A Cidade das Feras (Isabel Allende)

Quase comecei essa história de trás para frente. Apesar de ouvir falarem sobre Allende e suas obras, ainda não tinha lido nenhum de seus livros e quando me deparei com um exemplar de A Floresta dos Pigmeus em uma livraria, quase o comprei (arrependo-me de não tê-lo feito, agora ele é mais um a figurar na minha lista de desejados) porque fiquei interessada na história. Na época não imaginava que ele era o último volume de uma trilogia publicada originalmente em 2002. Consegui A Cidade das Feras por meio de uma troca no Skoob, me encantei com a narrativa de Allende, e ainda que ele possa ser diferente do estilo empregado em seus livros mais adultos fiquei com vontade de desvendar as outras obras dessa escritora e é claro, terminar de acompanhar as aventuras iniciadas neste livro.

Alexander Cold, um garoto de quinze anos, vive em uma pequena cidade na costa oeste americana com seus pais e suas duas irmãs mais novas, Nicole e Andrea. A mãe de Alexander está muito doente e pouco a pouco o garoto vê sua família ruir junto com o sofrimento da mãe. Para tentar salvar a esposa, o pai decide levá-la para um tratamento no Texas, enquanto isso as meninas ficarão com a avó materna e Alex com a avó paterna. O garoto não tem a avó em alta conta e não ficou muito contente com essa história, mas não teve escolha, foi obrigado a ir para Nova York e dali acompanhar sua avó em uma aventura na Amazônia.

A expedição para a Amazônia, na divisa do Brasil com a Venezuela, será financiada pela International Geographic. Tudo por causa de uma misteriosa Fera que tem feito vítimas na selva. A expedição será chefiada por um famoso antropólogo e terá como guia o brasileiro César Santos e uma companhia não planejada, sua filha Nádia, uma menina que tem um macaquinho de estimação e fala a língua dos índios. Antes mesmo dessa aventura começar, os garotos descobrem que interesses escusos parecem estar por trás dessa expedição e guiados por Walimai, um poderoso xamã, irão enfrentar muitos perigos, conhecer mais a fundo o modo de viver dos índios e aprender um pouco mais sobre a Fera que todos buscam.

“[…] aquelas pesadas criaturas jamais tinham recebido uma oferta tão grandiosa. Seus lentos cérebros recolheram cada nota e cada movimento, guardando-os para os séculos futuros. O presente daqueles dois visitantes ficaria com eles, como parte de sua lenda.”

Com uma narrativa leve e repleta de elementos sobrenaturais, Allende cria um romance juvenil rico em informação e aproveita para soltar um grito de alerta contra a destruição massiva da natureza e da cultura indígena pelos interesses cobiçosos dos nahab (“os homens brancos”). Como salvar os índios das últimas tribos intocadas nos recantos escondidos da selva amazônica? Como impedir o avanço dos homens nestas terras de certa forma ainda intocadas? Alex a Nádia nos conduzem nessa aventura, nos apresentam a beleza e a riqueza dessa cultura que deve ser preservada e na selva, descobrem a amizade e mais sobre si mesmos. Essa história até poderia acabar por aqui, mas a avó aventureira os levará para outras aventuras em outros recantos místicos e milenares da Terra.

Isabel Allende, filha de diplomata e sobrinha do presidente chileno Salvador Allende, nasceu no exterior, mas tem nacionalidade chilena. Trabalhou como jornalista em periódicos, em revistas femininas e na televisão antes de publicar seus livros.

Conheça a trilogia As aventuras da águia e do jaguar:

  1. A Cidade das Feras
  2. O Reino do Dragão de Ouro
  3. A Floresta dos Pigmeus

Compre aqui:

Cultura Submarino Saraiva Travessa Fnac
Anúncios

5 Comentários

Arquivado em Lendo aleatoriamente, Resenhas da Núbia

5 Respostas para “A Cidade das Feras (Isabel Allende)

  1. sylvia cheleiro

    Eu amo Isabel Allende, tudo que ela escreve para mim é lindo! Vc tem que ler A Casa dos Espiritos! Esse vc vai ficar encantada.
    A Cidade das feras eu ainda não li, tinha na biblioteca do meu bairro e acabou sumindo…uma pena que as pessoas não devolvam os livros.
    Mas vou tentar ler esse que vc leu, já estou muito tempo ser ler Isabel Allende.
    Estou querendo muito ler O Caderno de Maya já está na minha lista de desejados.
    bjokas.

    Curtir

    • Nubia Esther

      Fique com muita vontade de conhecer os outros livros dela, essa trilogia pelos menos eu quero terminar. Quero muito ler Zorro também. Espero que logo eu tenha oportunidade de ler outros livros dela. 🙂

      Curtir

  2. Pingback: Um Autor de Quinta #38 | Blablabla Aleatório

  3. Pingback: O Reino do Dragão de Ouro (Isabel Allende) | Blablabla Aleatório

  4. Pingback: A Floresta dos Pigmeus (Isabel Allende) | Blablabla Aleatório

Gostou do post, então comenta!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s