos, 5 homens e 13 mulheres.

Releituras? Nenhuma.

Continuar lendo

1 comentário

Arquivado em Lendo aleatoriamente, Resenhas da Núbia, TAGs

TAG – Histórias de Quintal

Esta TAG  foi criada pela Ângela do canal Ao sol, no quintal (vocês podem ver o vídeo dela clicando aqui). Já tem mais de um mês que ela publicou o vídeo da tag no canal e desde então muita gente já respondeu, eu cheguei atrasada, mas achei tão legal as perguntas que tive que responder. Então, vamos lá:

  1. Um livro triste.

Já li um bocado de livros triste, e sim, sou daquelas que choram lendo, dentre os livros mais recentes que li, posso destacar dois: Vozes de Tchernóbil (Svetlana Aleksiévitch) faz parte daquele rol de leituras angustiantes, que expõem a pequenez e escancaram a fragilidade da humanidade, mas também sua resiliência. Sobre o acidente nuclear de Tchernóbil há muito se fala, em livros, filmes, documentários, mas o registro feito por Svetlana talvez seja o retrato mais humano e empático dessa catástrofe. Todo dia a mesma noite (Daniela Arbex) traz a história da tragédia da Boate Kiss em Santa Maria – RS. Foi um livro que comecei a ler com receio de que trouxesse uma exposição exacerbada desse episódio ainda tão dolorido, mas o registro feito com muita sensibilidade e respeito pelas vítimas, mostrou-se importante frente a impunidade que até hoje perdura. É uma forma de não nos esquecermos, de não deixar que o clamor pela justiça seja sepultado. Continuar lendo

1 comentário

Arquivado em Lendo aleatoriamente, TAGs

TAG – 20 Fatos Literários Sobre Mim [Mari]

TAG_literaria

A Núbia pediu para eu responder à TAG e eu não sei dizer não para ela, então estou roubando uns minutos de sono (vou pagar por isso, mas vale a pena!) para responder.

1) Sou fã incondicional do autor
Bom, qualquer pessoa que me conhece sabe que o Bernard Cornwell é o dono da minha estante. Já comprei livro porque tinha uma frase na capa falando que ele recomendava, hihihi. Daí vem a Diana Gabaldon, autora de Outlander, uma série fan-tás-ti-ca. Desses dois, até post-it eu leria com prazer! Continuar lendo

1 comentário

Arquivado em Lendo aleatoriamente, TAGs

TAG – 20 Fatos Literários Sobre Mim [Núbia]

Vi esta TAG no canal Ao sol, no quintal (vocês podem ver o vídeo da Ângela clicando aqui). Ela foi tagueada pela Tamy do canal Literatamy. Ninguém me marcou, mas eu decidi responder porque gostei muito dos tópicos elencados.

  1. Sou fã incondicional do autor(a).

Acho que não é segredo para ninguém que sou fã de carteirinha (com direito a ter participado durante um bom tempo de um fórum dedicado a ele) do J.R.R. Tolkien. O Bernard Cornwell é outro autor que virei fã depois de ter lido sua trilogia sobre o Rei Artur e do qual gosto cada vez mais a cada livro dele que leio. Posso dizer o mesmo sobre a Svetlana Aleksiévitch, cada livro dessa mulher é um soco no estômago e uma lição de humanidade. Continuar lendo

3 Comentários

Arquivado em Lendo aleatoriamente, TAGs

TAG – De A a Z

Vi esta TAG no canal da Tatiana Feltrin (vocês podem ver o vídeo da Tati clicando aqui), que viu no canal da lia O livro (veja o vídeo). Ela foi adaptada a partir de uma tag publicada em um blog gringo (o The Perpetual Page Turner), e apesar de ser antiguinha e muita gente já ter respondido, achei legal trazê-la aqui para o blog também. Continuar lendo

1 comentário

Arquivado em Lendo aleatoriamente, TAGs

TAG – Sua Vida em Livros

Achei esta TAG assistindo aos vídeos antigos do canal da Tatiana Feltrin. Ela traduziu de um canal da gringa (infelizmente o vídeo original não está mais disponível no Youtube) e o vídeo original da Tati vocês podem ver clicando aqui. É bem antiguinha, mas tem umas perguntas interessantes e achei que seria legal respondê-las. Vamos lá. Continuar lendo

1 comentário

Arquivado em Lendo aleatoriamente, TAGs