Arquivo da tag: Sophia Bennett

Um Autor de Quinta #23

Coluna inspirada no Uma Estante de Quinta da Mi Muller do Bibliophile. Pretendemos toda quinta-feira trazer informações, curiosidades e algumas dicas de leituras e afins sobre algum(a) autor(a).

Sophia Bennett

Sophia nasceu na Inglaterra em 1966 (tentei descobrir o dia, mas não obtive sucesso). Como seu pai era do exército, passou toda sua infância viajando. Morou na Malásia, foi para a escola em Hong Kong, e também morou em Berlim e na Noruega. A autora tem duas graduações em literatura e já trabalhou nos mais variados empregos, de guia turística à consultora de gestão. Sophia sempre quis ser escritora, mas faltava-lhe confiança para encarar a vontade e correr atrás de seus sonhos. Até que lendo sobre uma promissora nova autora em 1997, que estava escrevendo uma série de um bruxinho ela ganhou a confiança para investir em sua escrita.

Durante 10 anos escreveu três histórias adultas de detetives, um roteiro de televisão e vários contos, mas sem conseguir contratos reais. Casou-se, voltou a trabalhar, teve filhos, até que em 2008 começou a escrever uma história para crianças, foi assim que surgiu a série Linhas. Sophia inscreveu o primeiro livro em um concurso e ganhou o contrato de publicação, e pasmem o homem responsável por publicar seu livro seria Barry Cunningham, o mesmo agente que descobriu JK Rowling!  Continuar lendo

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Um Autor de Quinta

Brilhos (Sophia Bennett)

*Atenção, esta resenha pode conter spoiler do enredo do livro anterior da série (embora a gente evite spoiler ao máximo). Já leu a resenha do primeiro livro? Você poder ler a minha opinião sobre Linhas aqui.

Crow, a criança invisível do primeiro livro, é uma sumidade no mundo da moda. Sua nova coleção, lançada pela Miss Teen é um sucesso. Mas, algo aparece para embaçar esse brilho. No site de Eddie começam a chover denúncias sobre a produção das roupas da coleção da Crow. A acusação? Fábricas indianas fazem com que crianças trabalhem até 16 horas por dia (sem intervalo) na fabricação das roupas. Andy Elat, o dono da Miss Teen, por outro lado, fornece relatórios que desmentem essas acusações. Quem está mentindo? É preciso averiguar direto na fonte e Eddie, Nonie e Crow, acompanhadas do irmão fofo da Nonie (o Harry), partem para a Índia. Dessa vez, Jenny fica porque está às voltas com a produção de uma peça teatral.

“Alguns anos antes, eu teria perguntado por que Laskhmi e Ganesh não tentaram voltar para os pais, mas então conheci Crow e agora entendo que algumas coisas são mais complicadas do que podemos imaginar. […] A história dela vai ser diferente da de Crow, mas seja como for, sei que não posso estalar os dedos e fazer com que tudo fique melhor. Gostaria de poder. De verdade.”

Em Brilhos, Sophia Bennett segue incluindo em suas histórias, temas controversos, chocantes e como comentei na resenha de Linhas, assuntos que muitos podem achar um tanto áridos para serem tratados na literatura juvenil. Só, que assim como no livro anterior, Bennet o faz com muita leveza e sensibilidade. A autora emociona, informa e conscientiza, tudo em meio a muito brilho, plumas, náilons, desfiles, lançamentos de coleções… Continuar lendo

1 comentário

Arquivado em Lendo aleatoriamente, Resenhas da Núbia

Linhas (Sophia Bennett)

Quem me conhece sabe que eu não dispenso uma boa leitura juvenil e não só romances YA, mas também aqueles direcionados a um público mais jovem. Gosto da leveza e da agilidade que as histórias direcionadas a este público possuem, se a história é bem escrita e o enredo é interessante as horas de diversão durante a leitura são certas. Foi esperando isso que comecei a leitura de Linhas e fui surpreendida, pois Sophia Bennett optou por incluir em sua trama um assunto que alguns podem achar um tanto árido para os mais jovens. Mas ela o fez com muita sensibilidade, não com o objetivo de chocar, mas de conscientizar. Eis mais uma série que me cativou.

Continuar lendo

3 Comentários

Arquivado em Lendo aleatoriamente, Resenhas da Núbia

Este mês (março 2011)

É oficial, eu e a Núbia transformamos o meme semanal inventado pela Ju do Lost in Chick Lit em uma coisa mensal para facilitar nossa organização. Até fiz outro banner para começar direito desta vez. Se você quer ver os posts anteriores, clica nele! Continuar lendo

Deixe um comentário

Arquivado em Lendo aleatoriamente