Arquivo da tag: livros comprados

Saturday Rehab #53

THEY TRIED TO MAKE ME GO TO REHAB BUT I SAID ‘NO, NO, NO’
TOTALMENTE BASEADA NO WEDNESDAY REHAB DA LÍVIA DO WISHING A BOOK, VIM AQUI ME COMPROMETER A DIMINUIR AS COMPRAS DE LIVROS. PELO MENOS ATÉ EU DIMINUIR BASTANTE A PILHA DE LIVROS “PARA LER”.

Semana passada não teve post porque foi Bienal do Livro em SP e eu precisava ir. Conheci a Núbia, finalmente, e comprei livros… Uh-oh né? Bom, no primeiro dia (sexta-feira), eu fui MUITO boazinha. Comprei apenas livros de Química e alguns apoios para o francês. Os problemas foram sábado e o estande da Intrínseca. Por causa da Izze, eu quis comprar O Mapa do Tempo, porque eu li a resenha dela e fiquei curiosa. Daí para acrescentar quatro livros na pilha foi um segundo… Eu só não enfio a minha cabeça numa parede porque tinha me dado R$100 para gastar na Bienal e gastei R$70 com estes. Ou seja, não passei do meu limite.

Abaixo, a foto do meu saldo final na Bienal. Vamos torcer para a Núbia postar uma foto semelhante!

Continuar lendo

Anúncios

2 Comentários

Arquivado em Lendo aleatoriamente

Meme Literário 2011 – Dia 30

Dia 30 – Qual foi o último livro que você comprou? Fale sobre ele.

 

 

 

 

Já respondi isso em outra pergunta, mas esse mês eu

comprei oito livros: Lulital (Pri Beletato), Minha Vida Fora de Série (Paula Pimenta)Em Chamas (Suzanne Collins)Um Dia (David Nicholls)Flávia de Luce e o Teatro das Marionetes (Alan Bradley)A Cor que Caiu do Espaço (H.P. Lovecraft)O Trono de Fogo (Rick Riordan) e Ecos da Morte (Kimberly Derting).

Desses apenas o Minha Vida Fora de Série já chegou e veio autografado! É a mais nova série publicada pela autora brasileira Paula Pimenta e que promete fazer tanto sucesso quanto sua predecessora Fazendo Meu Filme. Não vejo a hora de começar a ler e ao que tudo indica ele vai passar alguns livros na fila de leitura…

Sinopse: Mudar de cidade sempre é difícil, mas fazer isso na adolescência é algo que deveria ser proibido. Como começar de novo em um lugar onde todos já se conhecem, onde os grupos já estão formados, onde ninguém sabe quem você é? A princípio, Priscila não gosta da ideia, mas aos poucos percebe que pode usar isso a seu favor, tendo a chance de ser alguém diferente. Mas será que o papel escolhido é aquele que ela realmente quer representar? Aos poucos, Priscila percebe que o que importa não é o lugar e sim as pessoas que vivem nele. E que, além da nova cidade, há algo mais importante a se conhecer: ela mesma. Quem gosta da coleção “Fazendo meu filme” não pode perder o livro de estreia dessa nova série de Paula Pimenta. Situado no mesmo universo ficcional, temos a oportunidade de acompanhar alguns dos nossos já adorados personagens, três anos antes da história de “Fazendo meu filme” começar. Não perca a 1ª temporada da vida fora de série de Priscila!

2 Comentários

Arquivado em Lendo aleatoriamente