Arquivo da tag: O Senhor dos Anéis

Então, eu reli #1: O Senhor dos Anéis (J. R. R. Tolkien)

Ler apenas novos livros, ou além disso, ler novamente histórias já conhecidas? A Mell Ferraz do canal Literature-se fez um vídeo bem legal falando sobre releituras. Sim, todo leitor, por mais voraz que seja, sabe que mesmo que sua vida seja longa e próspera, ele nunca irá ler todos os livros que deseja ler. Faz sentido então ler novamente uma história que você já conhece? Alguns leitores pensam que não, eu sou daquelas leitoras que acha que por mais que você conheça o início e o fim da jornada, trilhar novamente esse caminho pode gerar gratas surpresas. Tirando alguns livros que já reli mais de uma vez e estão frescos na memória, há outros que já li há muito tempo e que lembro que me marcaram na época, mas que a trama em si já está difusa na memória, porque não os reler? Pode ser que eu me decepcione com alguns, mas posso a vir a me apaixonar novamente por outros, ou passar a gostar mais de algum que não do qual não gostei tanto assim. Isso foi o que me incentivou a criar essa nova seção aqui no blog. E, para estrear com o pé direito eu escolhi O Senhor dos Anéis do Tolkien. Quem já nos acompanha há um tempinho, sabe que a admiração por Tolkien e sua obra foi o que possibilitou que eu e a Mari nos conhecêssemos, no já antigo, mas firme e forte, fórum Valinor. Nada mais justo então que esse livro tantas vezes relido (não tanto quanto eu gostaria) ou pelo menos frequentemente consultado na época do fórum, fosse o escolhido.

Para falar dele, não vou fazer como costumeiramente faço em minhas resenhas, a obra já ultrapassou o patamar de hors concours tão longe, que não consigo fazer uma análise imparcial. Então, vou basicamente me focar nas surpresas que essa releitura me trouxe. No caso de O Senhor dos Anéis, temos uma versão cinematográfica (particularmente considero uma das melhores adaptações cinematográficas) e, ao contrário dos livros que havia relido há tempos, o filme eu revejo todos os anos, às vezes mais de uma vez, e o resultado é que as modificações feitas pelo Peter Jackson acabaram mascarando alguns fatos da obra tolkieniana. Eu sei que nos livros a Arwen tem um papel bem menor na trama do que nos filmes, que foi Glorfindel e não ela que levou Frodo até Valfenda e que Saruman não encontrou seu fim em Isengard, mas ao fazer essa releitura, percebi que o filme já havia modificado muito mais as minhas memórias da obra do que eu supunha. Continuar lendo

Anúncios

2 Comentários

Arquivado em Então eu reli, Resenhas da Núbia

Onde as Sombras se Deitam (Michael Ridpath)

Onde-as-sombras-se-deitam

Após escrever os primeiros capítulos de O Senhor dos Anéis, Tolkien deixou a obra em banho-maria durante alguns meses enquanto ruminava sobre como fazer para continuar a história e ligá-la ao seu primeiro romance O Hobbit. Bem, não é segredo para ninguém que o Um Anel foi o elo encontrado por ele para unir as duas histórias e criar uma das melhores sagas de fantasia de todos os tempos (ah, me deixa enaltecer um dos meus autores favoritos) e é justamente sobre como ele chegou a essa solução que Ridpath repousa o arcabouço de seu romance policial. Ambientado na Ilha do Fogo e do Gelo, Onde as Sombras se Deitam é o primeiro romance de uma série que tem como protagonista o detetive islandês Magnús Ragnarsson. E Tolkien e sua mitologia foram escolhidos como cartão de visita para que por meio da mitologia, Ridpath nos apresentasse esse país rico em misticismo e lendas. Mas, é lá em Boston que essa história começa… Continuar lendo

Deixe um comentário

Arquivado em Editoras Parceiras, Grupo Editorial Record, Resenhas da Núbia

Meme Literário 2011 – Dia 26

 

Dia 26 – Qual o maior (em número de páginas) livro que você já leu? Quanto tempo demorou? Fale sobre ele.

 

 

Com 1212 páginas leva essa disputa o volume único de O Senhor dos Anéis (J.R.R. Tolkien), tá eu sei que alguns já devem estar pensando: wtf, só existe esse autor para ela? Não posso fazer nada se ele é um dos meus autores favoritos. Tive várias experiências de leituras: já demorei mais de duas semanas, já cheguei ao cúmulo de ler todas essas páginas em dois dias (sim, podem acreditar!) e a cada leitura eu me surpreendo com algo novo. Eis um livro que todos (principalmente os que gostam de fantasia) deveriam ler.

3 Comentários

Arquivado em Lendo aleatoriamente

Meme Literário 2011 – Dia 19

 

 

Dia 19 – Qual é o livro que você leu, gostou e recomenda para todo mundo ler também?

 

 

Na verdade minha recomendação vem em pacotes, como sempre a indecisa aqui não conseguiu se decidir por um livro só, logo recomendarei séries!

