O que Alice Esqueceu (Liane Moriarty)

“- Quantos anos você tem, Alice?

– Vinte e nove, Jane – respondeu ela, irritada com o tom dramático da outra e sem entender aonde queria chegar. – A mesma idade que você.

Jane se afastou, olhou para George Clooney com uma expressão triunfante e disse:

– Acabei de receber o convite da festa de quarenta anos dela.

Este foi o dia em que Alice Mary Love foi à academia e, num descuido, perdeu uma década de vida. ” (Página 19)

O que fazer quando a vida te dá um tombo e te coloca para repensar todas as suas escolhas? E o pior, sem nem mesmo você fazer ideia de quais foram elas? O mundo de Alice virou de pernas para o ar quando um acidente a fez se esquecer dos últimos dez anos de sua vida. Em 1998, ela vivia um casamento feliz, esperava seu primeiro filho, era uma otimista nata e tinha um ótimo relacionamento com a família, especialmente com Elisabeth, sua irmã mais velha. Em 2008, seu casamento está por um fio, ela já é mãe de três filhos, tem um jeito um tanto quanto cínico, metódico e extremamente organizado de levar a vida, e seu relacionamento com a irmã anda bastante estremecido. Acordar como a Alice de 1998 em 2008 não está sendo uma tarefa fácil, mas talvez essa pode ter sido a melhor coisa que lhe aconteceu.

Acompanhar Alice em sua jornada de autoconhecimento, na qual o estranhamento a quem ela se tornou e a sensação de déjà vu são constantes, é o convite que Moriarty nos faz. Para isso, Moriarty nos coloca no papel de Alice, o que é garantido pelo fato de ser a protagonista a responsável por narrar essa história. Em sua companhia somos envolvidos nessa névoa, nessa árdua tarefa de fazer os dez últimos anos fazerem sentido, redescobrir fatos de sua vida íntima, mas também de tudo o que aconteceu no resto do mundo. Ela tinha certeza de que o marido a amava e de que eles envelheceriam juntos, mas agora quando Nick a olha, não é amor que ela enxerga em seus olhos. Por outro lado, a otimista Alice lhe passa a certeza de que talvez seu casamento não tenha que terminar e que talvez eles possam voltar a ser felizes novamente. Como conceber a peculiaridade do relacionamento amoroso da sua mãe? Como ela foi capaz de se esquecer desses três pequenos seres que ao que parece ela cria em meio à planilhas de horários, alimentação regrada e atividades mil e que talvez, talvez possam ser criados de uma forma mais livre, como a Alice de antigamente teria desejado? Como seu relacionamento com Elisabeth se deteriorou tanto, elas que sempre foram o apoio uma da outra? Será que não seria melhor para todos (inclusive para si mesma) que sua memória jamais retornasse?

“Sua memória ia voltar a qualquer instante. Alice sentia que estava à espreita, como aquela sensação de cabeça pesada e garganta arranhada que anuncia a chegada de um resfriado. Só não conseguia decidir se devia resistir ou incentivá-la. ” (Página 326)

Nessa busca pelo passado, temos uma vantagem sobre Alice, podemos contar com os diários de Elisabeth e o blog da bisavó Frannie. Enquanto Elisabeth nos brinda com o tom ácido, um tanto cínico e descrente, e, talvez por isso mesmo rapidamente nos cative; Frannie nos diverte com suas contribuições hilárias, um pouco sem limites, mas repletas de boas intenções.

Diferentemente dos outros livros da Moriarty, O que Alice Esqueceu tem mais romance e mais comédia, ainda que o drama também esteja garantido, mesmo que não atinja os reveses de seus livros mais recentes, o que já era de se esperar já que este é o livro de estreia da autora. Por outro lado, é possível perceber que o estilo Moriarty de contar histórias sobre pessoas comuns já começava a ser lapidado e os segredos familiares já estavam sendo bem trabalhados. No geral, foi uma leitura mais fraca do que a de seus outros livros, mas ainda assim fluida e instigante. Este é daqueles livros para se ler “numa sentada só”, e isso, Moriarty aprendeu a fazer cedo e continua fazendo-o muito bem.

 

Leia uma amostra aqui:

Compre aqui:

Cultura Amazon Fnac
Anúncios

2 Comentários

Arquivado em Editora Intrínseca, Editoras Parceiras, Resenhas da Núbia

2 Respostas para “O que Alice Esqueceu (Liane Moriarty)

  1. Pingback: Resumo do Mês | Blablabla Aleatório

  2. Pingback: TAG 50% | Blablabla Aleatório

Gostou do post, então comenta!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s