Arquivo da tag: Noelle Stevenson

Leia Mulheres: escritoras de ficção e mulheres no controle da própria história

Uma livraria em Cleveland costuma fazer uma ação interessante durante as duas primeiras semanas do mês de março. O experimento intitulado “Illustrating the Gender Gap in Fiction” consiste em virar as lombadas de todos os livros escritos por homens para esconder suas obras e colocar em evidência as obras escritas por mulheres. O que acaba evidenciando também a grande disparidade de espaço do mercado ocupado por ambos os sexos. Durante séculos as mulheres foram pouco incentivadas e muitas vezes impedidas de perseguirem carreiras literárias e ainda que hoje elas tenham mais espaço é inegável que os autores homens ainda têm predominância no mundo literário. E não são porque os livros escritos por mulheres são ruins não, na maioria das vezes é por falta de abertura de mercado e investimento em propaganda. Todo fã de Harry Potter sabe que a Rowling foi aconselhada por um editor a utilizar apenas as iniciais do seu nome porque garotos não leriam um livro escrito por mulher! Aliás, a utilização de pseudônimos masculinos ou a utilização das iniciais foi e ainda continua sendo uma prática recorrente entre as mulheres para poderem publicar suas obras: as irmãs Brontë e a escritora de romances policiais P.D. James são bons exemplos disso. A ação que alguns podem entender como ação sexista, na visão da livreira é só uma pequena forma de retribuir todos esses anos que as mulheres tiveram de permanecer blindadas aos olhos do público. O exercício também provoca a reflexão sobre nossos hábitos como leitores e sobre as nossas estantes e quem sabe nos levará a aumentar os espaços em nossas prateleiras dedicados a elas.   Continuar lendo

1 comentário

Arquivado em Leia Mulheres, Lendo aleatoriamente

Um Autor de Quinta #101

Coluna inspirada no Uma Estante de Quinta da Mi Muller do Bibliophile.

 Nossa coluna do Um Autor de Quinta já estava praticamente soterrada nas camadas de poeira, o que não é legal porque é sempre bom poder falar mais sobre um autor/autora, apresentar seu trabalho, trocar informações com outros leitores quiçá fãs e descobrir trabalhos vindouros e/ou produções associadas à sua obra. Então, vou assumir o compromisso de não deixar a coluna agonizar e trazer ao menos um post por mês. E, nada melhor do que começar com uma autora/quadrinista que mal conheci mas que já admiro pacas desde que caí de amores pela graphic novel Nimona. É sério, se você ainda não leu não perca mais tempo. E já aviso que este post explodirá em imagens (não poderia ser de outra forma).

Noelle Stevenson

 noelle_stevenson

Foto de Jody Culkin.

Noelle Stevenson nasceu em 31 de dezembro de 1991 em Columbia na Carolina do Sul, EUA. Ela se graduou no Maryland Institute College of Art e atualmente mora em Los Angeles. Continuar lendo

1 comentário

Arquivado em Um Autor de Quinta

Nimona (Noelle Stevenson)

nimona

Noelle Stevenson entrou no meu radar com a obra Lumberjanes, uma série em quadrinhos que acompanha as aventuras de cinco amigas que vão passar o verão num acampamento de escoteiros. Uma série criada por mulheres (além de Noelle, Grace Ellis, Shannon Watters e Brooke Allen também respondem pela autoria) e protagonizadas por personagens femininas, da qual só ouvi elogios de quem já conferiu e que acaba de chegar ao Brasil pela Devir. Lumberjanes chamou minha atenção para a ilustradora, e Nimona me deu a certeza de que quero continuar acompanhando seus trabalhos.

Nimona surgiu como uma webcomic, a Noelle publicava uma página por semana no seu Tumblr. E fez tanto sucesso, que a HarperCollins comprou os direitos de publicação antes mesmo da série ser finalizada. A hq foi publicada, com algumas modificações, em 2015.

A trama mistura elementos de cavalaria, magia e ciência, e conta com uma protagonista que encarna a anti-heroína, com ideias ferrenhas e um tanto exacerbadas e um visual que foge de todos os estereótipos. Nimona cativa por quem ela é, mesmo com sua sede pelo mau feito e pelos ânimos um pouco exaltados, mas, principalmente pelo seu humor, sua característica peculiar de se metamorfosear e sua independência. Continuar lendo

2 Comentários

Arquivado em Editora Intrínseca, Editoras Parceiras, Resenhas da Núbia