Almanova (Jodi Meadows)

Almanova

“Havia um milhão de almas; agora, porém, somos um milhão menos uma. Há cinco anos, o templo escureceu na noite em que Ciana faleceu. Nessa noite, quando Li deu à luz nossa filha, esperamos que ela reencarnasse. Em vez disso, as verdades sobre as quais fundamos nossa sociedade foram definitivamente postas em dúvida” páginas 7-8.

Em Range, por milhares de anos pessoas nascem, crescem e morrem, porém suas almas nunca são perdidas, em um ciclo contínuo as almas reencarnam conservando consigo as memórias e as experiências de vidas passadas. Mas essa continuidade foi quebrada na noite em que Ana nasceu. Naquele dia esperavam que a alma de Ciana reencarnasse na filha de Li e Menehem, mas a alma de Ciana foi perdida para sempre e sua alma substituída por outra, sem quaisquer memórias ou experiências, uma almanova. Aos cinco anos Ana percebeu que era diferente de todos, ela não sabia de nada, não trazia consigo conhecimentos prévios e para ela tudo era novo. Aos dezoito ela decide escapar da reclusão hostil imposta por Li e buscar mais informações sobre o quê ela é, o que sua condição acarretou para a alma de Ciana e se ela reencarnará.  Assim ela decide partir para a cidade de Heart, a capital de Range, sede do Conselho e onde todo o conhecimento da sociedade é preservado.

Extirpada do convívio social e criada com indiferença pela mãe, Ana cresceu acreditando que ninguém se importa ou poderia se importar com ela e que nunca poderia receber algo de bom de outra pessoa. Por isso, ao ser salva da morte por Sam sua primeira reação é fugir dele. Todo o sentimento de inferioridade, de não merecer mais do que desprezo e asco pelas outras pessoas, está entranhado em Ana por causa de Li. É também o que rege o início do relacionamento de Ana e Sam, com o rapaz tentando superar a couraça que mantém Ana afastada do mundo. E esse sentimento é bem trabalhado pela Jodi, fica claro no tom da narrativa na primeira parte dessa história e no jeito de Ana se portar em seu mundo. E mesmo depois que ela começa a perceber que poderá ser aceita pelos outros, há toda a estranheza de Ana perante esse mundo que não faz o mínimo sentido, almas que reencarnam, a não fixação de gêneros, o reencontro de almas gêmeas ao longo dos tempos, rixas e vinganças que transcendem vidas, seus sentimentos por Sam, alguém tão diferente dela, com a alma tão velha quanto o início dos tempos.

Ao nos colocar na mesma situação de Ana, que é a narradora desta história, Jodi convida-nos a desbravar Range junto com ela, a enfrentar a estranheza e tentar colocar um pouco de sentido nesse mundo que à primeira vista pode parecer um tanto caótico, e com o passar do tempo é isso que realmente acontece e a partir de então acompanhar essa história fica bem mais emocionante.  O diferencial da história criada por Jodi foi investir em elementos não muito comuns nos romances sobrenaturais. Ela criou um arcabouço interessante, um mundo diferente, com sua própria história, tradições e costumes, uma nova forma de falar sobre alma e reencarnação. Criou uma sociedade com uma organização que beira a ficção científica e com isso a parte de reencarnação ganha outro enfoque que não só o da parte mística. É impossível não pensar que poderá haver experimentos e leis a regerem essa especificidade de Range, que na verdade eles podem ser frutos de um experimento maior e que a condição de Ana é mais uma variável que foi acrescentada nisso tudo. É algo a se pensar… Mas, mais do que tudo, Jodi me encantou com a música, me tornou cativa de sua história com notas musicais e segredos. Enquanto acompanhamos Ana em sua busca e o florescer de seu relacionamento com Sam, mais perguntas vão surgindo e os acontecimentos derradeiros de Almanova nos deixam na ansiedade para saber mais sobre o que o futuro reserva para os moradores de Heart e o que Ana, Sam e os outros ainda terão que enfrentar.

Conheça a Trilogia Incarnate (Newsoul):

  1. Incarnate (2012) – Almanova (2013) [Goodreads][Skoob]
  2. Asunder (2013) – Almanegra (previsto para o primeiro semestre de 2014) [Goodreads][Skoob]
  3. Infinite (2014) – Infinita (sem previsão) [Goodreads][Skoob]

Compre aqui:

Cultura Submarino Saraiva Travessa Fnac Fnac Fnac
Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Editora Valentina, Editoras Parceiras, Resenhas da Núbia

Gostou do post, então comenta!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s