Arquivo da tag: Editora Seguinte

A Elite (Kiera Cass)

Atenção, esta resenha trata dos acontecimentos do segundo livro da trilogia A Seleção e pode haver spoilers (evitados ao máximo) sobre fatos do livro anterior. Para saber o que eu achei do primeiro livro, confira os links no final desta resenha.

a_elite_capa

“Tempo. Eu vinha pedindo muito tempo ultimamente.

Tenho a esperança de que se tivesse tempo suficiente, tudo ia se resolver.”

Restaram só seis garotas na disputa pelo coração de Maxon. O fim da disputa está cada vez mais próximo, mas as dúvidas são cada vez maiores. America está com o coração dividido entre Aspen e antiga vida que ele representa e Maxon, talvez até pendesse mais para este último se o fato de aceitá-lo não implicasse em aceitar uma coroa que ela não tem certeza se é o que quer realmente. Maxon por sua vez notando a indecisão da amada (se é que isso é desculpa, eu acho que não) começa a colocar as asinhas para fora e experimentar tudo o que a Seleção pode lhe oferecer, o que é bom frisar, é bastante incongruente com tudo o que conhecemos do personagem até aqui (principalmente depois da leitura de O Príncipe). Aspen continua Aspen, não é preciso dizer mais nada. Continuar lendo

1 comentário

Arquivado em Resenhas da Núbia

O Príncipe (Kiera Cass)

o princípe

“Repeti mentalmente suas palavras. Todo esse tempo eu pensei que a escolha seria feita pelo acaso ou então pelo destino… E era apenas o meu pai.”

O Príncipe traz o ponto de vista de Maxon e mostra o outro lado da vida no castelo. O lado regido com mãos de ferro por seu pai, que lhe exige subordinação total, sem nenhuma oportunidade de ter e de defender suas próprias opiniões e sem a existência de uma relação mais estreita entre pai e filho, tão almejada pelo príncipe.

A história começa no aniversário de 19 anos de Maxon, momento a partir do qual ele pode participar da organização do evento que irá escolher sua futura noiva e rainha de Illéa. Na festa, conhecemos Daphne, filha do rei da França e amiga de infância de Maxon. A garota não quer que ele aceite a Seleção. Ao que parece o afeto dela pelo rapaz é mais profundo que o dele por ela, o que acabou me surpreendendo porque lendo a sinopse do conto eu imaginava que seria justamente o contrário e que esse amor não correspondido seria a trama central da história narrada no conto. Daphne serve mais como um banho de água fria que acorda Maxon para os interesses Reais na Seleção, evento que antes ele julgava idôneo, mas que cada vez mais se mostra como a oportunidade do rei atingir seus interesses. Continuar lendo

2 Comentários

Arquivado em Resenhas da Núbia

Um Autor de Quinta #72

Coluna inspirada no Uma Estante de Quinta  da Mi Muller do Bibliophile. Pretendemos toda quinta-feira trazer informações, curiosidades e algumas dicas de leituras e afins sobre algum(a) autor(a).

CassKiera-ap1-c

Kiera Cass

Kiera nasceu em 19 de maio de 1983 (achei em alguns lugares 1981 e como no site da autora ela só diz que é uma orgulhosa criança dos anos 80 prefiro correr o risco de diminuir a aumenta a idade) na Carolina do Sul, EUA. Durante o ensino médio ela foi uma dançarina experiente, um obstinado lustre no teatro e participou de um coral de câmera que tirou o terceiro lugar em uma competição nacional. Sua grande ambição nessa época era o teatro e chegou a ir para a Coastal Carolina University fazer um curso de teatro musical. Poderia ter permanecido na Carolina, se ela não tivesse decidido seguir um certo garoto e acabado em uma nova universidade e um novo estado, o que Kiera classifica como sendo um fantástico erro. Ela acabou na Radford University onde optou por especializar-se em Música, depois Comunicação e então, História que acabou sendo sua escolha final, para poder terminar o curso logo e poder voltar para casa. O que nunca chegou a acontecer já que acabou permanecendo na Virgínia (em Blacksburg) depois de se casar com o Sr. Cass, onde vive até hoje com ele e os dois filhos.

Para enfrentar um momento difícil em 2007, ela decidiu escrever uma história na qual sua personagem tivesse que lidar com seus problemas. A história acabou não sendo terminada, pois a ideia do que viria a se tornar seu primeiro romance (The Siren) tomou conta da sua cabeça. Romance este que ela publicou de forma independente em 2009.

“Once I started writing, I felt like an idiot. How had I not known I loved this all along? Seriously. Dancing, singing, acting, history… it’s all just story telling. And I love it.”

(Kiera Cass)

A Seleção, o romance que alavancou sua carreira e tornou-a conhecida para o mundo foi finalizado em 2010 e publicado pela HarperTeen em 2012. Continuar lendo

Deixe um comentário

Arquivado em Um Autor de Quinta

A Seleção (Kiera Cass)

A Seleção

Em um futuro (sei lá quão distante) os EUA deixaram de existir como o conhecemos hoje. Na última grande guerra o país foi derrotado e ficou sob o poder da China durante muito tempo, até que revoluções conseguiram restaurar um pouco de sua soberania. Foi assim que surgiu Illéa. Desta vez sob um regime monárquico, com a sociedade dividida em um sistema de castas para lá de incongruente e com mobilidade social praticamente nula, tirando algumas raras oportunidades, bastante dificultadas pela burocracia, como o serviço ao exército e o casamento. E com o príncipe chegando à maioridade é chegada a hora da Seleção, o evento televisionado para todo país e que representa a oportunidade de qualquer garota libertar-se das amarras de sua condição social e ser alçada a um novo mundo de joias e vestidos ao lado do príncipe Maxon, como futura rainha de Illéa. É essa oportunidade que a mãe de America quer agarrar com unhas e dentes, só que a garota não está nem um pouco animada com a ideia.

America Singer, ou Meri, é uma artista da casta cinco e vê nessa oportunidade sua separação de Aspen, o rapaz por quem é apaixonada e que é de uma casta inferior a sua, e seu confinamento em um palácio que vive sob constantes ataques dos rebeldes. Ela não tinha a intenção de participar da seleção, mesmo que para isso tivesse que vencer uma verdadeira batalha contra sua mãe.  Mas, quando o pedido parte de Aspen, que parece não estar preparado para levar um relacionamento mais sério com alguém de uma casta superior a sua, ela se inscreve e acaba sendo uma das 35 selecionadas para a disputa pelo coração do príncipe. Continuar lendo

4 Comentários

Arquivado em Resenhas da Núbia