Apenas um Dia (Gayle Forman)

apenas um dia

“Deixei as memórias me inundarem à medida que preenchia a página. Então outra. E então não estou escrevendo sobre ele. Estou escrevendo sobre mim. Sobre todas as coisas que senti naquele dia, incluindo o pânico e o ciúme, mas, acima de tudo, sobre sentir que o mundo não era nada além de possibilidades.” página 236.

Em comemoração pela sua formatura no ensino médio, Allyson ganhou dos pais uma viagem de intercâmbio cultural pela Europa. E sendo Allyson certinha do jeito que é, seguiu toda a programação da empresa, evitou as noitadas mais animadas e não vê a hora de voltar para casa e sua vida regrada, fato que é constantemente questionado por sua melhor amiga e companheira de viagem, Melanie. As provocações da amiga poderiam não ter dado em nada, se Allyson não tivesse esbarrado em Willem, um ator de uma peça itinerante de Shakespeare. E, após reencontrá-lo no trem para Londres ele não tivesse feito um convite inusitado: ir com ele à Paris, por um dia. É assim que Allyson, decide assumir um novo nome (Lulu), deixar a vida regrada de lado e fazer algo diferente. Lulu vai à Paris com Willem, mas a aventura não termina como ela esperava, e o coração partido não lhe deixa seguir em frente…

A história é narrada em primeira pessoa, por Allyson, e está dividida em duas partes. O único dia de sua aventura com Willem e o resto do ano convivendo com as implicações do único dia de sua vida que ela não foi capaz de esquecer.

A primeira parte da história é bem dinâmica e a química entre Lulu e Willem é evidente e torna a leitura fluída. Contudo, o início da segunda parte, aliás boa parte dela, não é lá muito empolgante. Isso porque Allyson não sabe o que quer da vida, vive a vida que seus pais traçaram para ela. Não está feliz, mas também não faz nada para alterar isso. E essa Allyson, não é nem um pouco empática. O “coitadismo” é tanto que irrita. É impossível não ansiar pela Allyson que irá romper seus grilhões e lutar para viver a própria vida, e enquanto ela não vem, a história não engrena. Mas, depois que a assistente social da faculdade dá uma chacoalhada em sua vida acadêmica, Shakespeare, o professor Glenny e Dee (personagem mais que querido) a fazem admitir seus sentimentos, ser sincera consigo e correr atrás do que quer. E isso dá um alívio muito grande, não somente porque a personagem se torna muito mais empática (já não aguentava mais sua chatice), mas também porque a história retoma a dinâmica e a fluidez lá do início.

Fazendo um paralelo com as obras de Shakespeare: os desencontros, as enganações, as máscaras utilizadas no cotidiano… Gayle constrói um romance no qual o desencontro é peça principal, nem tudo é o que realmente é, e no qual as máscaras, mais do que esconder, podem ajudar a revelar-se, a descobrir-se.

A trama começa com todo vapor, tem uma leve decaída no ritmo, que apesar de condizente com a situação vivida pela protagonista, é chato, muito chato e pode desencorajar o prosseguimento da leitura. Mas, finalmente, no terço final Gayle retoma o gás lá do início, sua protagonista cresce perante nossos olhos e o final é de nos deixar querendo mais. Para já!

Assim como em outras obras suas, Gayle prossegue garantindo a voz aos dois lados da história. Desta vez foi Allyson que nos narrou sua experiência. Na continuação será a vez de Willem, e a mudança de ponto de vista promete uma história bem mais fluída, já que o personagem é bem mais decidido, é todo filosófico e um viajante de carteirinha. Mal vejo a hora de ter em mãos Apenas um Ano. Novo Conceito não nos faça esperar muito!

Anúncios

1 comentário

Arquivado em Editora Novo Conceito, Editoras Parceiras, Resenhas da Núbia

Uma resposta para “Apenas um Dia (Gayle Forman)

  1. Pingback: Apenas um Ano (Gayle Forman) | Blablabla Aleatório

Gostou do post, então comenta!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s