Arquivo da tag: Editora ID

Leia Mulheres: Aventura

 

As autoras indicadas hoje poderiam também estar presentes naquela lista de escritoras de fantasia, seja por terem criados novos mundos ou feito a fantasia encontrar a realidade. Mas, estas autoras também criaram histórias nas quais seus personagens são colocados em situações perigosas, são convidados a desbravar novos lugares, encontrarem sua coragem interior e lutarem para superarem os percalços, derrotarem um vilão, ou simplesmente superarem o medo. Os livros de aventura, como são conhecidos, são bem difundidos na literatura para crianças e jovens e dentre as autoras aqui citadas há aquelas já bem conhecidas por esse público e outras que são mais conhecidas por seus livros direcionados ao público adulto, mas que também tem ótimos livros de aventura direcionados ao público mais jovem. Continuar lendo

Anúncios

1 comentário

Arquivado em Leia Mulheres, Lendo aleatoriamente

Um Autor de Quinta #61

Coluna inspirada no Uma Estante de Quinta da Mi Muller do Bibliophile. Pretendemos toda quinta-feira trazer informações, curiosidades e algumas dicas de leituras e afins sobre algum(a) autor(a).

 rebecca stead

Rebecca Stead

Rebecca nasceu em 16 de janeiro de 1968 em Nova York. Ela é casada com o advogado Sean O’Brien e tem dois filhos. Ela sempre gostou de escrever, desde criança, mas acabou tornando-se uma advogada. Depois de anos trabalhando na defensoria pública, após o nascimento dos filhos, voltou a escrever. Aliás, um de seus filhos foi o grande inspirador para a carreira de autora engrenar de vez. Durante anos, Rebecca juntou ideias para suas histórias (em sua maioria com temas sérios) em seu notebook, aparelho que a criança empurrou da mesa e acabou inutilizado, e as ideias, perdidas. Para aliviar seu humor, Rebecca começou a escrever novamente, uma história alegre para se distrair. Foi assim que seu primeiro romance, First Light, tomou forma e acabou sendo publicado em 2007. Em 2010 ela ganhou a medalha Newbery, por sua contribuição para a literatura infantil, com seu segundo romance When You Reach Me (Amanhã Você Vai Entender no Brasil). Continuar lendo

Deixe um comentário

Arquivado em Um Autor de Quinta

First Light (Rebecca Stead)

First light

No Ártico, a casa de um importante filantropo teve que ser demolida por causa do derretimento da camada de gelo na qual foi construída. Isso é o que basta para que ele conceda fundos para uma universidade americana estudar os efeitos do aquecimento global nessa imensidão branca.  É assim que o garoto Peter se vê deixando Nova York junto com a mãe para acompanhar o seu pai, o glaciólogo Dr. Gregory Solemn à Groelândia.

Na Groelândia, ou para ser mais específica, no subsolo há Gracehope. O submundo do gelo idealizado por Grace. Uma comunidade sob o gelo fundada por antigos colonos ingleses, que encontraram ali um local seguro para desenvolver as “estranhas habilidades” que possuem. Nesse mundo secreto vive Thea, uma garota que sonha em ver a luz do sol e que quer levar adiante o sonho que sua mãe tinha quando era viva. Empreender uma jornada até o mundo exterior para conseguir conquistar novas partes do subsolo e assim aumentar os domínios de Gracehope para que a comunidade possa voltar a crescer.

Esses dois garotos, aparentemente tão diferentes, tem mais em comum do que podem supor e no momento que os mundos de ambos se cruzam, segredos do passado são revelados e novas possibilidades de fazer história surgem. Para desvendar essa história, Rebecca nos convida à desbravar essa imensidão branca e a penetrar nas profundezas do gelo para descobrir um mundo diferente, com habitantes cativantes e um modo de vida bastante peculiar. Um mundo que querendo ou não, terá que se preparar para as modificações que as mudanças no mundo estão provocando no gelo que o protege. Eis aqui mais um dos fatos que contribuiu para me fazer cair de amores pela obra: a ciência. Tanto o destaque para as pesquisas climáticas do pai de Peter, quanto às pesquisas feitas pela mãe do garoto, que é bióloga molecular! Aliás, é muito interessante o fato de a autora ter dado destaque à pesquisa da mãe de Peter com DNA mitocondrial. Para quem não sabe o DNA mitocondrial é herdado a partir da linhagem materna, assim um indivíduo, sua mãe e todos seus parentes maternos compartilham essa herança genética. É simplesmente impossível não traçar paralelos com a sociedade matriarcal de Gracehope, na qual todos sabem de qual ventre nasceram, mas não fazem ideia de quem foi o responsável por fornecer os outros 50% do material genético para sua formação. Continuar lendo

2 Comentários

Arquivado em Lendo aleatoriamente, Resenhas da Núbia

Bienal do Livro São Paulo 2012

Amanhã começa a 22ª Bienal Internacional do Livro de São Paulo. Eu e a Núbia estaremos lá nos dias 17 e 18 – vamos finalmente nos conhecer, depois de dois anos blogando juntas. Quem esbarrar com a gente, ganha um lindo marcador do blog. Porque estamos felizes a este ponto =D

Diferentemente da Bienal do Rio do ano passado, este ano a Bienal contará com poucos autores internacionais, infelizmente. Mas as editoras planejaram diversas atividades para compensar esta falta. Vamos colocar abaixo todas as programações das editoras, para todo mundo conseguir organizar o que quer fazer, além de outras informações importantes.

Datas e horários de funcionamento

09 a 19 de agosto:

  • 09 a 18, das 10h às 22h
  • 19, das 10 às 20h (entrada até às 18h)

Observação: dia 09 é apenas para profissionais do livro e eles pedirão credenciais.

Localização

A Bienal vai acontecer no Pavilhão de Exposições do Anhembi, localizado à Avenida Olavo Fontoura, 1209 em São Paulo.

O local conta com estacionamento, mas os organizadores planejaram ônibus circulares saindo de DUAS estações de metro:

Continuar lendo

Deixe um comentário

Arquivado em Felicidades aleatórias, Lendo aleatoriamente, Nerdices aleatórias

Um Autor de Quinta #30

Coluna inspirada no Uma Estante de Quinta da Mi Muller do Bibliophile. Pretendemos toda quinta-feira trazer informações, curiosidades e algumas dicas de leituras e afins sobre algum(a) autor(a).

Sarah Dessen

Sarah Dessen nasceu em Evanston, Illinois em 6 de junho de 1970, mas cresceu em Chapel Hill na Carolina do Norte onde reside até hoje com o marido, a filha e seus dois cachorros. Sarah é graduou-se em Inglês com honras em Escrita Criativa na Universidade da Carolina do Norte (UNC). Sarah sempre foi uma boa leitora, influenciada pelos pais, ambos professores na UNC, a mãe de Classicismo (mitos, latim…) e o pai ensinando sobre Shakespeare. Aliás, os pais também sempre a incentivaram a escrever chegando até a presenteá-la com uma máquina de escrever. Durante um tempo trabalhou como garçonete até conseguir a posição de professora na UNC, trabalho que ela deixou para se dedicar totalmente a carreira de escritora. Continuar lendo

Deixe um comentário

Arquivado em Um Autor de Quinta

Um Autor de Quinta #28

Claro que, na semana Scott Westerfeld, o autor de quinta seria O PRÓPRIO!

Continuar lendo

Deixe um comentário

Arquivado em Um Autor de Quinta