Arquivo da tag: Editora Relume Dumará

Leia Mulheres: escritoras de não-ficção que vale a pena conhecer

Com o Dia Internacional da Mulher se aproximando, nada mais justo do que lembrar a data colocando em evidência as mulheres que fazem do mundo das palavras suas profissões. O título deste post faz referência ao projeto #readwomen2014 (adotado no Brasil como #leiamulheres2014) proposto pela escritora Joanna Walsh e que propunha que todos lessem mais mulheres, as quais historicamente sempre tiveram menos visibilidade no mercado editorial. Houve um grande engajamento no ano de 2014 e até hoje ele rende frutos. No Brasil hoje temos o projeto Leia Mulheres que já conta com vários clubes de leituras espalhados pelo Brasil e que tem contribuído para colocar em destaque o trabalho de várias escritoras. A minha contribuição de formiguinha aqui é apresentar cinco escritoras de não-ficção que me proporcionaram ótimas leituras, algumas extraordinárias, e, que eu gostaria que cada vez mais tivessem suas obras conhecidas e lidas por mais pessoas.

A ordem de apresentação das autoras é aleatória.

677px-swetlana_alexijewitsch_2013

Foto de Elke Wetzig

Era inconcebível eu fazer essa lista e deixar de fora a bielorussa Svetlana Aleksiévitch laureada em 2015 com o Prêmio Nobel de Literatura pelo livro Vozes de Tchernóbil, uma leitura sofrida e angustiante, mas de uma sensibilidade e um compromisso com o povo de Tchernóbil imensos. O livro faz jus a todo o burburinho que causou na época de seu lançamento aqui no Brasil e se você ainda não leu se permita ter essa experiência. Dela a Companhia das Letras também já publicou outros dois livros: “A guerra não tem rosto de mulher” e “O fim do homem soviético”. O primeiro traz o relato da Segunda Guerra Mundial do ponto de vista das mulheres que longe de ficarem na retaguarda, estiveram na linha de frente das batalhas. Uma leitura com um grande enfoque feminino e que já está na pilha de livros para ler ainda este ano. Continuar lendo

Anúncios

2 Comentários

Arquivado em Leia Mulheres, Lendo aleatoriamente

Um Autor de Quinta #99

Coluna inspirada no Uma Estante de Quinta da Mi Muller do Bibliophile .

Cecelia Ahern 3

Cecelia Ahern

Cecelia nasceu em Dublin, capital da Irlanda, em 30 de setembro de 1981. Ela é filha do ex-primeiro-ministro da Irlanda, Bertie Ahern. Ela é formada em Jornalismo e Comunicação Social pelo Griffith College Dublin.

Em 2000, Cecelia participou de um grupo pop irlandês, o Shimma. O grupo terminou em terceiro lugar na etapa que selecionou o representante irlandês para seguir disputa no Eurovision Song Contest.

Aos 21 anos, em 2002, Cecelia escreveu seu primeiro romance. P.S. Eu Te Amo só foi publicado em 2004, mas logo se tornou um best-seller na Irlanda, Reino Unido, Estados Unidos, Alemanha e Holanda. Sendo traduzido e publicado em mais de quarenta países. Seu segundo livro (Where Rainbows End) também foi publicado em 2004 e seguindo o exemplo do antecessor também foi um sucesso de vendas. Ele também ganhou o German CORINE Award em 2005. Continuar lendo

Deixe um comentário

Arquivado em Um Autor de Quinta