Arquivo da tag: Cristian Clemente (tradução)

A Escolha (Kiera Cass)

Atenção, esta resenha trata dos acontecimentos ocorridos no terceiro e último livro da trilogia A Seleção e pode haver spoilers sobre fatos dos livros anteriores. Para saber o que eu achei dos outros livros, confira os links no final desta resenha.

a escolha

“Estava com raiva de Maxon, com raiva de seu pai, com raiva da Seleção e de tudo que vinha junto. Uma imensa frustração apertava meu peito, nada mais parecia fazer sentido e eu queria muito falar com as garotas sobre o que estava acontecendo.” Página 230.

A Escolha, volume final da trilogia iniciada com A Seleção, já chega com uma sinopse que só serve para confirmar que mesmo com todo o mimimi insuportável da América, a escolha já estava feita há muito tempo. A verdade é que a trilogia perdeu boa parte de seu encanto a partir do segundo livro. Fiquei esperando um aprofundamento nas questões políticas e sociais de Illéa que não veio e tive que aturar uma América indecisa ao extremo e um Maxon com atitudes desconcertantes e que não condiziam com o personagem que nos foi previamente apresentado. Então, comecei a leitura deste último volume sem esperar muita coisa, o que fez os acertos da Kiera renderem boas surpresas. Continuar lendo

1 comentário

Arquivado em Resenhas da Núbia

O Guarda (Kiera Cass)

o guarda

“Os laços que nos ligavam ainda estavam lá. Talvez frouxos pelo desgaste da Seleção, mas ainda presos.

‘Me diga que vai esperar por mim’, eu implorava.

Ela não respondeu, mas não perdi a esperança.

Não até ele aparecer, caminhando na direção dela, exalando charme, riqueza e poder. Estava acabado. Eu tinha perdido.”

 

A exemplo do espaço que foi dedicado à Maxon no conto O Príncipe, Kiera também reservou um espaço para Aspen nos mostrar um pouco do seu ponto de vista sobre o processo da Seleção e a perda “gradativa” de América.

Sendo bem sincera, com seu segundo livro da trilogia, Kiera conseguiu me decepcionar ao ponto de eu pegar birra por alguns personagens. As expectativas após ler A Seleção foram tão grandes, e o lenga-lenga em A Elite tão arrastado, que só decidi continuar acompanhando a série porque já tinha ido tão longe que tinha que saber como iria terminar. E, como já havia lido o conto de Maxon, resolvi arriscar no do Aspen também.

Diferentemente do conto de Maxon que se focou muito mais nos eventos pré-Seleção. A história de Aspen tem o ponto positivo (e único) de trazer ao nosso conhecimento o que A Elite falhou miseravelmente em transmitir. Mais informações sobre a política do Rei Clarkson e a atuação dos rebeldes. O conto funciona bem como uma ligação entre A Elite e o volume final da trilogia, mas não nos deixa no afã para iniciar logo a leitura de A Escolha.

A Editora Seguinte disponibilizou gratuitamente o e-book, que pode ser obtido nas principais lojas virtuais: [Amazon][Google Play][Kobo][Saraiva].

 

1 comentário

Arquivado em Resenhas da Núbia