A primeira é O Senhor dos Anéis (J.R.R. Tolkien) lendo O Hobbit primeiro é claro e se quiser fazer melhor ainda lendo O Silmarillion antes dos outros dois. Eu fico tão maravilhada com o mundo criado pelo professor cada vez que leio suas obras que fico com vontade de alardear aos quatro ventos essas maravilhas e fazer com que novos leitores tenham o privilégio de conhecer suas obras.

A segunda é brasileira, uma série e uma autora que descobri há pouco tempo (no final do ano passado), mas que já fulguram na minha lista de preferidos. Estou falando da autora Paula Pimenta e da sua série Fazendo Meu Filme. Leitura juvenil de ótima qualidade.

 

3 Comentários

Arquivado em Lendo aleatoriamente

Um Autor de Quinta #1

Totalmente inspirada pelo Uma Estante de Quinta da Mi Muller do Bibliophile, pretendo toda quinta-feira trazer informações, curiosidades e algumas dicas (nada muito elaborado porque não sou especialista) de leituras e afins sobre algum(a) autor(a).

E para estreiar essa coluna nada melhor do que o JRR Tolkien. Quem nos acompanha, sabe que tanto eu quanto a Feanari somos fãs desse escritor, mas não foi só por isso que o escolhi. A principal razão é que por sermos fãs dele acabamos indo parar em um fórum de discussão sobre suas obras há muito tempo atrás, a Valinor, e acabamos nos esbarrando por lá por intermédio da minha saitorë, a Cei (Alinde). Mas, vamos parar com o saudosismo e falar dele que é a estrela desse post.

J.R.R. Tolkien

Sir John Ronald Reuel Tolkien, nasceu em 3 de janeiro de 1892 em Bloemfontein na Áfica do Sul, mas aos três anos mudou-se para a Inglaterra. Formado em letras, tornou-se filólogo e lecionou na Universidade de Oxford. Foi durante a Primeira Guerra (na qual lutou) que ele começou os primeiros rascunhos sobre aquele que se tornaria o mundo fantástico mais conhecido mundialmente. Com uma extensa lista de obras publicadas e com milhões de livros vendidos, o autor é conhecido como o pai da literatura fantástica. Continuar lendo

7 Comentários

Arquivado em Um Autor de Quinta

Sabe o que faz aniversário hoje?

Notem que a pergunta é O QUE, não QUEM!

No dia 21 de julho de 1954, exatos 57 anos atrás, foi lançada a primeira edição de A Sociedade do Anel, o primeiro livro da trilogia O Senhor dos Anéis de J. R. R. Tolkien.

E porque isso merece ser o post do dia do Blablabla Aleatório? Oras, porque foi graças a Tolkien que eu saí do meu casulo e comecei a postar na Valinor, de onde surgiram metade das amizades que me inspiraram para escrever o post de ontem. Sou muito grata ao Sr Tolkien, então dou sim parabéns ao primeiro livro da trilogia! Tá quase um senhor já. Logo logo pode estacionar em vaga de idoso !!

5 Comentários

Arquivado em Simplesmente aleatório

Lord of the Rings Online (LOTRO)

O post de hoje foi escrito pelo Fábio numa tentativa de me compensar pelas horas nas quais ele me trocou pelo jogo. Notem que logo na primeira linha ele diz que eu não sou fã de Tolkien…

Como um bom fã de Tolkien gosto de praticamente qualquer coisa relacionada ao universo que ele criou. E, apesar de não ser um hardcore gamer, gosto bastante de jogos de videogame/computador. Por isso, no fim do ano passado, resolvi dar uma chance ao MMORPG Lord of The Rings Online da Turbine, conhecido por aí como Lotro.

Sendo um MMORPG (Massively Multiplayer Online Role-Playing Game), você cria um personagem que interajirá com diversos outros, criados por outras pessoas, e com NPCs (Non-Playing Characters). Esses NPCs lhe dão missões individuais e em grupos, e é claro, existem missões que seguem a história do livro.

Continuar lendo

15 Comentários

Arquivado em Nerdices aleatórias

Um livro que mudou a minha vida

É difícil escolher só um. Foram muitos livros que me mudaram e me fizeram ver o mundo de um jeito diferente. Dentre eles, Harry Potter, sobre o qual eu já falei neste post. Outro, muito importante para mim, é O Senhor dos Anéis.

Quando meu pai me deu os primeiros Harry Potters, eu achava que nenhum outro livro jamais seria tão legal. Eis que um dia, eu fui chamada ao escritório do meu pai, onde ele me mostrou o trailer do primeiro filme da trilogia de O Senhor dos Anéis. Ele estava eufórico com o lançamento do filme, algo que eu nunca na vida vi. Eis que ele me diz:

Mari, quero que você leia este livro e me conte a história ANTES DO FILME.

Continuar lendo

10 Comentários

Arquivado em Simplesmente aleatório