Arquivo da tag: Harry Potter

Harry Potter: e a saga termina novamente

Porque a primeira vez que Harry Potter terminou foi em 21 de julho de 2007 com o lançamento do sétimo livro The Deathly Hallows (As Relíquias da Morte). Esta semana, mais precisamente no dia 15, o último filme da série vai às telas de cinema de todo o mundo (ok, algumas pessoas sortudas vão poder ver antes, mas a estréia é sexta). E com este filme, a saga do bruxinho mais famoso do mundo acaba pela segunda vez.

E eu já estou chorando. Não que eu seja SUPER fã dos filmes, já que acho que a troca de diretores fez com que a cara deles mudasse muito de um para outro, mas não deixam de ser o mundo de Harry Potter, então eu sempre fiz questão de assistir.

Quem acompanha a série desde o começo, em 1997, tem catorze anos de história. Teve Harry, Rony e Hermione e suas aventuras por 13 anos da vida. Eu só comecei a ler em 2000 (leia mais sobre minha história com os livros aqui), quando eu tinha 11 anos e ainda tinha esperança de que a minha carta para Hogwarts chegasse pelo correio. Mas ainda assim: são onze anos com Harry. Considerando que eu tenho, hoje, 22, posso dizer que Harry Potter fez parte de metade da minha vida. E isso é marcante.

Então eu sei que sexta-feira eu vou chorar que nem um bebe. Não só porque o filme é emocionante e eu choro litros nos filmes da série, mas porque é o último, é o fim. E eu realmente odeio finais, mesmo que sejam felizes. Sei que vou chorar mesmo antes do filme começar – eu fiz isso quando fui ver O Retorno do Rei (antes de sonhar que fariam um Hobbit) e eu conhecia a trilogia do Anel fazia 3 anos, pouco mais de um quarto do tempo que Harry Potter faz parte da minha vida.

Eu estou ansiosa? Estou, claro. Mas estou triste demais. É como se uma parte de quem eu sou estivesse me deixando, como se amigos que eu conheço a minha vida toda estivessem morrendo, porque tudo que vai restar são lembranças (lindas, ótimas e perfeitas). E os livros, que eu pretendo reler assim que possível.

Ainda assim, não poderia deixar de ver o filme. Sexta-feira estarei lá, meio que quase pronta para esse final.

E sim, eu chorei escrevendo este post.

Post escrito com a trilha sonora do primeiro filme ao fundo.

Anúncios

17 Comentários

Arquivado em Simplesmente aleatório

Pottermore

Semana passada, a autora da série infanto-juvenil mais famosa do mundo, J. K. Rowling, disse que revelaria em alguns dias uma novidade para seus fãs chamada Pottermore. Se entrássemos no site, tudo que veríamos eram duas corujas que escondiam links para um vídeo no Youtube que mostrava uma contagem regressiva para HOJE. Finalmente sabemos (kinda) do que se trata o Pottermore.

No vídeo abaixo, Jo agradece a seus fãs por serem tão fieis a seus livros e às personagens criadas por ela, e também explica o que vamos ter em Pottermore.

Continuar lendo

10 Comentários

Arquivado em Felicidades aleatórias

Compulsividade – Parte 2.0

Gente, o que é esse Submarino tentando me levar à falência?! Eu já tenho um milhão de livros pra ler, mas os preços baixos só ajudam a compulsividade!

No total, são 100 livros por R$9,90… incluindo Bento (André Vianco) que é, até onde me recordo, o único dos livros dele que eu quero ter e ainda não tenho (não faço questão de ter A Casa, Sementes no Gelo e afins, já li e ficarei nisso…), e a coleção com todos os livros do brasileiro.

Outro que me tenta é Morto Até Amanhecer, da Charlaine Harris, já que adoro True Blood e adoro ler os livros que originam as coisas de que gosto.

Além dos dois, toda a série Harry Potter por R$59,90.  Tem também Nárnia, volume único por R$14,90. Minha sorte é que estes eu tenho. UFA!

Agora a pior tentação deste universo é a coleção completa da Anne Rice. São 13 livros por R$199,90, sendo que os livros individualmente estão por R$19,90. Ou seja, é um Leve 13 pague 10. Tentei ler Entrevista com o Vampiro em 2004, mas não consegui me entender bem com o Lestat. Mas isso faz 6 anos, então eu gostaria de tentar novamente, mas não sei. São duzentos reais! Vale mais a pena comprar a série toda ao invés de comprar os livros separados. E acho as capas novas puro luxo.

O que vocês fariam no meu lugar?! Compro a série ou não? Se eu comprar, levo o Bento e o Morto até o Amanhecer? ME AJUDEM! Ah, coloquem na equação que eu vou pra Bienal no sábado e quando fui na sexta, trouxe cinco livros pra casa

Atenção! Esses preços promocionais podem mudar com o tempo!!

16 Comentários

Arquivado em Lendo aleatoriamente

Emoções

Esses dias me perguntaram o que me deixa emocionada. E eu respondi: tanta coisa!

E resolvi responder à pergunta de modo mais completo. Consegui pensar em quatro coisas que me deixam num estado de felicidade tão elevado, que eu me perco de tanta alegria. Elas estão, não em ordem de importância, mas na ordem em que vieram à minha mente: Continuar lendo

10 Comentários

Arquivado em Felicidades aleatórias

Harry Potter

Pra mim parece óbvio que todo mundo vai postar algo de Harry Potter hoje, já que ele faz 30 anos (velho ne?). Mas eu não poderia evitar. Harry Potter foi um marco na minha vida. Mais que O Senhor dos Anéis, Harry Potter foi quem abriu as portas para minhas amizades online e foi o primeiro passo para a Feanari existir.

Minha edição era assim. O nome ainda não era estilizado

1999. Foi neste ano, mais ou menos em setembro ou outubro que eu estava assistindo televisão como quem não quer nada, e meu pai chegou com um livro que ele comprou no Carrefour. Ele disse que tava começando a fazer sucesso entre pessoas da minha idade (eu tinha 10 anos na época) e comprou pra eu ler. Admito que tive muito preconceito, afinal, o meu pai comprou num supermercado, mas eu era uma menininha obediente e li… em quatro horas. Devorei aquele livro. Foi a primeira vez na minha vida que eu me senti tão enfeitiçada por uma história, por suas personagens, seu universo. Eu me sentia a Hermione (e que menina não queria ser ela?!)
Lembro de obrigar meu irmão mais novo a ler, e ele gostou, mas não ficou viciadinho que nem eu. Não sentiu a magia sair do livro e entrar no corpo dele. Continuar lendo

35 Comentários

Arquivado em Lendo aleatoriamente