Arquivo da tag: G. Willow Wilson (roteirista)

Leia Mulheres: escritoras de ficção e mulheres no controle da própria história

Uma livraria em Cleveland costuma fazer uma ação interessante durante as duas primeiras semanas do mês de março. O experimento intitulado “Illustrating the Gender Gap in Fiction” consiste em virar as lombadas de todos os livros escritos por homens para esconder suas obras e colocar em evidência as obras escritas por mulheres. O que acaba evidenciando também a grande disparidade de espaço do mercado ocupado por ambos os sexos. Durante séculos as mulheres foram pouco incentivadas e muitas vezes impedidas de perseguirem carreiras literárias e ainda que hoje elas tenham mais espaço é inegável que os autores homens ainda têm predominância no mundo literário. E não são porque os livros escritos por mulheres são ruins não, na maioria das vezes é por falta de abertura de mercado e investimento em propaganda. Todo fã de Harry Potter sabe que a Rowling foi aconselhada por um editor a utilizar apenas as iniciais do seu nome porque garotos não leriam um livro escrito por mulher! Aliás, a utilização de pseudônimos masculinos ou a utilização das iniciais foi e ainda continua sendo uma prática recorrente entre as mulheres para poderem publicar suas obras: as irmãs Brontë e a escritora de romances policiais P.D. James são bons exemplos disso. A ação que alguns podem entender como ação sexista, na visão da livreira é só uma pequena forma de retribuir todos esses anos que as mulheres tiveram de permanecer blindadas aos olhos do público. O exercício também provoca a reflexão sobre nossos hábitos como leitores e sobre as nossas estantes e quem sabe nos levará a aumentar os espaços em nossas prateleiras dedicados a elas.   Continuar lendo

Deixe um comentário

Arquivado em Leia Mulheres, Lendo aleatoriamente

Ms. Marvel – Nada Normal (Wilson & Alphona)

ms_marvel_nadanormalcapa

Paquistanesa. Mulçumana. Adolescente. Mulher. Kamala Khan é uma garota comum de New Jersey, com um traço de rebeldia contra as restrições de sua cultura familiar. Historicamente Kamala é expoente de todos os elementos que a deixam à margem da sociedade americana (e há personagens para nos lembrar disso), mas quis a roteirista G. Willow Wilson (acertadamente) garantir o protagonismo à uma personagem que de outra forma estaria renegada aos papeis secundários.

ms_marvel_alphona_concept_art

Com muitas referências aos Vingadores, dos quais Kamala é praticamente presidente do fã-clube, e uma providencial bomba terrígena, Wilson e Adrian Alphona (responsável pelos desenhos) nos apresentam a novíssima Miss Marvel. Uma garota sem papas na língua, destemida, com todas as suas inseguranças de adolescente e que agora precisa lidar com seus novos poderes, e com a imagem de heroína que ela acha que deve e a que ela precisa mostrar para a sociedade e para si mesma. Continuar lendo

1 comentário

Arquivado em Lendo aleatoriamente, Resenhas da Núbia