Arquivo da tag: conto

O Guarda (Kiera Cass)

o guarda

“Os laços que nos ligavam ainda estavam lá. Talvez frouxos pelo desgaste da Seleção, mas ainda presos.

‘Me diga que vai esperar por mim’, eu implorava.

Ela não respondeu, mas não perdi a esperança.

Não até ele aparecer, caminhando na direção dela, exalando charme, riqueza e poder. Estava acabado. Eu tinha perdido.”

 

A exemplo do espaço que foi dedicado à Maxon no conto O Príncipe, Kiera também reservou um espaço para Aspen nos mostrar um pouco do seu ponto de vista sobre o processo da Seleção e a perda “gradativa” de América.

Sendo bem sincera, com seu segundo livro da trilogia, Kiera conseguiu me decepcionar ao ponto de eu pegar birra por alguns personagens. As expectativas após ler A Seleção foram tão grandes, e o lenga-lenga em A Elite tão arrastado, que só decidi continuar acompanhando a série porque já tinha ido tão longe que tinha que saber como iria terminar. E, como já havia lido o conto de Maxon, resolvi arriscar no do Aspen também.

Diferentemente do conto de Maxon que se focou muito mais nos eventos pré-Seleção. A história de Aspen tem o ponto positivo (e único) de trazer ao nosso conhecimento o que A Elite falhou miseravelmente em transmitir. Mais informações sobre a política do Rei Clarkson e a atuação dos rebeldes. O conto funciona bem como uma ligação entre A Elite e o volume final da trilogia, mas não nos deixa no afã para iniciar logo a leitura de A Escolha.

A Editora Seguinte disponibilizou gratuitamente o e-book, que pode ser obtido nas principais lojas virtuais: [Amazon][Google Play][Kobo][Saraiva].

 

1 comentário

Arquivado em Resenhas da Núbia

Fragmenta-me (Tahereh Mafi)

Atenção, esta resenha trata dos acontecimentos ocorridos entre o segundo e o terceiro livro da trilogia Estilhaça-me e pode haver spoilers sobre fatos do livro anterior. Para saber o que eu achei dos livros anteriores, confira os links no final desta resenha. 

fragmenta-me

Assim como Destrua-me serviu de ponte para os acontecimentos narrados nos dois primeiros livros da trilogia de Mafi, agora cabe a Fragmenta-me preparar o terreno para os acontecimentos derradeiros envolvendo a luta dos rebeldes do Ponto Ômega contra o Restabelecimento. 

“O simples fato de ver o rosto dela ainda faz meu peito doer, mas a verdade é que eu não tenho mais ideia do que está acontecendo entre nós. Prometi a ela que encontraria uma maneira de passarmos por isto – e tenho treinado como um condenado, como sempre fiz -, mas, depois da noite passada, não vou mentir: estou um pouco apavorado. Tocar nela é mais sério do que já pensei. ”

Continuar lendo

1 comentário

Arquivado em Editora Novo Conceito, Editoras Parceiras, Resenhas da Núbia

O Príncipe (Kiera Cass)

o princípe

“Repeti mentalmente suas palavras. Todo esse tempo eu pensei que a escolha seria feita pelo acaso ou então pelo destino… E era apenas o meu pai.”

O Príncipe traz o ponto de vista de Maxon e mostra o outro lado da vida no castelo. O lado regido com mãos de ferro por seu pai, que lhe exige subordinação total, sem nenhuma oportunidade de ter e de defender suas próprias opiniões e sem a existência de uma relação mais estreita entre pai e filho, tão almejada pelo príncipe.

A história começa no aniversário de 19 anos de Maxon, momento a partir do qual ele pode participar da organização do evento que irá escolher sua futura noiva e rainha de Illéa. Na festa, conhecemos Daphne, filha do rei da França e amiga de infância de Maxon. A garota não quer que ele aceite a Seleção. Ao que parece o afeto dela pelo rapaz é mais profundo que o dele por ela, o que acabou me surpreendendo porque lendo a sinopse do conto eu imaginava que seria justamente o contrário e que esse amor não correspondido seria a trama central da história narrada no conto. Daphne serve mais como um banho de água fria que acorda Maxon para os interesses Reais na Seleção, evento que antes ele julgava idôneo, mas que cada vez mais se mostra como a oportunidade do rei atingir seus interesses. Continuar lendo

2 Comentários

Arquivado em Resenhas da Núbia

A Cor que Caiu do Espaço (H.P. Lovecraft)

Quem nunca ouviu falar da criatura fantástica Cthulhu ou de livros como O Sussurro das Trevas e O Chamado de Cthulhu? Bem até pouco tempo atrás eu não conhecia, o Cthulhu ainda preciso conhecer, só sabia que eram contos escritos por H.P. Lovecraft e, apesar de sempre ouvir falarem muito bem de sua obra, sua produção literária continuava uma incógnita para mim. Decidida a sanar esta falta comprei o volume de A Cor que Caiu do Espaço, publicado pela Hedra. Não sei se essa seria a obra recomendada pera iniciar-me pelos caminhos lovecraftinianos, mas confesso que o Espaço no título chamou minha atenção. Continuar lendo

1 comentário

Arquivado em Lendo aleatoriamente, Resenhas da Núbia

Meme #12- Um conto

Décimo segundo dia da meme de setembro. Tema: Um conto

Nossa, acho que não tem nada mais difícil pra mim do que escolher um conto. Não sou muito chegada no gênero, já que gosto de histórias que permitem que eu conheça melhor as personagens, então não conheço muitos… Tanto que só lembro de ter lido alguns na vida, durante as aulas de redação na sétima série. Para este post, escolhi um dos contos que eu mais gostei de ter lido, e que não conheci nas aulas de redação! Continuar lendo

5 Comentários

Arquivado em Nerdices aleatórias