Arquivo da tag: livro

Meme Literário 2011 – Dia 27

 

Dia 27 – Você costuma fazer anotações enquanto lê? Se sim, onde? A ideia de fazer anotações no próprio livro lhe assusta?

 

 

Sim, a ideia de fazer anotações em um livro me assusta o meu desprendimento em relação à escritas em livros se reduz à colocar o nome e a data de aquisição na folha de rosto.  Porém, gosto de fazer anotações durante a leitura e para isso sempre tenho em mãos um caderninho, nele anoto fatos importantes da trama, quotes de passagens que gosto e questionamentos e/ou “epifanias” que surgem durante a leitura. É um hábito que gosto de cultivar, torna minhas leituras mais aprofundadas e de quebra ainda me ajuda na hora de escrever as resenhas.

 

2 Comentários

Arquivado em Lendo aleatoriamente

Meme Literário 2011 – Dia 11

 

 

Dia 11 – Cite um livro que fez você rir. Fale um pouco sobre ele.

 

 

Não me lembro de um livro que só tenha me feito rir, costumo gargalhar e chorar (não na mesma proporção) em um mesmo livro. Este que vou falar aqui é um desses casos, chorei e ri lendo O Grande Mentecapto de Fernando Sabino, mas, apesar das cenas tristes terem sido chocantes e dramáticas ela foram pautadas por vários momentos hilariantes. Como não gargalhar quando um cano de ventilação é usado como latrina e uma festa da sociedade é interrompida porque literalmente jogaram merda no ventilador? Ou quando um interno de um hospício acaba candidato à prefeito? Sempre falo que este livro é uma montanha russa de emoções, com cumes de alegria entremeados com fossos de tristeza,  o bom é que os cumes são mais constantes.

Sinopse: Fernando Sabino começou a escrever este livro em 1946, aos 23 anos, como uma distração para a obsessão literária que então o sufocava. Dez anos mais tarde, preocupações de outra ordem levaram-no a escrever o romance ‘O encontro marcado’, que tanto sucesso alcançou, com sucessivas edições até os dias de hoje – além das crônicas, contos e novelas com que conquistou seu numeroso público desde então. Um dia, já em 1979, remexendo velhos papéis, encontrou algumas folhas amareladas pelo tempo, com o princípio da história do grande mentecapto Viramundo. Como um desafio, decidiu retomá-la e, em 18 dias de trabalho contínuo e ininterrupto noite adentro, deu por terminado o romance iniciado 33 anos antes. A sua impressão é a de que teve o livro dentro de si durante todo esse tempo, ansiando por sair. O certo é que nele reencontrou a sua vocação de romancista. Tamanho esforço redundou numa obra a um tempo hilariante e dramática, cuja ação, circunscrita a Minas Gerais, adquire uma dimensão universal, remontando às origens franco-ibéricas do romance picaresco medieval.

1 comentário

Arquivado em Lendo aleatoriamente

Shadowland – Alyson Noël

Atenção, este post trata do terceiro volume da série Os Imortais, de Alyson Noël, e pode conter spoilers do enredo dos livros anteriores.

No segundo livro da série, Blue Moon, Ever foi enganada e não pode tocar Damen, ou ele morrerá. Quando lhe conta, Damen encara isso como o karma se vingando dele, enquanto Ever quer apenas descobrir um meio de reverter a situação.

Some a isto o fato de que Sabine decidiu que quer que Ever estagie durante o verão na firma de advogados em que trabalha, o que é basicamente a última coisa que Ever quer. Assim, a jovem promete encontrar um emprego para as férias de verão, o que ela encontra no último lugar que esperava: a livraria esotérica em que Ava trabalhava.

Continuar lendo

3 Comentários

Arquivado em Lendo aleatoriamente, Resenhas da Feanari

Fica a dica

Se tem uma coisa que eu odeio é dar presente. Quero dizer, adoro dar presente, odeio comprar. Nunca sei o que dar, então fico sempre no que é seguro pra mim: esmalte e livro. Posso me gabar que nunca, até hoje, dei (ou recomendei) um livro e a pessoa não tivesse gostado. Eu sei que não são todos que são assim, então vou dar uma dica agora de presente para você dar Continuar lendo

10 Comentários

Arquivado em Nerdices aleatórias

Julgue o livro pela capa…

…só não a deixe te impedir de ler!

Se tem uma coisa que eu faço é comprar livro pela capa. E, às vezes, sem nem ler do que se trata… E desde 2002 eu não me arrependo. Saber escolher o livro pela capa é uma arte, mas isso não justifica NÃO ler um livro porque a capa não é bonita. =P

Certo dia, em 2002, eu fui almoçar com minha mãe e meu irmão no shopping em Jundiaí, e passei na finada Livraria Siciliano. Um livro de capa verde com o título escrito em branco meio em alto relevo dominou minha atenção e eu fui pedir pra minha mãe me dar minha mesada para que eu pudesse comprar (eu ganhava tanto naquela época, que gastei TUDO naquele livro hahaha).

Continuar lendo

8 Comentários

Arquivado em Lendo aleatoriamente

Meme #14- Um livro não-ficcional

Décimo quarto dia da meme de setembro. Tema: Um livro não-ficcional.

Diferentemente do conto e do livro de ficção, foi fácil pensar em um livro não-ficcional. Assim como o conto, eu li poucos, mas a química em mim fez este ser o primeiro livro de não-ficção a vir à mente quando li o tema do meme. Fácil assim? É, facinho. Continuar lendo

6 Comentários

Arquivado em Nerdices aleatórias

Meme #13- Um livro de ficção

Décimo terceiro dia da meme de setembro. Tema: Um livro de ficção.

Acho que este é o meme mais difícil de todos. Tudo bem que já escolhi música, filme, e até livro, mas um de ficção… Tudo bem que é meu gênero literário favorito, mas escolher um dentre todos que já li e que ainda não falei aqui, acho mais difícil! Afinal, já falei de Diana Gabaldon (aqui e aqui), Bernard Cornwell (aqui e aqui), Conn Iggulden (aqui), Philippa Gregory (aqui e aqui)… Até de livro de menininha eu já falei… Fico limitada assim ne?

Mas reuni minha coragem e, depois de um pouco de auto-promoção, lembrei-me de uma série de livros de ficção que eu devorei este ano. E sobre a qual não falei em lugar algum! Continuar lendo

11 Comentários

Arquivado em Nerdices aleatórias

Promoção – Jane Austen – A vampira

Clique para ir para a página da promoção

Continuar lendo

Deixe um comentário

Arquivado em Promoção