Arquivo da tag: Meredith

Sepulcro – Kate Mosse

Duas jovens são unidas por um místico baralho de tarô. A história de Léonie, uma simples garota francesa é entrelaçada na de Meredith, que busca apenas desvendar os mistérios envolvendo Claude Debussy, e quem sabe no caminho conhecer mais de sua família. Em Sepulcro, assim como em Labirinto: o primeiro sucesso da autora, Kate Mosse alterna a narrativa entre as duas personagens, desvendando aos poucos os mistérios da trama.

Meredith Martin está tentando juntar os pedaços da vida de Claude Debussy, para escrever “A” biografia do compositor. Este pretexto a leva à França munida da única herança que lhe foi deixada: a foto de um soldado e a partitura de uma música, com o escrito “Sepulcro 1891”. Durante a sua busca por pistas na capital francesa, seu caminho se cruza com o de uma cartomante, Laura, que lê seu destino nas cartas de tarô.

Continuar lendo

Anúncios

7 Comentários

Arquivado em Lendo aleatoriamente, Resenhas da Feanari

Diários do Vampiro – Reunião Sombria

Reuniao Sombria_capa

Desculpa pela falta de atualizações, mas tenho estado tão ocupada com faculdade, trabalho, encontro OMG em São Carlos que não consegui atualizar o blog. Mas vou me remediar =) Ah, por favor votem na enquete do fim do post porque eu estou totalmente sem idéia quanto a que livro ler quando acabar Terra em Chamas do Cornwell (s2).

Esqueci “O Bobo da Rainha” em casa e estava com Reunião Sombria na bolsa e muito tempo pra matar. E assim começou meu reencontro com Bonnie e Meredith no quarto livro da série Diários do Vampiro

A história começa seis meses após o fim do terceiro livro: A Fúria. É aniversário de Meredith e tudo que Caroline quer é uma noite alegre entre meninas, com direito a bolo, música e fofoca. Uma conversa entre as meninas antes de dormir sobre os acontecimentos bizarros dos últimos meses as faz invocar espíritos através de uma táboa de Ouija e a noite divertida se torna aterrorizante quando a casa é invadida por um estranho que mata uma das meninas e deixa a outra em estado de choque.

É quando Bonnie, com seus poderes sobrenaturais, sonha que tem que trazer Stefan de volta a Fell’s Church; com a ajuda de seus poderes, um pouco de sangue e fios de cabelo, e Matt e Meredith, ela consegue. Agora Stefan tem que descobrir quem está atacando a cidade antes que mais alguém morra.

O ritmo rápido na narrativa somado às poucas páginas do livro fazem com que seja possível ler o livro em poucas sentadas. A novidade é que desta vez, a narração é feita por Bonnie, não Elena, o que torna a ruivinha ainda mais querida ao leitor.

A série “Diários do Vampiro” era originalmente uma trilogia, publicada em 1991, que ganhou este quarto livro após pressão da editora. Este fator normalmente leva a um livro de qualidade inferior aos anteriores, mas L. J. Smith conseguiu ligar este volume aos lançados anteriormente de forma convincente e lógica. Espero que os livros da série que a autora escreveu posteriormente também mantenham a qualidade da trilogia original.

Finalmente, sinto-me obrigada a comentar a série de TV da Warner. Ela não poderia ser mais diferente da história dos livros. É como se os produtores tivessem feito anotações aleatórias dos eventos dos livros e escrito os roteiros usando essas anotações numa ordem aleatória. Tem elementos deste livro que aconteceram na série antes de coisas que apareceram no terceiro livro. Uma bagunça. Na série, a Meredith nem existe! Assim, não baseie sua opinião apenas no que viu na TV: os livros são bons. E a série também. E um não está ligado ao outro. Não temam spoilers.

Compre aqui:

Cultura Saraiva Travessa Fnac

2 Comentários

Arquivado em Resenhas da Feanari